Fagocitose


Determinadas células efetuam alguns processos que permitem a entrada de substâncias sólidas ou líquidas. Tal processo, que é também chamado de endocitose, é realizado pela célula com o intuito de se alimentar ou também como defesa. A endocitose substâncias pode ser efetuada por duas maneiras:

– Pinocitose: Denota a entrada de partículas líquidas na célula.
– Fagocitose: Denota a entrada de partículas sólidas.

Fagocitose

Esse processo pode ocorrer em células unicelulares que habitam o meio aquoso, bem como em células de seres mais complexos, como os vertebrados.
No contexto do processo de alimentação celular, a fagocitose consiste no método em que os protozoários realizam o seu processo de alimentação. A fagocitose também é um processo que pode ser realizado por leucócitos (células encontradas no sangue) quando são detectados elementos estranhos no organismo.

Como o ocorre o processo de fagocitose e as suas características

No processo de fagocitose, a célula efetua a produção dos pseudópodes. Tais pseudópodes conseguem envolver as partículas as conduzindo para o seu interior. Vale salientar que os pseudópodes constituem extensões da membrana plasmática.

As funções da membrana plasmática são:

– Revestimento
– Proteção
– Permeabilidade Seletiva

Durante a fase inicial do processo de fagocitose, a partícula que está a ser englobada fica em uma bolsa conhecida como fagossomo.

Dessa maneira, o processo de fagocitose se desenvolve em duas fases da seguinte maneira:

– A bolsa se une ao lisossomo, que são organelas que constituem o citoplasma de vários seres eucariontes.

– Ocorre a formação do vácuo digestivo, onde ocorre o trabalho de digestão.

Um exemplo que pode ser citado como um processo de fagocitose é o que acontece no sistema imunológico dos seres humanos. Nesse caso, os macrófagos, que são células responsáveis pelos mecanismos de defesa do organismo, fagocitam agentes que podem causar transtornos para a saúde, tais como bactérias, vírus, entre outros. Para exercer a sua função de defesa, a célula de defesa acaba por se autodestruir, efetuando assim um processo conhecido como autólise.

Sendo assim, é possível aferir que a fagocitose como um mecanismo de salutar importância para a manutenção da saúde do nosso organismo. Isso ocorre porque o intuito desse processo é de promover a proteção adequada contra a invasão de agentes que podem acarretar doenças. Portanto, a fagocitose está relacionada com o processo de imunidade que o corpo humano produz para manter a sua saúde. Uma vez que a capacidade imunológica se encontra deficiente, a entrada de substâncias nocivas e bactérias perniciosas podem acarretar vários transtornos para o organismo.

Elementos que constituem o processo de fagocitose

No processo de fagocitose de uma célula, são utilizados alguns elementos que possibilitam a realização bem sucedida desse processo. Nesse caso, alguns desses elementos são:

– Fagossomo: Bolsa de caráter membranoso que possui a partícula capturada durante a realização do processo de fagocitose.

– Lisossomo: São organelas que contam com enzimas aptas para digerir substâncias orgânicas. Os lisossomos são originários no Complexo de Golgi e são atuantes na maioria das células eucariontes. Eles são de notória importância para a realização do processo de fagocitose.

– Ribossomos: São organelas que contam com a função de produzir enzimas e sintetizar proteínas. Essas organelas podem ser detectadas na parte interior de cloroplastos e também de mitocôndrias.

– Citoplasma: Um dos elementos mais importantes para a fagocitose, o citoplasma é um espaço localizado entre a membrana plasmática e a membrana nuclear.

Os protozoários, seres unicelulares, são heterotróficos, ou seja, não possuem a capacidade de produzir o seu próprio alimento. Sendo assim, o processo de digestão deles é por meio da fagocitose.

É interessante salientar que, além da fagocitose, existe outro tipo de alimentação celular, que consiste em uma digestão intracelular autofágica. Ela ocorre quando a célula passa a digerir o seu próprio material. Esse processo, também chamado de “suicídio celular” é conhecido como apoptose. Ele é muito comum que aconteça com células já envelhecidas e que já estão em um processo de degeneração.

É válido destacar também que entre os seres protistas a fagocitose é pertinente para que estes possam se alimentar, já em seres multicelulares, a fagocitose atua como uma importante maneira de defender o organismo contra agentes invasivos e perniciosos.

Nos mamíferos, por exemplo, que são seres de organização celular mais complexa, as células fagocitárias que denotam mais importância são as células dendríticas, os neutrófilos e os macrófagos, podendo dessa maneira serem chamadas até mesmo de fagócitos profissionais.

Os macrófagos, nesse contexto, se encontram devidamente bem distribuídos nos tecidos conjuntivos de órgãos do corpo, tais como o fígado, o baço e também os nódulos linfáticos. Os macrófagos podem ser considerados verdadeiros agentes que estão sempre alertas, patrulhando e vistoriando todo e qualquer agente externo que possa promover algum transtorno na saúde do organismo.

Além disso, os macrófagos possuem proteínas que contam com a capacidade de reconhecer elementos que devem ser eliminados do corpo.