Dicas para evitar a Constipação


A constipação intestinal consiste em uma dificuldade que alguns indivíduos têm no momento de evacuar, ou de forma mais clara, de fazer o número 2. Popularmente o distúrbio é conhecido como ‘prisão de ventre’, ou então, pelo apelido: ‘intestino preso’.

A constipação pode ser um reflexo sentido por conta do mau funcionamento do órgão responsável pela digestão: o intestino. Mas também pode ser causada por outros motivos, sendo alguns deles:

Constipação

• Ingestão muito baixa de líquidos, principalmente de água;

• Dieta muito restritiva às fibras;

• Irregularidade nos horários escolhidos para se alimentar. Quem não segue a ‘regra’ de comer a cada três horas, por exemplo, está muito apto a desenvolver tal condição;

• Estresse ou ansiedade;

• Má alimentação, principalmente por conta do consumo exagerado de alimentos processados, congelados ou industrializados;

• Sedentarismo causado pela falta de realização de atividades físicas.

Quem é diagnosticado com constipação têm como principais queixas a dificuldade para eliminação das vezes, sensação de que o intestino não foi completamente esvaziado, além de gases, mal-estar, desconforto e principalmente a sensação de estufamento presente, mesmo quando uma pequena evacuação consegue ser realizada.

Dicas para evitar a constipação ou prisão de ventre

Porém, com alguns cuidados (sendo que a maioria deles podem ser seguidos com facilidade), você pode auxiliar na melhora dessa condição, facilitando a evacuação e, é claro, reduzindo também os sintomas frequentes causados por conta deste distúrbio.

Vamos conhecê-las?

• Aposte nos líquidos

Se você conseguir tornar o consumo de líquidos mais frequente no seu dia a dia, certamente a eliminação de fezes será simplificada. O principal líquido que você não pode deixar de consumir é a água e, neste sentido, vale a pena criar uma ‘rotina’ para que você se lembre dos horários de tomar água.
No começo, uma boa forma de se lembrar que é hora de tomar água é por meio de um alarme no seu celular. O ideal é que você consuma, no mínimo, entre seis e oito copos de água todos os dias, o que é equivalente a, pelo menos, dois litros.

Se você não gosta de tomar água, uma boa alternativa pode ser misturá-la ao limão. Os chás e sucos naturais também são indicados, mas no caso deste segundo, tome cuidado com as frutas escolhidas, já que algumas delas podem ajudar a prender ainda mais o seu intestino.

• Dê início às atividades físicas

Pode ser o que você preferir e se sentir melhor: pode caminhar na esteira da academia, correr no parque, nadar na piscina do clube, realizar aulas de dança, spinning ou até mesmo se tornar faixa preta em alguma luta.

Além disso, aproveite para se tornar uma pessoa mais ativa no dia a dia. Pare o carro um pouco mais longe do trabalho e faça uma caminhada (obrigatória) diária, prefira às escadas aos elevadores e leve seu cachorro para passear com mais frequência.

• Hora de mudar a sua alimentação

Incluir algumas frutas e verduras na sua dieta certamente ajudará a evitar a constipação ou prisão de ventre. Por exemplo, o mamão, a maçã com casca, a laranja (com o bagaço) e outros que veremos a seguir. Todos esses alimentos são ricos em fibras e, conciliados com boa quantidade de água no dia a dia, também auxiliam no emagrecimento saudável.

• Faça algumas substituições

Que tal trocar o arroz branco de todos os dias pelo arroz integral? O pão também pode passar pela mesma alteração. E quando for preparar alguma receita assada, como é o caso das tortas, bolos, pães, biscoitos e outros, uma boa alternativa é substituir pelo menos metade da farinha normal (branca) pela farinha de trigo integral.

E falando em trigo ou aveia, vale lembrar que eles são alimentos essenciais para quem quer evitar a constipação intestinal. E se você não souber como adicioná-los à sua dieta, lá vão outras dicas: adicione a aveia ou trigo em saladas de frutas ou, pelo menos, salpique os farelos em molhos de massas, carnes ensopadas ou em sopas.

Quais alimentos são permitidos e quais não são?

Para combater os males da constipação não tem jeito: a principal forma é por meio de uma mudança total na alimentação, tornando-a muito mais saudável e adequada para a sua digestão.

Por isso, vamos conferir quais são os alimentos que você está permitido a consumir e os que você deve evitar, juntamente com a prisão de ventre:

• Alimentos permitidos: queijo fresco, carnes magras (peixe e frango são os preferidos), ovos cozidos, sopas, ricota, leite, legumes e verduras cozidas, maisena, sal e água.

• Por outro lado, você evita a constipação quando também evita alimentos como: frituras e alimentos ricos em gordura, temperos muito fortes ou ricos em sódio, frutas ácidas, doces com muita concentração de glicose, café, feijão, frutas secas, linguiça e outras carnes processadas, pepino, alimentos embutidos ou congelados, pimentão, couve, tomate, rabanete e frutas cristalizadas e/ou secas.