Resumo dos Hebreus


A palavra ‘hebreu’ significa ‘gente do outro lado do rio’, nesse caso o rio Jordão. Os hebreus tinham origem semita e seguiam o judaísmo. Sua história tem início 2000 anos a.C. e é contada no Antigo Testamento. O judaísmo pode ser definido como a religião hebraica que ainda espera um Messias. O cristianismo tem em Jesus Cristo a figura desse esperado Messias. Eles acreditam que o Messias chegará para conduzir a sociedade à salvação eterna.

Esse resumo dos hebreus mostrará os principais fatos e características desse povo. Eles se localizavam na região da Palestina. A civilização hebraica teve grande influência na civilização atual, principalmente na religião. O judaísmo contribuiu para o cristianismo e para o islamismo.

Hebreus

Segundo relatos da Bíblia, Deus determinou que Abraão abandonasse o politeísmo e seguisse para Canaã, atual Palestina. Jacó, neto de Abraão, teve doze filhos que deram origem às doze tribos que formavam a civilização hebraica.

No ano de 1350 a.C. os hebreus fugiram da escravidão que enfrentavam no Egito. Eles foram liderados por Moisés e viveram a famosa abertura do Mar Vermelho, narrada na Bíblia. Foram quarenta anos pelo deserto, a espera de um sinal de Deus permitindo o retorno à Canaã.

Êxodo se refere ao momento em que a civilização hebraica deixou o Egito e seguiu para Canaã. Deve-se lembrar que é preciso ir além desse resumo dos hebreus, visto que diversos fatos da sociedade contemporânea tem sua base na história hebraica.

Em 1010 a.C. as tribos foram unificadas e a sociedade de uniu em torno de um rei. Os hebreus unificaram a lei e elegeram juízes para cumprir o correto seguimento do estabelecido. A monarquia hebraica foi estabelecida após um século de luta contra os filisteus.

Saul foi o primeiro monarca, mas acabou cometendo suicídio, logo substituído por Davi. O rei Davi foi responsável pelo crescimento do comércio. Ele nomeou a cidade de Jerusalém como capital da monarquia. Os patriarcas acabaram virando aristocratas, após todas as mudanças pelas quais a sociedade hebraica passou.

Os hebreus construíram diversos templos e alcançaram seu auge sob a liderança de Salomão, filho do rei Davi. As construções elevavam os valores dos impostos e complicavam a vida dos camponeses. Ou seja, dentro deste resumo dos hebreus, podemos sintetizar que eles passaram por três fases: fase dos patriarcas, fase dos juízes e fase dos reis.

Na política, os principais líderes foram Salomão, Davi, Sansão, Gedeão, Samuel e Saul. Os hebreus se espalharam em diversos países após a Diáspora. Foi então que eles começaram a compartilhar seus conhecimentos e sua cultura e influenciar outras civilizações.
Durante o reinado de Adriano, imperador romano, a sociedade hebraica passou pela segunda Diáspora, no ano de 136. Logo após, os hebreus foram expulsos da Palestina.

Sociedade

Os hebreus se dividiam em diversos clãs patriarcais e podem ser considerados semi-nômades. Eles se dedicavam à criação de gado. As mulheres deviam criar os filhos e cuidar da casa, enquanto os homens lideravam os clãs e eram responsáveis pelo sustento da família.

Antes de se fixar na Palestina, a civilização hebraica era originalmente formada por pastores nômades, que estavam sempre se locomovendo em busca de terras mais férteis. Eles se dedicavam à criação de ovelhas e cabras e todos os bens pertenciam a todos os membros do clã.

Já na Palestina, os hebreus mudaram seus hábitos e desenvolveram a agricultura e o comércio. Logo se tornaram sedentários. A escolha do local foi estratégica. Apesar da terra pouco fértil e da falta de água para irrigação, a região era ponto de passagem entre África e Ásia, por isso era alvo de disputa. Terras e bens viraram bens individuais e não mais coletivos. A sociedade hebraica acabou se dividindo, tendo comerciantes ricos de um lado e camponeses pobres.

Características

• Sociedade baseada na religião;
• Cultura monoteísta;
• Esperavam a vinda de um Messias;
• Os chefes de família também eram militares, juízes e sacerdotes;
• Pregavam o amor ao próximo como conceito moral;
• A Páscoa era uma das principais festas;
• Os patriarcas possuam o poder dentro dos clãs;
• Cultivavam cereais;
• Abraão nasceu em Ur, na Mesopotâmia;
• Contribuíram para a literatura, a música, o direito, a arquitetura e as artes plásticas;
• A cultura hebraica teve influência de civilizações mais antigas, principalmente egípcios e mesopotâmicos;

Mandamentos

Foi na época da sociedade hebraica que o mundo teve conhecimento dos 10 mandamentos enviados por Deus para Moisés, no momento em que os hebreus atravessavam o deserto do Sinai. O texto era a principal orientação para a civilização hebraica. A conhecer:

1. Amar a Deus sobre todas as coisas;
2. Não clamar o nome de Deus em vão;
3. Guardar domingos e festas cristãs;
4. Honrar pai e mãe;
5. Não matar;
6. Manter a castidade;
7. Não roubarás;
8. Não levantar falso testemunho;
9. Não cobiçar a mulher do próximo;
10. Não cobiçar as coisas alheias.