Regras do Triatlo e História


A palavra Triatlo vem do grego Triathlon e é a designação de uma modalidade olímpica que constitui três modalidades: corrida, natação e ciclismo e que são praticados primeiro com a modalidade aquática, depois com o ciclismo e por último com a corrida de rua.

A modalidade nasceu em San Diego, no ano de 1970, com o ex-atleta Jack Johnstone e foi disputada no San Diego Track Club. No entanto, a primeira vez que a modalidade teve uma competição foi em 1978 no Havaí, na Ironman Triathlon.

O curioso é que essa primeira competição aconteceu para que os atletas de ciclismo, natação e corrida pudessem disputar qual deles possuía o melhor condicionamento físico entre os três. Como a competição era por resistência, o Ironman Triathlon foi disputado de forma individual e por isso algumas interações não poderiam ser realizadas. Entre essas interações estava a prática do vácuo, que consegue ajudar os atletas que ficam na parte de trás de outro atleta por conta da aerodinâmica.

Regras do Triatlo

Triatlo e a modalidade Olímpica

Nós jogos olímpicos, o Triatlo só estreou em 2000, durante os jogos de Sydney. Para que fosse inserida como atividade olímpica, a modalidade teve que sofrer algumas modificações. Elas aconteceram porque a ITU, União Internacional de Triatlo, acreditava que era preciso transformar a modalidade em algo mais atrativo ao público. Entre essas alterações estavam uniformes, logo marcas e patrocinadores, além disso cada país só poderia passar três atletas masculinos para a modalidade e três atletas femininas.

O Triatlo é dividido em cinco provas: a Sprint, Meio Ironman, Olímpico, Ultraman e Ironman. Na modalidade Sprint o atleta tem que realizar 750 metros de natação, seguidos de 20 quilômetros de ciclismo e 5 quilômetros de corrida. Para quem participa das Olimpíadas é preciso completar 1 quilômetro e meio de natação, 40 quilômetros de ciclismo e por fim 10 quilômetros de corrida.

Para o meio Ironman, as distâncias são de 1 quilômetro e 900 metros de natação, 180 quilômetros de ciclismo e 42 quilômetros de corrida. No Ultraman o atleta precisa vencer os 10 quilômetros de natação, 421 quilômetros de ciclismo e 84 quilômetros de corrida.

As regras do Triatlo

A União Internacional de Triathlon nasceu em 1989, na França, com o intuito de regulamentar a prática do esporte por todo o mundo. Com isso a ITU decidiu que as competições oficiais de Triatlo teriam que respeitar as regras de terem a distância de natação de 1 quilômetro e 500 metros de natação, 10 quilômetros de corrida e 40 quilômetros de ciclismo. No Brasil, o Triatlo é amparado pela Confederação Brasileira de Triathlon, conhecida como CBTri.

De acordo com as regras da competição, a largada, áreas de transição e chegada das provas devem acontecer no mesmo lugar, podendo em algumas competições a largada e chegada estarem situadas em locais diferentes desde que existam duas áreas de transição entre elas.

A área de transição é o local no qual os atletas fazem a troca dos equipamentos para a próxima etapa da prova, como a colocação de capacetes e proteção para o ciclismo e os tênis de corrida.

A largada da natação é dada com os competidores lado a lado e todo o percurso é marcado por boias que orientam os competidores. É permitido que o competidor use de qualquer modalidade da natação para completar a primeira fase da prova. A única regra da natação é que não é permitido que um atleta atrapalhe o seu oponente. Se isso acontecer o atleta ficará retido durante 30 segundos na área de transição antes de iniciar a etapa seguinte.

No ciclismo não há largada já que a transição é feita assim que os atletas saem da água, além disso, a etapa também só possui uma regra, é proibido colocar os pés no chão.

Na última etapa do Triatlo, a corrida, a largada também não existe, mas o competidor que acabou de terminar a prova de ciclismo não pode começar a correr descalço, sem camisa ou com a touca ou óculos de natação.

A chegada da prova é, como dissemos, realizada no mesmo lugar onde a largada foi dada e apenas os três primeiros colocados são contemplados com medalhas. Além disso, ainda vale lembrar que durante a prova de natação são aplicados cartões que somam no tempo do atleta, de acordo com as infrações que eles cometem.

A modalidade não é muito conhecida no país e por isso ainda tem poucos adeptos e fãs, mas com o bom desempenho dos atletas brasileiros esse cenário está mudando e já é possível ver brasileiros entre os favoritos nas principais competições em todo o mundo.

Dentro de toda a história do Triatlo, a maior atleta é Paula Newby-Fraser, nascida no Zimbábue. Ela venceu oito títulos de Ironman e por isso ganhou o status de maior e melhor atleta do mundo, não sendo superada até hoje.