Regras do Ciclismo de pista – Perseguição Individual e por Equipes, Keirin e Madson


O ciclismo é considerado um dos esportes mais praticados em todo o mundo, com grande aceitabilidade em território brasileiro. Com uma série de modalidades de competição, as bikes já dominaram até mesmo o ambiente das academias por meio da modalidade de spinning, que fortalece os músculos (principalmente das pernas) e é um grande aliado na perda de peso.

Tudo começou na Inglaterra, no século XIX, e na primeira edição dos Jogos Olímpicos modernos, em 1896, o ciclismo já estava presente como uma das modalidades participantes.

Ciclismo de pista

Suas competições são as mais variadas possíveis, e cada uma das modalidades conta com regras e características peculiares e únicas.

Por conta disso, neste artigo você conhecerá as Regras do Ciclismo de pista, Perseguição Individual e por Equipes, Keirin e Madson, que são só algumas das provas caracterizadas por esse esporte. Então vamos lá?

Regras do ciclismo de pista

No ciclismo de pista, como o seu próprio nome já nos dá uma grande dica, a prova é realizada em um velódromo, ou seja, em uma “pista” exclusiva para as provas de ciclismo.

Esses ambientes podem ser tanto pistas oficiais, como também espaços próprios para as competições de ciclismo, lembrando que o ambiente deve conter todas as regulamentações das normas da União Ciclística Internacional para que possa ser o campo para a realização das provas nessa modalidade.

A pista de ciclismo deve ter um formato oval, e o grande diferencial é que as suas curvas contam com inclinação que varia entre 36 a até 45 graus.

A extensão da pista também pode variar entre 180 a, no máximo, 500 metros, porém, as mais utilizadas são aquelas de 250 metros e as de 333 metros.

O revestimento das pistas, por sua vez, é realizado tanto em madeira, como também em cimento.

O ciclismo de pista é bem reconhecido e por conta disso muitas foram as modalidades e provas desenvolvidas exclusivamente para esse ambiente. Dessa forma, confira as regras do ciclismo de pista para as modalidades de perseguição individual e por equipes, além de Keirin e Madson.

Regras do ciclismo de pista – perseguição individual

A perseguição individual consiste em uma modalidade do ciclismo em que os atletas devem, em primeiro plano, se preparar para uma tomada de tempo: é só a partir da mesma que a verdadeira competição se inicia.

Sendo assim, os melhores quatro tempos definidos por meio dessa primeira prova são aqueles que disputarão os primeiros três lugares. Os dois primeiros classificados devem brigar por medalhas de ouro e prata, enquanto o terceiro e quarto disputam pelo bronze.

Os competidores devem sempre largar em posições opostas na pista, e aquele que completar todo o trajeto no menor tempo ou então conseguir alcançar pelas costas o seu adversário é o grande ganhador.

Dessa modalidade, a distância é de três quilômetros para as provas femininas e de quatro para as masculinas.

Regras do ciclismo de pista – perseguição por equipe

A perseguição por equipe, por sua vez, é caracterizada como uma prova em que somente os atletas masculinos podem participar, sendo ela também considerada como uma das mais emocionantes de todas as modalidades em pista.

Essa prova também ganha o nome de quarteta, afinal, cada uma das equipes conta com a presença de quatro atletas, e a primeira fase classifica os quatro grupos com melhor desempenho para a prova final.

Nas fases finais, a equipe que vence é aquela que consegue realizar todo o percurso (que é também de quatro quilômetros) na menor quantia de tempo. Além disso, a equipe também vence antes caso consiga ultrapassar o seu adversário pelas costas.

Regras do ciclismo de pista – Keirin

Já as regras do ciclismo para a modalidade de Keirin são um pouco variadas, já que essa prova é mais moderna e radical ao mesmo tempo.

A prova Keirin só pode ser praticada pelo gênero masculino. Na pista, oito atletas devem se alinhar por meio de um sorteio realizado com antecedência. O primeiro da fila deve seguir uma moto, que fica na pista para mostrar qual é o ritmo do começo da competição.

Assim, a prova se inicia com 30 km/h e pode chegar até a 50 km/h, sendo este o momento em que a moto deixa a pista, com cerca de 600 a até 700 metros para chegar a linha final.

A disputa nessa modalidade é bem grande e ganha o ciclista que chegar primeiro, lembrando-se que essa modalidade respeita a própria linha de largada nos últimos 200 metros. Dessa forma, a linha de Sprint é o verdadeiro vencedor.

Madison

Por fim, a prova Madison envolve uma dupla de atletas, que de forma sincrônica, deve realizar um percurso de 50 quilômetros revezando entre si a cada três ou no máximo quatro voltas.

Um deles fica descansando na parte superior do velódromo, enquanto o outro deve atingir velocidade e ritmo na parte baixa da pista. Depois, eles são trocados, sendo essa troca de posição caracterizada com um simples toque no ciclista companheiro.

A pontuação é realizada da mesma forma do que a prova de pontos. O número máximo de competidores participando dessa modalidade é de 18 duplas, ou seja, 36 ciclistas, em pistas de até 250 metros.