Resumo do Sistema Circulatório


Em nosso organismo, cada órgão e sistema tem a sua função específica, de modo que todos trabalham juntos para manter a nossa vida e a nossa saúde, é uma harmonia perfeita! O sistema circulatório, por exemplo, tem como principal missão distribuir oxigênio e nutrientes para o restante do corpo, portanto, a sua importância é imensa!

Além disso, também é por meio da circulação que algumas substâncias que precisam ser eliminadas do organismo podem ser conduzidas até os órgãos que realizarão a sua expulsão.

Nesse resumo do sistema circulatório, você vai ver quais são os órgãos que o compõem e de que maneira ele funciona, por consequência, irá perceber o quanto ele é fundamental para o nosso organismo.

Sistema Circulatório

Resumo do sistema circulatório – órgãos e funcionamento

O sistema circulatório humano é formado fundamentalmente pelas seguintes partes:

• Coração: é considerado como o “motor” desse sistema e de todo o organismo. Tem a tarefa de bombear o sangue, para que ele chegue a todos os outros sistemas/órgãos/tecidos. O processo completo de circulação passa duas vezes pelo coração, como você verá a seguir.

Vasos sanguíneos: são as veias, artérias e capilares. As veias transportam o sangue venoso, dotado de gás carbônico. As artérias conduzem o sangue arterial, oxigenado. E os capilares são pequenas ramificações que ligam veias e artérias.

• Sangue: é um tecido em forma líquida que circula pelo corpo, transportando oxigênio, gás carbônico e nutrientes. É formado pelo plasma, que é a parte líquida propriamente dita, por hemácias, leucócitos e plaquetas.

Como você sabe, o oxigênio é fundamental para que as células realizem as suas funções e, por consequência, para que os órgãos possam funcionar. O sistema circulatório tem o seguinte funcionamento: o sangue sai do coração carregado de oxigênio e é levado por meio das artérias para todo o corpo, até as extremidades.

Quando o sangue chega até os órgãos e tecidos, acontecem as trocas gasosas, ou seja, o oxigênio é depositado e o gás carbônico passa para o sangue para ser eliminado. Portanto, as veias carregam esse sangue que contém o gás carbônico até o coração e ele o bombeia para o pulmão, para que o dióxido de carbono seja eliminado pela expiração. Em seguida, o sangue é oxigenado novamente e retorna ao coração para realizar mais um ciclo.

A nossa circulação é subdividida em circulação pulmonar (ou pequena circulação) e circulação sistêmica (ou grande circulação). A primeira é a que acontece entre o coração e os pulmões, já a segunda é a que se observa entre o coração e o restante do corpo.

O coração do ser humano é dividido em quatro cavidades, também chamadas de câmaras, sendo dois átrios e dois ventrículos. Entre átrios e ventrículos, existem duas válvulas que impedem o refluxo do sangue, ou seja, uma vez que o sangue é enviado do ventrículo para o átrio, essa válvula impede que ele retorne.

O sangue rico em gás carbônico que chega do corpo, entra no coração pelo átrio direito, que o envia para o ventrículo direito e esse para os pulmões. Depois, o sangue oxigenado e pronto para ser levado para o organismo sai dos pulmões e entra no coração pelo átrio esquerdo, que o envia ao ventrículo esquerdo, que bombeia o sangue para o corpo por meio da artéria aorta.

Um ciclo completo de circulação leva aproximadamente um minuto para acontecer, ou seja, tudo isso é muito rápido.

Dizemos que a circulação humana é fechada e dupla. Fechada porque acontece no interior dos vasos sanguíneos e dupla porque é subdividida em duas.

Resumo do sistema circulatório – sistema linfático

Esse é um outro sistema que se baseia na circulação de líquido pelo corpo. Inclusive, alguns autores dizem que o sistema circulatório, na realidade, se divide em sistema cardiovascular (que vimos acima) e sistema linfático, que veremos agora.

Estamos falando de um sistema fundamental para a defesa do organismo, que também atua levando novamente para o sangue o líquido que extravasa dos capilares e absorvendo gordura no intestino.

O sistema linfático é formado pelos vasos linfáticos, linfa e linfonodos. Os vasos ficam espalhados pelo corpo todo, principalmente entre as células. Eles captam o chamado líquido tissular, que é justamente o que extravasa dos capilares, filtram-no e conduzem novamente para a circulação.

A linfa é o líquido que circula no interior dos vasos linfáticos e é muito parecida com o sangue, mas por não ter hemácias, não tem coloração avermelhada.

Esse sistema é um grande colaborador do nosso sistema imunológico graças aos seus glóbulos brancos, que protegem o corpo contra vírus e bactérias. Quando há uma infecção em uma região do corpo, é normal que o sistema linfático se concentre nesse local, para fagocitar os agentes invasores que estejam ocasionando o problema.

Esse pequeno resumo do sistema circulatório é mais uma prova de como em nosso corpo os órgãos são interdependentes para o bom funcionamento do todo.