Resumo sobre a Onça Pintada


A Panthera onça, conhecida popularmente como ‘onça pintada’, é um felino que integra a família “feliade”. Alguns a conhecem ainda por outro nome: jaguar, que teve origem na mitologia guarani. Neste artigo vamos conhecer um resumo sobre a onça pintada e suas principais características.

Resumo sobre a Onça Pintada

A onça pintada

A onça pintada é uma espécie de mamífero carnívoro do continente americano. Depois do leão e do tigre, é o terceiro maior representante dos felinos no mundo – sendo o maior das Américas. A onça pintada pode ser encontrada desde o norte do território argentino ao sul dos EUA.

No que se refere à classificação, temos os seguintes dados:

  • Espécie: Panthera onça
  • Gênero: Panthera
  • Família: Felidae
  • Ordem: Carnivora
  • Classe: Mammalia
  • Filo: Chordata
  • Reino: Animalia.

A onça pintada pode ter até 2,10m de comprimento, com média de 90 cm de altura e 150kg. Quando em cativeiro, ela se alimenta com cerca de 2,5 quilos de carne diariamente. Mas, quando em liberdade, pode comer muito mais – o que reflete na própria queima de energia, que também é demasiadamente mais alta.

A onça pintada vive em espaços físicos campestres, em florestas tropicais e, especialmente, na margem de grandes rios. O animal caça em territórios individuais com cerca de 80 km² de extensão.

A onça pintada está entre os animais mais solitários que existem. Sendo assim, durante o período de acasalamento, seu principal objetivo é encontrar um par. O período de gestação das onças é de aproximadamente 100 dias e a média de nascimento é de quatro filhotes. A onça pintada fêmea chega à maturidade sexual a partir dos dois anos de idade, enquanto o macho, apenas a partir dos 3 anos e meio.

A onça pintada é um dos animais com o maior poder de caça. Com patas extremamente fortes, ela é capaz de caçar animais como: cavalos, tamanduás, capivaras, antas, pacas, veados, aves em geral, macacos, jacarés, peixes, gados de fazenda, queixadas e até mesmo sucuris e jiboias na falta de “melhores opções”. Neste sentido, a alimentação das onças pintadas também é uma das mais variadas que existem no mundo dos mamíferos carnívoros.

A expectativa de vida das onças pintadas varia de 10 a 20 anos, o que depende principalmente da sua moradia: em cativeiros ou na floresta.

Características importantes sobre as onças pintadas:

• As onças pintadas podem ser pretas, brancas ou mescladas em tons de amarelo queimado (sendo a última a mais comum);

• As onças pintadas trocam, literalmente, o dia pela noite: preferem dormir nos períodos manhã e tarde saindo para a caça durante a noite;

• A expectativa de vida das onças pintadas é muito maior quando vivem em cativeiro, podendo até mesmo ultrapassar a média de 20 anos;

• Para se comunicarem entre si, onças pintadas emitem um som específico. Segundo especialistas, este som é de “urro”. Geralmente ele é utilizado para mostrar à outra onça que aquele território de caça já tem dono (a);

• O Brasil concentra uma grande quantidade de onças pintadas, que nascem e vivem principalmente em suas florestas tropicais;

• Além de atacar o crânio dos animais maiores, a onça pintada utiliza outra estratégia para caçar: furando a casca (como no caso da tartaruga e de demais répteis);

• Hoje o animal ainda é encontrado nos seguintes países: Guiana, Brasil, Argentina, Estados Unidos, Colômbia, Guatemala, Equador, Honduras, Belize, na península de Osa (na Costa Rica), Venezuela, Paraguai, México, Peru e Nicarágua;

• Sua extinção já ocorreu por completo no Uruguai e em El Salvador;

• Os principais fatores que, atualmente, contribuem para a extinção da onça pintada são: envenenamento de lagoas e rios, desmatamento de florestas e caça.

Demais características e curiosidades sobre a onça pintada

Uma curiosidade interessante sobre a onça pintada é o fato de ela ser considerada um animal sagrado pela mitologia dos Maias. Os índios acreditam que o contato de sua gordura é capaz de fortalecer, motivo pelo qual a passam no corpo das crianças doentes. Além disso, há ainda a crença de que ao se alimentar com a gordura do animal utilizando como “garfo” a ponta de uma flecha, a coragem do indivíduo também é aumentada.

A onça pintada é um dos únicos felinos que adora a presença de água. Por isso, nadar costuma estar entre suas maiores habilidades.

Outra curiosidade interessante está presente no momento de nascimento das onças: elas permanecem cegas durante cerca de 15 dias.

Além disso, é só a partir dos 90 dias que eles perdem o medo de saírem de toca, período em que são apresentadas à caça e aprendem a viver solitariamente.

Entre os animais felinos, a onça pintada tem a mais forte mandíbula. Já entre os carnívoros, a segunda mais forte. Só para ter uma ideia, para matar macacos e capivaras (que costumam ser menores), o ataque é realizado diretamente no crânio do animal.