Complexos Industriais


Grande parte das compras que realizamos em nosso dia-a-dia é de produtos que, em algum momento da sua cadeia produtiva, passaram por um processo industrial. Embora seja o hábito relacionar os produtos industrializados com roupas, brinquedos e grandes itens automatizados, como carros e eletrodomésticos, o processo de industrialização também atinge a agricultura e a produção de alimentos.

A importância que o produto industrializado ganhou ao longo das décadas gerou como consequência, a necessidade do desenvolvimento de grandes indústrias.

As relações internas na cadeia produtiva dos produtos industrializados, aliados aos espaços físicos que estas indústrias ocupam, denominamos como complexos industriais.

Industriais

A revolução industrial e os novos meios de produção.

A Revolução Industrial foi o inicio da mudança nos meios de produção. A partir da Revolução Industrial, que se iniciou no século XVIII no continente europeu, com o desenvolvimento da máquina a vapor, alguns processos começaram a ser mecanizados, sendo abandonados os trabalhos artesanais, em especial na área da tecelagem.

A Revolução Industrial promoveu uma mudança radical na maneira como os bens eram produzidos e, consequentemente, como eram consumidos. Porém, mesmo na ainda incipiente Revolução Industrial, além de seu poder de mudança, ficou claro que o funcionamento de uma indústria iria alterar também os espaços para a realização destes trabalhos e as relações entre produtor e consumidor.

Grandes áreas e grandes construções passaram a serem destinadas para abrigar máquinas e equipamentos para as indústrias.

Outro aspecto importante é que, com a Revolução Industrial, o produto final ganha mais um intermediário entre produtor e consumidor. Entra em cena a figura do industrial, aquele que, mesmo sem ser o detentor da matéria prima ou do conhecimento artesanal para a produção de uma peça, se torna a figura central deste processo por deter os meios de produção.

Ou seja, a cadeia produtiva se tornou mais longa, com mais pessoas no caminho entre a matéria prima, o produto final e o consumidor.

Os complexos industriais e o início da produção moderna.

Os complexos industriais foram o resultado direto da revolução industrial. Entende-se como complexo industrial os meios e processos que compõem a produção de bens de manufatura. Ou seja, compreende desde a relação com o produtor primário, a relação com fornecedores, o processo industrial em si, com as atividades de operários especializados e máquinas. Compreende também o processo logístico para a distribuição destes produtos nas áreas de interesse para os consumidores, além do cuidado com os resíduos ambientais dos processos industriais.

Alguns complexos industriais abrangem também uma determinada área física. Nestes casos, dentro de um mesmo perímetro, estão concentradas as atividades de produção primária da matéria prima, a manufatura desta matéria prima e a distribuição do produtos final para os centros consumidores.

Os complexos industriais são essenciais para a cadeia produtiva e o funcionamento da economia. A cadeia produtiva que está envolvida dentro de um complexo industrial é a base do funcionamento econômico das nações, tanto aquelas com desenvolvimento econômico mediano quanto daquelas com um grande desenvolvimento econômico.

Assim, se pode notar que, a maioria dos complexos industriais encontra-se em países bastante desenvolvidos, que apresentam, na indústria, a base da sua economia. Dentre estes países, podemos citar os Estados Unidos da América, a Inglaterra e a Alemanha.

Também países com um desenvolvimento econômico ascendente, como Brasil, Argentina e Índia, também apresentam complexos industriais de grande porte. Nestes países, os complexos industriais tendem a se concentrar em determinadas regiões dos países.

Complexos industriais e a agroindústria.

A relação da agricultura com a indústria mudou de maneira radical a partir do início do século XX. Com o desenvolvimento de novas máquinas e, em especial, o desenvolvimento da indústria de alimentos, a agricultura passou a ser uma parte importante dos complexos industriais localizados nos centros urbanos.

Com tantas mudanças, a agricultura passou a ser entendida como parte de um processo industrial, sendo denominada como agroindústria. A agroindústria está diretamente relacionada com o desenvolvimento das indústrias de manufatura na área de alimentos. Neste sentido, a produção agrícola e pecuária passou a seguir os parâmetros estabelecidos pela indústria, tornando necessária a utilização de meios artificiais para aumentar a produção.

Mesmo com alguns aspectos bastante contraditórios, como o uso de pesticidas e fertilizantes, os complexos agroindustriais representam muito do ponto de vista econômico para vários países, em especial, para países em desenvolvimento.

Complexos industriais e meio ambiente.

O desenvolvimento dos complexos industriais representam um grande desenvolvimento econômico para qualquer país. Porém, tais complexos também trazem consigo um grande número de problemas ambientais, como a poluição de lençóis freáticos, a poluição do ar e o aumento significativo do lixo.

Por este motivo, os complexos industriais devem seguir um rigoroso planejamento ambiental, para que o desenvolvimento econômico não seja motivo para a destruição de bens ambientais, que podem representar prejuízos a longo prazo. Programas de reciclagem, de controle de resíduos e manutenção do nível de poluentes no ar devem ser constantes nestes sistemas.