Alimentos Hortifrutigranjeiros


Em nosso dia-a-dia, consumimos alimentos dos mais variados tipos: carnes, leites, frutas, massas congeladas, sucos, refrigerantes e chocolates. Entretanto, poucas vezes paramos para pensar sobre a origem dos produtos que comemos, seus processos de produção e comercialização.

Neste sentido, os produtos podem ser classificados conforme o seu modo de produção. Assim, os produtos industrializados são, necessariamente, os alimentos que passam por algum tipo de processamento industrial, a fim de gerar um novo produto.

Hortifrutigranjeiros

Um bom exemplo deste processo é a produção de chocolates. Uma indústria de chocolates obtém itens como cacau, corantes, manteiga e açúcar para produzir chocolate. Estas são as matérias-primas do produto final, como uma barra de chocolate. Porém, para transformar estas matérias-primas no que se quer, a indústria irá realizar vários processos diferentes, como misturar, separar, adoçar, embalar, até obter a barra de chocolate. O resultado deste processo é um produto alimentício industrializado, ou seja, que passou por processos característicos da indústria de alimentos.

Outra categoria de alimentos são os denominados hortifrutigranjeiros. Nesta classificação, encontram-se os alimentos que não passam por nenhum processo na indústria de alimentos que irá modificar o seu sabor ou valor nutricional. Nesta categoria, encontram-se as frutas, hortaliças, alimentos produzidos por apicultores, ovos etc.

Estes alimentos podem ser consumidos in natura como podem também servir de matéria-prima para a indústria de alimentos, para dar origem a alimentos industrializados.

Características dos alimentos hortifrutigranjeiros.

É característica dos alimentos hortifrutigranjeiros terem sido produzidos no campo, através de plantações de hortaliças, pomares de frutas e demais modalidades que visem o cultivo de plantas com fins de prover alimentação para seres humanos.

A criação de galináceos, suínos e bovinos também caracteriza a produção de itens considerados como pertencentes a esta categoria, além da produção de mel por meio das técnicas de apicultura.

Estes alimentos podem ser produzidos em pequenas propriedades familiares ou em grandes propriedades. Em geral, as pequenas propriedades ocupam-se da produção de itens variados, conforme o que for mais indicado para a época do ano, de maneira que oferece uma produção menor, mas com mais variedade de itens.

As grandes propriedades costumam produzir uma variedade menor de itens, em torno de três ou quatro, mas oferecem um grande volume de produção.

Ao contrário dos produtos industrializados, os hortifrutigranjeiros tendem a ser mais perecíveis, exigindo maiores cuidados no transporte até o ponto de venda e na armazenagem. Como consequência, há uma perda maior destes produtos ao longo da cadeia produtiva, pois, tudo o que não é próprio para o consumo é descartado.

Vantagens dos alimentos hortifrutigranjeiros.

Ao contrário dos produtos industrializados, os produtos com origem no campo tendem a não sofrer nenhum tipo de processo industrial. Às vezes, alguns itens, como laranjas, maçãs e batatas, passam por um processo de limpeza, realizadas por máquinas próprias para esta função. Entretanto, este procedimento não altera a forma, o sabor ou o valor nutricional dos alimentos, não caracterizando um processamento industrial.

Por este motivo, uma dieta baseada nestes itens tende a ser mais saudável do que uma dieta baseada em produtos industrializados. Ao contrário dos alimentos industrializados, ricos em sal e gordura, pois precisam durar por muitos dias, estes alimentos preservam suas qualidades nutricionais, como vitaminas e sais minerais necessários à saúde do ser humano. Além disto, estes produtos contêm menos açúcar, diminuindo a propensão ao desenvolvimento de cáries, além de fibras solúveis, que ajudam no bom funcionamento das funções intestinais.

Cuidados com os alimentos

Embora sejam muito saudáveis, alguns cuidados devem ser tomado para um bom aproveitamento do alimento.

Primeiro, por tratar-se de um produto consumido in natura, é importante que ele seja bem higienizado, para evitar a proliferação de vermes e bactérias que podem servir como vetores para o desenvolvimento de doenças.

Segundo, é preciso ter cuidado com a utilização de agrotóxicos. A prática de utilização de venenos agrícolas na produção de hortifrutis está relacionada, geralmente, à otimização da produção em grandes áreas de terra. Por este motivo, é interessante tentar conhecer o fornecedor deste tipo de alimentos, conhecer suas práticas agrícolas, para então escolher os melhores produtos a serem consumidos. A maioria das cidades oferece feiras de orgânicos, com produtos comercializados diretamente pelas famílias produtoras.

Por fim, por ser um produto perecível, é necessário estar atento à condição do alimento, se ele está apto para o consumo ou não. Por tratar-se de itens do campo, os prazos de validade destes alimentos não são definidos por tabelas pré-definidas. Assim, é necessário que o consumidor confira a aparência geral do alimento, sua textura, cheiro e sabor, antes de consumi-lo.

Exemplos de alimentos hortifrutigranjeiros:

Segue abaixo uma lista com exemplos de produtos hortifrutigranjeiros:

Hortaliças: almeirão, aspargo, cebola, alho, couve, espinhafre, feijão, ervilha, cenoura, alface, abobrinha, cebolinha.

Frutas: uvas, manga, maçãs, laranjas, pêra, banana, kiwi, tomate, ameixa.

Galináceos: galinhas, ovos.

Suínos: carne de porco

Apicultura: mel, favo de mel, geléia real.