Erwin Rommel


Erwin Rommel nasceu na cidade de Heidenheim, cerca de 40 km de Ulm, no estado de Wurttenberg, e foi batizado no dia 17 de novembro de 1891. É o segundo filho de Erwin Rommel, mestre protestante e diretor de uma escola auxiliar em Aalen, e de Helene von Luz, filha de um importante dignitário local.

Com 14 anos, Rommel e um colega fabricaram um planador em dimensão real que voava, apesar de não muito longe. O moço Rommel almejava ser mecânico e esperava se tornar um engenheiro aeronáutico, porém entrou no Exército por causa da persistência de seu pai que o entregou para o Exército Wurttenberg, relatando ele como “civilizado, de confiança e um bom atleta”.

No começo foi rejeitado pela engenharia e artilharia do Exército, sendo posteriormente, em março de 1910, convocado para realizar a análise médica para aprovação, sendo nessa análise identificada uma hérnia, porém foi acolhido mesmo assim como cadete.

Rommel

Seu pai concordou com a documentação essencial e comprou o uniforme de Fahnenjunker, ingressando no seu regime no dia 19 de julho de 1910, com 18 anos, no 124º Regimento de Infantaria de Wurttenberg de onde foi mandado para a Escola Real de Oficiais Cadetes de Danzing, finalizando a sua capacitação em novembro de 1911. Nesse período, Rommel relacionou-se com Lucie Mollin, dançarina, que situava- se em Danzig para estudar idiomas, tendo ambos logo se apaixonado.

Erwin Johannel Eugen Rommel morreu no dia 14 de outubro de 1944 em Herrlingen, na Alemanha.

Norte da África

Benito Mussolini declarou guerra contra a França e a Inglaterra duas semanas depois que os exércitos desses países saíram de Dunquerque em junho de 1940, tendo chamado todos os militantes que a Itália detinha na Líbia, totalizando 220.000 soldados para começar uma disputa contra os ingleses no Egito e efetuar a tomada do Canal de Suez.

Esse ataque começou em setembro de 1940 perante a gestão do Marechal Rodolfo Graziani. O ataque não continuou muito em zona inimiga, chegando apenas até Sidi Barrani. Foi disponibilizado ajuda de Hitler que planejava encaminhar para o território um de seus novos armamentos, as Divisões Panzer, que foram rejeitadas, já se julgavam aptas para comandar a situação.

Mussolini manteve a sua campanha conquistando o delta do Nilo e posteriormente a Albânia, o que gerou o aborrecimento de Hitler, já que o mesmo tinha planos para o território e chamou o chefe Wilhelm von Thomas para encaminhar um exercito Panzer para ajudar os italianos, uma vez que uma provável derrotar poderia afetar muito as táticas alemãs.

Rommel foi intitulado líder do Afrika Korps e alcançou o norte da África em 12 de fevereiro de 1941 ao mesmo tempo em que os exércitos italianos estavam se retirando por meio de Trípolos. No dia 13 de fevereiro realizou um vôo de exploração com um Heinkel no qual pode observar as resistências presentes em torno do porto de Trípoli.

Depois de Rommel sobrevoar o deserto de Sirte, observando depois a estrada fabricada pelo Marechal Balbo que foi de Trípolo até o limite egípcio. Rommel foi ao encontro dos chefes CHief of General Staff e o Gariboldi do exército italiano. Depois jantou com os chefes em um hotel em Trípolo, no qual foi questionado por um dos dele como tinha conseguido a sua Pour Le Mérite. Sem pensar ele respondeu: “Longarone”. Essa solução não os satisfez já que os italianos nunca concordaram com o caso de perder essa disputa na Primeira Guerra Mundial, o que terminou com o dialogo entre eles aquela noite.

Em 14 de fevereiro de 1941 os primeiros exércitos de Rommel desembarcaram, entre eles estavam o 39° Batalhão Antitanque e o 3° Batalhão de Reconhecimento, sendo descidos na noite posterior 6.000 toneladas de dispositivos, dentre eles: munição, armas pesadas, veículos blindados e veículos de transporte.

No dia seguinte foi feito um desfile militar observado por Rommel e os chefes italianos, além de vários curiosos árabes e italianos. Era aguardado por Rommel a chegada da 5ª Divisão Leve e da 15ª Divisão Panzer, sendo feito um desfile militar quando essa última chegou a Trípoli. Para atordoar as aeronaves de exploração Aliadas, Rommel estabeleceu que fossem produzidos centenas de tanques com restos de carros e árvores, fazendo figurar que o exército alemão era bem grande.

Havia diversos militantes aliados em Tobruk e redondezas, com um violento movimento de embarcações e chegavam e iam embora diariamente, dessa forma, Rommel não sabia com certeza o que os inimigos queriam, se os aliados estavam mandando reforços para a áfrica ou se os exércitos estavam sendo despejados para outro lugar. Tentando reprimir um grande ataque alemão, os britânicos mandaram para Tobruk as suas maiores unidades.

As primeiras lutas entre os exércitos de Afrika Korps e os exércitos britânicos começaram no dia 24 de fevereiro em El Agheila, e no dia 31 de março foi executado um ataque conta os exércitos britânicos em Mersa Brega, no qual Erwin Rommel, mais uma vez, usou os métodos de Blitzkrieg. O progresso alemão continuando, indo por Cirenaica, Tripolitania e Benghazi, tomando em seguida Salum e Bardia em 15 de abril, conseguindo os seus exércitos alcançar os limites com o Egito, obrigando os britânicos a voltarem até as proximidades de Tobruk.