Potência Média da Corrente Elétrica


Aqui você aprenderá alguns conceitos sobre corrente elétrica a fim de compreender, finalmente, o que é e como se calcula a potência média de uma corrente elétrica. Tudo sobre a potência média da corrente elétrica será explicado de forma bastante didática e prática para que todas as suas dúvidas sejam finalmente sanadas a respeito deste assunto que, parece muito complicado, mas na verdade não é. Basta que você abra sua mente para que os conceitos sejam assimilados, assim tudo ficará bem mais simples.

A Corrente Elétrica

Antes de falarmos sobre a potência média da corrente elétrica, vamos voltar um pouco para os conceitos básicos. O que, afinal, pode ser chamado de uma corrente elétrica? Uma corrente elétrica é quando ocorre um fluxo de forma ordenada das partículas que contenham carga elétrica. Ou seja, é quando ocorre um deslocamento entre estas cargas elétricas de um ponto a outro e também quando existe uma diferença de potência elétrica nestas extremidades, mostrando que este deslocamento realmente está acontecendo.

Potência Média

Quando, por acaso, resolvemos observar em um microscópio como as cargas livres de energia se comportam, verificaremos que elas se movimentam de forma aleatória e totalmente desordenada. Isso ocorre porque existe ali uma agitação térmica. Agora, imagine que continuamos a observar estas mesmas cargas livres. Aí então, caso se estabeleça algum campo elétrico na região destas cargas livres, poderemos verificar com clareza que um movimento, que antes era desordenado, passa a ser ordenado e superposto ao primeiro estado. Todo este movimento de ordenação das cargas livres possui um nome. Ele foi chamado de movimento de deriva de cargas livres.

São diversos os tipos diferentes de correntes elétricas que conhecemos e todas possuem uma diferente potência média da corrente elétrica. O tipo de corrente elétrica mais conhecida é aquela onde há um fluxo de elétrons de um lado para o outro, passando através de um condutor de eletricidade, na maioria das vezes metálico.

Mas, na natureza existe naturalmente ações que formam correntes elétricas. Podemos citar como exemplo bastante conhecido os raios e até os ventos solares.

As correntes elétricas possuem diferentes intensidades. Esta intensidade pode ser calculada através de um cálculo matemático nada complicado. A intensidade é chamada de I e é definida pela razão entre o módulo da quantidade de cargas que atravessam um corte qualquer feito no corpo, em um certo espaço de tempo.

Você já deve ter ouvido alguém perguntar “qual é a amperagem desta corrente elétrica?” Pois bem, isso acontece porque a unidade considerada padrão para se medir a intensidade de uma corrente elétrica é chamada de Ampere. E é por isso mesmo que existem algumas pessoas que chamam a corrente elétrica de maneira informal, somente de amperagem.

Em diferentes corpos existem partículas que conduzem melhor ou pior as cargas livres e eles são chamados de condutores. Nos metais, por exemplo, existe uma quantidade bastante grande de elétrons livres, todos em movimento desordenado e, por isso, são grandes condutores de energia elétrica.

Existem dois tipos de corrente elétrica. A corrente elétrica contínua e a corrente elétrica alternada. Como o nome já indica, a primeira acontece quando a corrente elétrica é contínua durante um longo espaço de tempo. Este tipo de energia elétrica é o mesmo que encontramos em pilhas, circuitos eletrônicos e outros tipos.

Por outro lado, a corrente elétrica alternada, também como o nome já indica, é aquela que acontece quando existe alteração com o passar do tempo. É geralmente encontrada em motores, transformadores e nas instalações elétricas industriais e também prediais.

Potência Média da Corrente Elétrica

Antes de falarmos sobre o que é a potência média da corrente elétrica, precisamos entender o conceito geral de potência. Potência é como é chamada a quantidade que tem a maior importância nos equipamentos elétricos, em sistemas de comunicação e sistemas eletrônicos. A potência é o trabalho que envolve a transferência de carga de um lado a outro. Ou ainda, em outras palavras, potência nada mais é do que a medida dada ao ritmo que a energia elétrica tem para ser acumulada ou dissipada em determinado corpo. A potência seria então o produto final originado da tensão elétrica pela corrente elétrica.

A potência média da corrente elétrica é uma potência mais conveniente e fácil de medir, já que a instantânea é muito mais complicada. A potência média é aquela que podemos verificar em um wattímetro, por exemplo. Nada mais é do que a potência instantânea que conseguimos captar naquele exato momento da medição. Portanto, a medida da potência média da corrente elétrica é o watt.

Ou seja, de forma bastante simplista: a potência média é aquela que encontramos na descrição dos produtos. Por exemplo: uma lâmpada tem na embalagem marcada a potência de 40 watts. Este valor, o de 40 watts é a potência média da corrente elétrica que passa por esta lâmpada.

Existem formas diferentes de calcular a potência média da corrente elétrica. A potência é calculada a partir da divisão entre a energia elétrica transformada e o intervalo de tempo no qual esta transformação acontece.