Preposições (Locução Prepositiva)


Preposição é a expressão que constrói um vinculo entre dois ou mais palavras da oração. Esse vínculo é do modelo subordinativo, isto é, entre os componentes unidos pela preposição não existe sentido individualizado, separado; ao invés disso, o significado da expressão é correspondente a junção de todos os componentes que a preposição liga.

Ex:

Os amigos de Maria estranharam a sua maneira devestir.

A preposição DE está ligando os componentes: amigos de Maria/ maneira de vestir.

Preposições

Esse tipo de vinculo é definido como uma conexão, onde os conectivos exercem o papel de unir elementos. A preposição é um modelo de conectivo e serve para unir expressões entre si em um procedimento de subordinação conhecido como regência.

Fala-se regência com razão ao fato de que, no vinculo criado pelas preposições, o primeiro componente denominado antecedente, termo que cria um regime; e o segundo componente, por sua vez, denominado conseqüente, é o termo que obedece ao regime determinado pelo antecedente.

Ex:

O horário das refeições é respeitado.

de + a = das: preposição

horário das refeições: componentes unidos pela preposição

horário: termo antecedente

refeições: termo conseqüente

As preposições são expressões invariáveis, uma vez que não admitem flexão do número, gênero ou variação como os números, nomes, tempo, aspecto, modo e voz que nem os verbos. Contudo, em diferentes casos as preposições se associam a outras expressões da língua e, dessa forma, estabelecem um vinculo de concordância em número e gênero com essas expressões às quais se relacionam. No entanto, não se refere a uma alteração da preposição em si, mas sim da expressão com a qual ela se liga.

Ex:

de + o = do

em + um = num

por + a = pela

As preposições podem principiar:

1) Complementos verbais

Ex: Ele obedece “aos seus pais”

2) Complementos nominais

Ex: Permanece obediente “aos seus pais”.

3) Locução adjetiva

Ex: Ela é um ser “de valor”.

4) Locução adverbial

Ex: Fui obrigada a agir “com cautela”.

5) Orações reduzidas

Ex: “Ao chegar”, informou sobre o acontecimento.

Classificação

As expressões da língua portuguesa que agem unicamente como preposições, são denominadas preposições essenciais. Dentre elas:

a entre

após per

ante para

até perante

contra sem

com por

de sob

em trás

desde sobre

Existem expressões de outros gêneros gramaticais que, em certas situações, podem agir como preposições. São, dessa forma, denominadas de preposições acidentais:

como = na qualidade de fora

segundo = conforme tirante

conforme = de acordo com mediante

consoante = conforme exceto

salvo visto = por

durante senão

Locução prepositiva

É o grupo de duas ou mais expressões que tem o sentido de uma preposição. O último termo dessas locuções será sempre uma preposição. São elas:

abaixo de acima de acerca de

apesar de antes de depois de

afim de além de a par de

ao invés de diante de em fase de

junto com junto de à custa de

em vez de graças a junto a

defronte de através de em via de

sob pena de a respeito de ao encontro de

de encontro a em frente de em frente a

Contrações e combinações da preposição

Fora os exemplos mencionados têm-se ainda certas situações onde as preposições em, de, a e per se ligam a determinadas expressões e constroem apenas uma palavra. Como por exemplo:

a + o = ao de + aquele = daquele

de + o = do de + isso = disso

a + os = aos em + aquele = naquele

de + este = deste de + aquilo = daquilo

de + isto = disto em + aquilo = naquilo

de + esse = desse em + a = na

As situações onde se tem pela, pelo, pelas, pelos são resultado da redução da anterior preposição per, junto com artigos definidos como: per + o = pelo.

Certas situações especiais, onde tem a redução da preposição a com pronomes ou artigos demonstrativos com a letra a no começo, ocasionando em uma junção de vogais conhecida como crase, representada na escrita por um acento grave.

a + as = às a + aquela = àquela

a + aquele = àquele a + aquilo = àquilo

a + a = à a + aquelas = àquelas

a + aqueles = àqueles

Quando se fala em artigos indefinidos, as junções são realizadas com as preposições em e de:

de + um = dum em + um = num

de + uns = duns em + uns = nuns

de + uma = duma em + uma = numa

de + umas = dumas em + umas = numas