Gramática Inglesa


Com certeza você já teve algum contato com a língua inglesa. É possível constatar logo de cara que o inglês possui regras muito diferentes, até mesmo mais fáceis, que o português. Nesse artigo você conhecerá algumas peculiaridades dessa língua, uma das mais faladas do mundo. Aliás, compreender o inglês abre muitas portas na vida pessoal e profissional.

Gramática Inglesa

A língua possui três fases: o inglês antigo, médio e moderno. O primeiro, data do século V quando alemães invadiram a Britânia. Portanto a inglês foi formado pela língua anglo-saxônica. Já o segundo é da época da invasão dos vikings e conquista da Inglaterra. O latim influenciou a língua e algumas palavras de origem francesa também foram acrescidas no idioma. Já o inglês moderno veio com a consolidação da estrutura alemã e nórdica com influência do francês e do latim.

A gramática inglesa

A gramática, em geral, é o procedimento para colocar palavras em lugares certos a fim de que haja sentido na frase e seja entendido dentro de determinado idioma.

Confira alguns itens relacionados à língua inglesa:

Adjetivos: caracterizam e qualificam os substantivos em uma frase. Não há distinção de gênero no inglês em relação aos adjetivos: o uso é o mesmo para substantivos masculinos e femininos bem como não existe plural. Alguns exemplos são:
– Beautiful;
– Happy;
– Tall;
– Good;
– Dirty.

Preposições: elas ligam duas ou mais palavras relacionadas, quando uma completa o sentido da outra. Por exemplo:
– About;
– Behind;
– At;
– Despite.

Advérbios: estes tem a utilidade de acrescentar informações sobre as palavras. Elas podem modificar ou ampliar o significado anterior ao verbo, adjetivo, ou próprio advérbio. Por exemplo:
– Now;
– Soon;
– Early;
– Still.

• Artigos: eles antecedem substantivos, limitando-os, modificando-os ou definindo-os. Os artigos são definidos e indefinidos. Por exemplo: THE significa O, A, OS, AS. Não possuem gênero ou grau. Já os indefinidos são A/NA, ou seja, UM ou UMA.

• Conjunções: são usadas para unir diferentes orações. Existe a divisão entre coordinating conjunctions, correlative conjunctions e subordinating conjuctions.
– Or;
– And;
– But;
– So.

• Pronomes: são usados para substituir ou acompanhar o substantivo ou próprio pronome. Podem ser pronomes pessoais, adjetivos e substantivos, pronomes reflexivos, pronomes demonstrativos, indefinidos e relativos. Por exemplo:
– I;
– Your;
– His;
– Ourselves.

• Substantivos: estes dão nome aos seres e coisas. Podem se flexionar em gênero, número e grau. Não há como dividir em categorias, pois é muito amplo. Basicamente divide-se em substantivos concretos e substantivos abstratos. Por exemplo:
– Bus;
– Dish;
– Box;
– Potato.

• Verbo: são os termos que dão ação às orações. São divididos em regulares e irregulares. O mais usado e estudado é o to/be. Por exemplo:
– Love;
– Do;
– Make;
– Watch.

Curiosidades da língua inglesa

O inglês possui muitos sotaques diferentes, afinal a língua pode ser britânica, irlandesa, canadense, caribenha, africana, asiática, australiana, escocesa, americano, além de crioula e pidgins. Além disso, a língua inglesa tem 26 letras e apenas 44 sons. Com isso é possível criar 650 diferentes sons.

Sabe qual a letra que mais inicia palavras no idioma inglês? A letra S. Inclusive Strengths é a maior palavra com apenas uma vogal. Já Rhythm é a mais longa sem vogais. As frases possíveis mais curtas são “Go!” e “I am”.

Outra curiosidade é que a palavra alphabet é formada pelas duas primeiras letras do alfabeto grego: alpha e beta. A frase “The quick brown fox jumps over the lazy dog” tem todas as letras do alfabeto inglês. Já a palavra set chega a ter mais de 450 definições, a recordista nessa categoria.

As palavras “ewe” e “you” não têm letras em comum, mas tem a mesma pronúncia como “Eye” e “I”.

Mais informações sobre a língua

Aprender inglês não é difícil, mas exige dedicação. Para facilitar você pode aprender cada parte do discurso, como uma parte específica dele. Para além de saber o que é a palavra, mas sim como usá-la. Por exemplo, um noun é uma pessoa, coisa ou lugar. Os articles vem sempre antes das frases e assim por diante. Dessa maneira você compreende a posição de cada um desses itens na frase.

Em seguida visite as regras com mais afinco. Isso porque a maioria das regras tem adicional que rege o uso. Por exemplo, o substantivo pode ser singular ou plural, coletivo, contável ou não contável, etc. Os advérbios podem ser relativos ou de frequência. Os verbos podem ser de ligação, ação, principal ou auxiliar. Aqui deve-se ficar atento a verbos regulares e irregulares e como eles se modificam quando o tempo verbal muda. A maioria das pessoas busca decorar a lista de verbos irregulares. Não se esqueça dos números! É importante sabê-los na forma extensa, os ordenais e cardinais.

Em geral leia muito e ouça muito a língua para que você se habitue ao idioma e compreenda mais facilmente a língua inglesa.