Zapotecas


Zapoteca você já ouviu essa palavra? Sabe o que é isso?

Lendo, ou ouvindo, pela primeira vez você pode até acreditar que é uma espécie do reino animal, ou mesmo um novo aplicativo para celular, mas não é não caro aluno, isso é história. Vamos juntos aprender?

Origem

Os Zapotecas foram uma das primeiras civilizações da chamada Mesoamerica, se originaram no centro-sul do México, no Vale de Oaxaca.

Em termos de datas pode-se considerar que existem desde 800 a.C. alguns estudiosos acreditam que cerca de 1.000 anos foram necessários para o completo desenvolvimento desse povo.

Zapotecas

Até hoje os Zapotecas têm grande relevância no estudo sobre as civilizações pré-colombianas, afinal, foram considerados uma das mais importantes. Em partes isso é resultado da criação e utilização de um sistema de escrita e matemática que possibilitaram o desenvolvimento de um estilo de arquitetura ímpar, que lhes rendeu, e ainda rende admiração.

Acredita-se que a origem dos Zapotecas remonta de 800 a.C.; Seu berço teria sido o Vale de Oaxaca, local onde recentemente alguns arqueólogos encontraram indícios que dizem muito a respeito dos costumes dessa civilização. Só para se ter ideia, a área onde fixaram moradia tinha uma terra rica em nutrientes, o que a tornava excelente para prática da agricultura.

Primeiras construções, atividades e tradições

Uma das primeiras construções feitas pelos Zapotecas foi sua própria capital, Monte Albán, considerada uma das primeiras grandes cidades do Ocidente. Monte Albán era uma região formada por diversas pirâmides, túmulos, estádios de futebol, além de ser considerada sagrada.

Na relação com o trabalho e a sobrevivência podemos citar a agricultura como uma das primeiras atividades desempenhadas por esse povo, além disso, fabricavam finas cerâmicas. Uma de suas contribuições foi a escrita, diversos especialistas acreditam que a civilização zapoteca, foi uma das primeiras (juntamente com os Maias) a utilizar desse meio nas Américas.

Vamos falar agora sobre a região que pertencia a esse povo. De acordo com pesquisas onde hoje está localizado o Estado de Puebla no México até o Oceano Pacífico pertencia ao domínio dos Zapotecas. Por volta de 500 d.C. a capital da civilização foi totalmente destruída quando os Mixtecas – povo ameríndio – invadiu a cidade. Em decorrência disso os Zapotecas acabaram tendo de formar novas e pequenas vilas, até serem totalmente (re)tirados de sua região por conquistadores espanhóis no ano de 1520.

Economia e costumes

Como já mencionado a agricultura foi uma das primeiras atividades econômicas a ser desenvolvida por essa civilização, e, é a partir do trabalho que utilizavam para subsistência que podemos identificar uma de suas tradições: o culto ao Sol, chuva, terra e até mesmo ao milho. Para os Zapotecas ao cultivar tais elementos estariam garantindo uma colheita produtiva, um chão fértil e, portanto, mais alimento.

Além da agricultura a tecelagem e a cerâmica foram outras atividades que fizeram a fama dessa civilização. Os Zapotecas fabricavam incríveis urnas funerárias ricas em detalhes, tais peças deveriam ser colocadas em cima do túmulo de seus entes queridos.

É importante ressaltar que ao criarem o próprio sistema de escrita, como citado acima, os Zapotecas deixaram um grande legado, além de uma extensa contribuição a pesquisa, afinal, foi por meio de seus hieróglifos e escritas que arqueólogos conseguiram estudar os costumes de tal civilização.

No campo intelectual outra grande contribuição desse povo foi a criação de uma espécie de calendário, baseado em um sistema “logofonético” onde um caractere significava uma letra de forma individual.

Como tudo acabou

Em um dos tópicos já mencionamos que os Zapotecas foram dominados pelos Mixtecas que tomaram a capital Monte Albán. O território pode ter sido tomado, mas a verdade é que a cultura foi mantida viva, e assim continua até hoje.

Atualmente existem Zapotecas, mas estes se dividem em dois grupos: um localizado nos vales a Sul de Oaxaca, e outro, ao sul de Istmo de Tehuantepec. Mas é válido lembrar que pequenos povoados na região de Veracruz, Guerrero e Chiapas não podem ser descartados, afinal, ainda há uma parcela dessa população vivendo por lá.

Acredita-se que hoje existem 400 mil Zapotecas no México. Inclusive um dos mais famosos foi Benito Juárez, presidente do país por cinco períodos, entre 1858 e 1872.

Diversas literaturas apontam que a cultura Zapoteca é mantida viva ainda hoje. Essa civilização passou por diversos choques culturais que tinham como objetivo inseri-los em uma nova ordem cultural ocidental, como por exemplo, a conversão dos descentes dessa civilização ao catolicismo. Felizmente os Zapotecas conseguiram manter-se dentro de sua cultura e por esse motivo ainda respeitam algumas de suas tradições originais, caso que pode ser observado na forma como tratam seus entes queridos já falecidos.

Esperamos ter contribuído mais uma vez com sua pesquisa, agradecemos por visitar nosso site e buscar nossos artigos como fontes de pesquisa. Lembre-se só no Resumo Escolar você encontra os conteúdos mais completos. Até a próxima!