Resumo sobre o Cérebro


A partir de agora vamos falar da parte do corpo humano que comanda todos os nossos sentidos: o cérebro. É ele que nos faz agir e pensar. Ele é o mecanismo principal para que nós tenhamos a capacidade de racionar. Vamos mergulhar no universo desta parte e ver como o corpo humano é uma máquina perfeita.

O cérebro encontra-se dentro do sistema nervoso central, que por sua vez está localizado na parte interna do crânio. Pesando cerca de 1,3 kg, o cérebro possui duas substâncias: a substância branca preenche a parte central e a parte cinza – cinzenta – forma o chamado “córtex cerebral”. A parte do córtex cerebral divide-se em torno de 40 partes distintas, onde cada uma destas partes é responsável por controlar uma atividade.

Cérebro

Composição 1

Esta parte tão essencial do nosso organismo é constituída por aproximadamente 100 bilhões (você leu certo!) de células nervosas que estão interligadas entre si, são elas as responsáveis por todos os domínios mentais. Junto com os neurônios, que são as células nervosas, o nosso cérebro também possui as chamadas “células de glia” – que também são conhecidas como “células de sustentação”, que ainda contam com os vasos sanguíneos e com os órgãos secretores.

O nosso cérebro ainda possui três componentes que são estruturas principais para o seu funcionamento. São eles: grandes hemisférios da parte cerebral, o cerebelo, que possui um formato um pouco menor, um pouco esférico, e ainda o tronco cerebral, que é a parte central.

As funções 2

Cada parte é responsável por executar uma (ou mais tarefas). Veja abaixo a função delas:

• Inteligência e raciocínio: os responsáveis por desempenhar estas tarefas essenciais são os hemisférios cerebrais;

• Faz a conexão entre o cérebro e a medula espinhal. Coordena e envie informações até o encéfalo. Faz o controle das atividades de vários setores do corpo humano: é o tronco encefálico, que por sua vez é constituído por outra parte chamada de mesencéfalo;

• Para o mesencéfalo fica a tarefa de captar e de coordenar as informações que dizem respeito de como se encontram as contrações (músculos) e também a postura;

• Para o cerebelo fica a missão de auxiliar na manutenção do equilíbrio e da postura;

• As funções involuntárias, como por exemplo, a nossa respiração, ficam a cargo do bulbo raquiano;

• Existe também a ponte, que é feita pelas fibras nervosas, que conecta o córtex (cerebral) com o cerebelo;

• Já o tálamo tem a função de agir no centro (de retransmissão) com os impulsos elétricos, que vão até o córtex cerebral.

Esta parte de extrema importância para o nosso corpo – o cérebro – é essencial, pois ele é o ponto central no controle dos movimentos como: a fome, o sono, a sede e de praticamente todos os movimentos vitais para a nossa sobrevivência. Emoções como: ódio, amor, alegria, medo e tantas outras emoções que desenvolvemos, são controladas por ele. Como sabemos, os cientistas nunca se dão por satisfeitos mesmo quando encontram as respostas para as dúvidas que eles estavam estudando há anos, e sobre o cérebro, eles conseguiram confeccionar o que chamam de “o mapa do cérebro”. Neste mapa, localizaram várias regiões que ficam encarregadas de controlar a visão, audição, paladar e o olfato em relação aos movimentos que são automáticos. Porém as questões do pensamento e da memória ainda precisam de mais pesquisas, pois até agora os cientistas sabem pouco sobre estes mecanismos.

Os hemisférios cerebrais têm uma sustentação simétrica, e sendo assim – hemisfério esquerdo e hemisfério direito – possuem dois lóbulos, que surgem do tronco cerebral e que são constituídos pelas áreas sensoriais e pelas áreas motoras. Algumas funções do nosso intelecto são feitas apenas por um hemisfério. Na maioria das vezes, o hemisfério que domina o indivíduo ocupa as operações lógicas e as operações da linguagem e o outro hemisfério, por sua vez, controlará a parte das emoções e a capacidade para desenvolver atividades artísticas e atividades espaciais.

A estrutura do nosso cérebro é formada por outra parte muito importante, e é esta parte que faz a ligação dos dados chamados “corticais e subcorticais”, que são ligados entre si. A esta estrutura damos o nome de “corpo caloso”. O corpo caloso é uma estrutura feita pelas fibras nervosas brancas – e faz uma conexão na troca de informações dos vários setores do córtex cerebral. A parte direita do hemisfério do córtex motor é o responsável por controlar todo o lado esquerdo da pessoa. Por sua vez, o hemisfério da parte esquerda tem a tarefa de controlar a parte direita do nosso corpo. Se a pessoa sofrer algum tipo de trauma nesta última área, poderá desenvolver uma fraqueza de ordem muscular, ou em casos mais graves desenvolver uma paralisia. Outro problema que pode ocorrer é o não reconhecimento de algum tipo de objeto visual, o que pode ser indício de alguma lesão na estrutura do corpo caloso.