Regras do Voleibol e História


O voleibol é o segundo esporte que mais conquista brasileiros. Isso acontece porque a modalidade é responsável pelo maior número de medalhas olímpicas em esportes coletivos, e os novos talentos são a esperanças de ainda mais medalhas nas próximas competições.

A seleção masculina de vôlei já conquistou cinco medalhas olímpicas, a primeira delas foi de prata e conquistada nos jogos de Los Angeles, em 1984. Em 1992, a seleção levou o ouro nos Jogos de Barcelona. Doze anos depois, a seleção masculina subiu novamente ao pódio para receber mais uma medalha de ouro em Atenas. Nos anos de 2008 e 2012, a seleção conquistou a prata, em Pequim e Londres, respectivamente. Além disso, a seleção conquistou três medalhas de ouro e duas de prata no Campeonato Mundial.

Regras do Voleibol

Já a seleção feminina de vôlei já conquistou quatro medalhas olímpicas, duas de ouro conquistadas nos dos últimos jogos olímpicos, Pequim em 2008 e Londres em 2012, e duas de bronze, ganhadas em Atlanta em 1996 e outra em Sydney em 2000. No Grand Prix as meninas já faturaram 10 títulos.

História do Voleibol

O esporte nasceu graças ao americano William G. Morgan, no ano de 1895. Ele nasceu como Mintonette na cidade de Holyoke, nos Estados Unidos. Diretor de educação física, Morgan criou uma modalidade que pudesse ser praticada por pessoas de idade e que fosse menos fatigante que o basquete, esporte mais realizado na época no país.

O vôlei nasceu quando o educador adaptou a rede de tênis a uma altura de 1 metro e 98 centímetros do chão e usou a câmara de uma bola de basquete para iniciar o exercício. Como essa bola era muito pesada o americano solicitou a uma fabricante que confeccionasse uma bola especial, nascendo a assim a bola de vôlei.

Em 1896, o esporte foi apresentado em uma conferência, a Springfield’s College, e com isso o esporte começou a ser difundido e se tornou conhecido também na Nova Inglaterra. Foi também nesse ano que o nome do esporte foi mudado para Volley Ball, como conhecemos hoje.

As primeiras regras do esporte foram incluídas no handbook da Liga Atlética da Associação Cristã de Moços da América do Norte, depois de um artigo de J. Y. Cameron. Nas regras, eram estipuladas as medidas da quadra de vôlei: 7,62 metros de largura por 15, 24 metros de comprimento. A rede tinha 61 centímetros de altura e fica exatamente na mesma altura que Morgan havia colocado a rede de tênis. A bola tinha câmara de borracha e era coberta ou por uma lona ou por couro. Seu peso variava entre 252 gramas a 336 gramas, e sua circunferência tinha no mínimo 63,7 centímetros e no máximo 68.6 centímetros.

No começo dos anos 1900 o esporte chegou ao Canadá e só depois se espalhou para o Japão, Filipinas, China e México. Na América do Sul, a modalidade chegou dez anos depois e o primeiro país a receber o vôlei foi o Peru. O Brasil foi o responsável pelo primeiro campeonato sul-americano da modalidade. Patrocinado pela Confederação Brasileira de Desportos, no ano de 1951, o evento aconteceu no Rio de Janeiro e teve como vencedores os times femininos e masculinos brasileiros.

Já nas Olimpíadas o vôlei só foi aceito em 1962 e por isso só foi disputado em 1964 nas Olimpíadas de Tóquio, sendo vencido pela Rússia.

As regras do vôlei

As regras do vôlei são atribuídas pela FIVB, Federação Internacional de Volley Ball, e contam com o tamanho da quadra, bola e também regras de defesa e ataque.

A quadra de vôlei deve ter um formato retangular com 9 metros de largura por 18 metros de comprimento. Além disso, sua superfície deve ser feita com material sintético ou madeira e deve sempre ser pintada com cores fortes e vivas.

A quadra é dividida em zona de defesa, zona de ataque, linhas laterais e de fundo. A primeira conta com 95% da área total e mede 6 metros de cada um dos lados da quadra. O ataque corresponde a 3 metros da área de cada um dos lados e fica dentro das linhas laterais e linha de fundo, local onde acontecessem os saques.

De acordo com as regras, a rede tem que ter 1 metro de largura e medir entre 9,5 metros e 10 metros. Já as antenas devem ter entre 25 e 50 centímetros e a borda inferior 5 centímetros de largura. A rede deve estar a uma altura de 2,43 metros para os jogos masculinos e 2,24 metros para os jogos femininos.

As antenas devem delimitar a área na qual a bola deve passar e devem ser flexíveis e ter 1,8 metros de extensão com 10 milímetros de diâmetro. Além disso, a quadra de vôlei conta ainda com a zona livre, que ocupa 3 metros, e pode ser usada tanto para defender quanto para passar a bola. A bola deve ter entre 65 e 67 centímetros e pesa entre 260 gramas e 280 gramas.

A FIVB obriga a presença de quatro juízes de linha nas competições oficiais, sendo que um deles deve tomar as decisões finais sobre as jogadas, o segundo controla o tempo, faltas, posições e invasões, já o apontador cuida da súmula, ordem de saques e pontos das equipes e os juízes de linha apontam se a bola cai dentro ou fora de cada uma das linhas que delimitam a quadra.

O jogo dura três sets para uma única equipe e tem 25 pontos a serem disputados, com exceção do tie break, que vale apenas 15 pontos. Cada equipe deve ter seis jogadores em quadra e mais seis no banco de reservas. As equipes podem tocar apenas três vezes na bola antes de fazerem um ponto e não existe regra para a bola tocar no corpo do jogador.