Maria Clara Machado


Maria Clara Machado foi uma artista brasileira, da área das artes da cena. Foi atriz, dramaturga e professora de teatro.

Breve biografia de Maria Clara Machado:

Nascida em Belo Horizonte, no ano de 1921, Maria Clara Machado era filha de Aracy e Aníbal Machado, escritor e crítico literário. Tiveram mais quatro filhas, em um total de cinco meninas, todas com o primeiro nome de Maria. Sua mãe teve uma morte prematura, aos 28 anos, ao dar à luz ao sexto filho da família, um menino que também não sobreviveu.

A família mudou-se para o Rio de Janeiro e estabeleceu-se no bairro de Ipanema. Foi nesta cidade que Maria Clara Machado cresceu e começou a desenvolver-se no campo das artes. Seu pai era muito conhecido, também, como um agitador cultural da cidade, de maneira que organizava saraus literários em sua casa. Estes encontros de música e literatura reuniam personalidades importantes da época, como o poeta chileno Pablo Neruda.

Maria Clara Machado

Neste ambiente de grande atividade cultural, a menina Maria Clara teve um intenso contato com o campo de estudo e atuação no qual, mais tarde, iria se desenvolver.

Maria Clara também foi bandeirante, de forma que as atividades do grupo colaboraram para que a sua visão do mundo e, especialmente, do interior do Brasil, se expandisse, de modo que estas vivências refletiram em seus trabalhos depois de adulta. Foi com o grupo de bandeirantes e as senhoras da Igreja Católica, através do grupo Patronato Operário da Gávea, que Maria Clara Machado começou a se aventurar no teatro, escrevendo pequenas histórias para teatro de bonecos. Estas histórias seriam apresentadas para as crianças no Instituto Pestalozzi, com o qual ela também atuava.

Os estudos na França:

No ano de 1950, Maria Clara Machado ganhou uma bolsa para continuar seus estudos em teatro na França. Neste país, permaneceu por um ano, onde estudou improvisação com o mestre Charles Dullin.

Retorno ao Brasil e O Tablado

Ao retornar ao Brasil, Maria Clara entrou em contato com o Patronato Operário da Gávea, a fim de solicitar permissão para utilizar o palco do local, onde ela já tinha realizado atividades recreativas com crianças.

Porém, neste momento, a idéia não era divertir crianças: junto com outros amigos, Maria Clara Machado fundou o grupo de teatro amador O Tablado. Este grupo deu origem à escola de teatro Tablado, um dos mais tradicionais centro de formação de atores no Brasil.

Além disto, ministrou aulas no antigo Conservatório de Teatro, hoje Universidade do Rio de Janeiro (UNIRIO).

Dramaturgia

Embora também fosse atriz e professora, as obras mais conhecidas de Maria Clara Machado são as peças de teatro. Ao longo de sua carreira, ela escreveu 30 peças infantis, além de três peças para o público adulto.

Seus textos tornaram-se conhecidos em todo o mundo, encantando crianças de várias gerações. A tradução para diversos idiomas tornou o teatro pensado por ela possível para grupos de vários lugares e etnias diferentes, tornando-se uma das referências mundiais em dramaturgia para o teatro infantil.

A história de Pluft, o fantasminha que tinha medo de gente, foi a mais conhecida de seu repertório. Além disto, foi a peça que foi encenada mais vezes ao longo da história da escola de teatro Tablado e também por outras companhias de teatro infantil.

O trabalho de Maria Clara Machado até hoje é uma referência no que diz respeito à formação de atores e a dramaturgia voltada para o público infantil. Seu grupo de teatro amador, o Tablado, hoje é uma das escolas de formação de atores mais procuradas do Brasil. Você pode saber mais sobre a escola e sua fundadora ao acessar o seu website.

Além disto, suas peças infantis ganham a cada dia novas montagens, o que evidencia uma obra que não se desgasta com o tempo, tornando-se um clássico da dramaturgia e da literatura infanto-juvenil em língua portuguesa.

Seu trabalho angariou admiradores convictos, que sempre aguardavam a estréia de um novo trabalho com ansiedade, tornando o teatro Tablado também um ponto de encontro de atores, crianças, dramaturgos e admiradores de suas artes em geral.

Maria Clara Machado faleceu no Rio de Janeiro, no dia 30 de abril de 2001.

Abaixo, a lista com algumas obras de Maria Clara Machado.

– O boi e o burro a caminho de Belém (1953)

– O rapto das cebolinhas (1954)

– A coruja Sofia (1954)

– A bruxinha que era boa (1954)

– Pluf, o fantasminha (1955)

– O cavalinho azul (1960)

– A gata borralheira (1962)

– A menina e o vento ( 1962)

– Maria Minhoca (1967)

– Aprendiz de Feiticeiro (1968)

– Quem matou o leão? (1977)

– O dragão verde (1983)

– Passo a passo no Paço Imperial (1992, com Cacá Mourthé)

– Jonas e a Baleia (2000, com Cacá Mourthé).