Resumo sobre Joule


Neste resumo sobre Joule vamos conhecer um pouco sobre o cientista James Precott Joule bem como qual foi o principal legado que ele deixou para a física. O que ele estudou é considerado até os dias de hoje como uma das coisas mais importantes e, sem dúvida, contribuiu muito para o desenvolvimento da física como conhecemos atualmente.

Quem foi James Precott Joule

James Precott Joule nasceu em dezembro do ano de 1818 na Inglaterra. Era filho de um importante cervejeiro da época e sempre demonstrara interesse nos equipamentos e na forma como funcionavam. Quando jovem, ele recebeu lições de física e matemática com John Dalton e, a partir daí, passou a estudar a natureza das correntes elétricas.

Joule

Durante seu estudo, James Precott Joule efetuou uma série de experimentos diferentes a fim de conhecer melhor o fenômeno da corrente elétrica. Com isso, ele descobriu que um condutor, quando percorrido por uma corrente elétrica e aquecido, sofre uma transformação de energia, passando da elétrica para a térmica. Esta descoberta foi muito importante e, por ser feita por ele, recebeu o nome de Joule.

James Precott Joule manteve seus estudos nesta área e seus muitos experimentos o ajudaram na determinação de uma equivalência que existe entre o trabalho mecânico e a geração de calor. Foi nesse momento que Joule formulou sua famosa teoria sobre a termodinâmica, contribuição que mudou a forma como tudo era visto na física. Durante o tempo em que Joule estudava a termodinâmica, ele trabalhou com outros físicos, entre eles o Willliam Thomson, quando chegaram ao efeito Joule. Thomson relaciona o volume de um gás com a temperatura.

Durante esse período, a ciência passava por um momento importante, pois considerava que a física era uma forma de conhecer a natureza a fim de transformá-la e dela extrair energia. Criou-se mecanismos de máquinas a vapor, a gás e outras fontes, gerando assim a revolução industrial.

Definição do Efeito Joule

Então, vamos continuar o resumo sobre Joule, contando mais sobre um dos resultados mais interessantes e o começo do entendimento da termodinâmica. Repetindo, o efeito Joule acontece quando um condutor sofre aquecimento após ser percorrido por uma concorrente elétrica.

Isso acontece porque ocorre um encontro entre os elétrons do condutor e da corrente elétrica que está passando por ele. Esses elétrons, então, sofrem colisões com o átomo do condutor e ocorre, então, um fenômeno no qual parte da energia de movimento (chamada de energia cinética) passa do elétron para o átomo aumentando o estado de agitação dele e, por sua vez, aumentando também a sua temperatura. Essas colisões é que são as responsáveis pela transformação da energia elétrica em energia térmica.

Esse tipo de fenômeno trouxe muitos benefícios para as civilizações, pois produtos foram criados a partir desse conhecimento e tornaram nossas vidas muito mais fáceis e confortáveis. Como exemplos de produtos com a aplicação do efeito Joule, podemos citar:

* Lâmpada
* Chuveiro elétrico
* Torradeira
* Secador de Cabelo
* Ferro Elétrico

Na lâmpada comum, um filamento de tungstênio que se encontra no interior dela recebe a corrente elétrica e, portanto, é aquecido. O filamento, então, se torna incandescente e emite luz. No chuveiro elétrico, um resistor localizado dentro do chuveiro, recebe a corrente elétrica e aquece. O resistor fica em contato direto com a água que chega dos encanamentos e acaba aquecendo-a. Princípios semelhantes acontecem nos outros eletrodomésticos citados, como na torradeira, secador de cabelo e ferro elétrico. Ou seja, todos os dias você acaba tendo contato com a teoria descoberta por Joule há muitos ano atrás, muitas vezes sem nem se dar conta disso.

Experiência sobre o efeito joule

É possível realizar uma experiência bastante simples a fim de comprovar e verificar na prática como funciona o efeito Joule. Mas, atenção! Essa experiência deve ser feita em um local onde não se possa propagar chamas! Então, nada de fazer em cima de mesas de madeira, papel ou tecido inflamável e tenha um pouco de água bem próximo de você. Para a realização desta experiência você vai precisar de:

* Três pilhas daquelas bem grandes
* Dois fios encapados e flexíveis
* Um pouco de palha de aço

Com os materiais na mão, enfileire as pilhas uma ao lado da outra, em série. Depois conecte uma extremidade da cada fio, na ponta de cada uma das pilhas que estão na extremidade. Coloque a palha de aço no meio dos fios que ficaram soltos, fazendo com que a energia gerada pelas pilhas passe por ela. Você, então, verificará que os fios da palha de aço começaram a ficar incandescentes e pegarão fogo.

Equivalências

Devido a essa experiência e tantas outras realizadas por este cientista, a palavra Joule se tornou uma unidade de medida na física, que representa a energia mecânica e, obviamente, a energia térmica. Nesse sentido, ele recebe diversas equivalências que vieram de outros experimentos e outros cientistas. Um joule é o equivalente à aplicação de uma força de Newton em um percurso que possui um metro de distância. Um joule também é o equivalente a um Coulomb volt. Um joule também pode ser o equivalente ao trabalho realizado para que se levante uma massa de 1/9,8 kg na altura de um metro, sobre a gravidade da Terra.