Regras do Taekwondo Feminino categoria de 57kg a + 67kg


Nas Olimpíadas algumas modalidades são praticadas desde o início das competições, na Grécia antiga. As lutas são umas dessas modalidade e são usadas no plural por englobar uma série de esportes como judô, boxe, luta greco-romana, taekwondo, entre outros.

O Taekwondo é uma luta de defesa pessoal de combate livre ou competitivo. O atleta utiliza os pés e as mãos para “atacar” seu adversário, sem que para isso precise machucar o outro atleta, o objetivo é apenas golpear para marcar pontos.

A arte marcial foi criada em 1955, pelo general sul-coreano Choi Hong Hi, e se tornou esporte olímpico em 2000, quando a competição foi disputada em Sydney, na Austrália. No Brasil o Taekwondo chegou no começo dos anos 1970, graças ao mestre Sang Min Cho.

Taekwondo Feminino

Os praticantes do esporte tem movimentos básicos, chamados de Kibon Dong Jak, movimentos de luta ou combate, Kyorugui, movimentos de formas, Poom, movimentos de destruição ou demonstração de quebras, Kyukpa, e também os movimentos de torções ou defesa, chamados de Ho Sin Sul.

Além disso, nas competições oficiais, fiscalizadas pela Federação Internacional de Taekwondo, as modalidades são divididas em embates femininos e masculinos, divididos também pelo peso das atletas: até 49 quilos, de 50 a 57 quilos, de 58 até 67 quilos e acima de 67 quilos.

Graduações do Taekwondo Feminino

As atletas de Taekwondo ficam trajados com um quimono, chamado de Dobok, com faixa, que depende de sua graduação no esporte, além de alguns equipamentos de proteção obrigatórios como: protetor de tórax, chamado de hogu, protetor de antebraço, caneleira, protetor bucal, luvas e capacetes. Esses equipamentos são de uso obrigatório, de acordo com a Federação Internacional de Taekwondo.

As graduações de Taekwondo são em 10 faixas de cores diferente, no início o atleta começa com a faixa de cor branca, depois a laranja, amarela, amarela com um Dan, verde, verde com Dan, azu,l azul com Dan, vermelha, vermelha com Dan e a preta. Quando chega a faixa preta o lutador deve conquistar mais 9 dans, eles são sinais o grau de traços peculiares sendo que um atleta só recebe o 10º Dan quando o décimo Dan morre.

As cores das faixas tem significados importantes no Taekwondo, a branca simboliza pureza e por isso é dado ao atleta que ainda não possui nenhum conhecimento do esporte, a amarela simboliza a terra e é entregue quando o atleta já tem firmadas as bases do esportes. Já a faixa verde é entregue quando o aluno começa a se desenvolver no esporte e simboliza a planta. A Azul representa o céu e é entregue quando o aluno está com sua técnica sendo amadurecida. A penúltima faixa simboliza o sol e é entregue quando o aluno já tem autocontrole sobre suas necessidades na luta. Já a mais alta, a preta, representa a dignidade e o grau máximo de conhecimento e maturidade do Taekwondo.

As regras do Taekwondo Feminino

O Taekwondo é disputado em um tatame retangular plano de 15 metros de largura por 28 metros de comprimento, sendo que esse tatame deve ser de superfície dura.

As regras são básicas e tem como objetivo golpear os seus combatentes com as mãos e pés a fim de nocauteá-los ou somar o maior número de pontos. Para isso é preciso que os chutes dos atletas atingiam seu adversário acima da cintura, assim como os seus socos só podem acertar os combatentes no peito.

As lutas são disputadas em três assaltos com 2 minutos de duração, cada um, além disso o intervalo entre eles é de 1 minuto para descanso. O atleta vence quando seu adversário cai ao chão e permanece caindo durante a contagem de 10 segundos, exatamente como no boxe, ou se alguém alcançar primeiro o número total de 12 pontos.

Os chutes no tórax dados por chute ou punho contabilizam um ponto, os chutes na cabeça, 2 pontos, e se ao chutar o atleta tiver saltado a soma passa a ser de 3 pontos. Se houver empate o juiz estende a luta por mais um round e quem marcar o primeiro ponto, sai vencedor.

Se empurrar, agarrar, atingir socos na linha da cintura ou no rosto do adversário, o atleta recebe aviso, punições e ser desclassificado. Dentro da modalidade já existiu um atleta, Angel Matos, que depois de não aceitar o resultado do árbitro o golpeou com um chute e acabou sendo banido do Taekwondo.

O árbitro fica ao centro do tatame e mede os golpes e punições, caso necessário. O cronometrista fica do lado de fora, são sempre dois, e controla, o tempo dos assaltos e o placar do embate. Além disso, três juízes ficam em cada lado do tatame, formando sempre um triângulo, e contam o número de golpes, assim como no boxe. Por isso cada atleta precisa ter seus golpes afirmados por pelo menos dois juízes para que o seu ponto seja contado.