Óxidos: Tipos, Características, Nomenclatura e Notação


Funções Químicas

Atualmente, é enorme o número de substâncias conhecidas. À medida que as substâncias químicas foram sendo obtidas e estudadas, os pesquisadores notaram que havia grupos de substâncias que, embora diferentes, tinham propriedades em comum. Esses grupos foram chamados de funções químicas. Função química é um grupo de substâncias com propriedades químicas semelhantes.

Óxidos

Nomenclatura

Quando escrevemos uma fórmula química de uma substância dizemos que foi feita sua notação. O nome de uma fórmula é a sua nomenclatura.
H2S04 ………………….. NOTAÇÃO
ÁCIDO SULFÚRICO …………. NOMENCLATURA

A notação e a nomenclatura de uma substância requer o domínio dos números de oxidação dos elementos que dela participam. Os números colocados ao lado de cada símbolo indicam os números de oxidação dos elementos correspondentes.

•=> observe que geralmente o maior NOX de um elemento coincide com o número da coluna onde ele se localiza.
•=> a soma dos NOX de todos os átomos de uma fórmula de uma substância é igual a zero.

Óxido é um composto binário oxigenado, sendo o oxigênio o elemento mais eletronativo dessa combinação. Exemplos: CaO, Na20, S02/ Aí203, etc. O flúor é o único elemento mais eletronegativo que o oxigênio, por isso quando há combinação entre eles não há formação de óxido. OF2 – fluoreto de oxigênio (não é óxido)

Notação dos óxidos

Para escrever as fórmulas dos óxidos, siga a notação geral: E+x Q-2

Onde:
E = símbolo do elemento ligado ao oxigênio.
– 2 = NOX do oxigênio.
O = símbolo do elemento oxigênio.
+ x = NOX do elemento ligado ao oxigênio.

1° Caso: quando o metal possui um único NOX. óxido de .. (nome do metal) Exemplos:
a) Na20 = Óxido de sódio.
b) K20 = Óxido de potássio.
c) CaO = Óxido de cálcio.

2° Caso: quando o metal possui dois NOX formará dois óxidos diferentes. É claro, estes óxidos deverão ter nomes diferentes. Óxido (nome do metal)…OSO (NOX menor) ou (nome do metal)…ICO (NOX maior). Exemplos:
a) FeO = Óxido ferroso.
b) Fe2O3 = Óxido férrico.

Nomenclatura dos óxidos

Embora a classificação dos óxidos seja mais ampla, consideramos para efeito de nomenclatura apenas óxidos metálicos e óxidos não metálicos.
l METAL
l NÃO METAL

Nomenclatura dos óxidos não-metálicos

Para nomear os óxidos formados a partir de não metais e metais com NOX >. + 5 (exceção), devemos considerar três casos.

1° Caso: quando o elemento na fórmula do óxido tiver NOX = +1.
anidrido hipo ………………………………………………….  OSO
(nome do elemento)
2° Caso: quando o elemento na fórmula do óxido tiver NOX = +7.
anidrido per ………………………………………………..  ICO
(nome do elemento)
3° Caso: quando o elemento na fórmula do óxido tiver NOX de +2 a +6.
anidrido ………………………………      OSO (NOX menor)
(nome do elemento)      ICO (NOX maior)
Exemplos:
a) Cf20 = Anidrido HIPOclorOSO.
b) Q203 = Anidrido clorOSO.
c) Q205 = Anidrido clórICO.

Os elementos C (NOX = +4), B (NOX = + 3) e Si (NOX = + 4) formam apenas um anidrido cada um, designados como se segue:
C02 = Anidrido carbônico.
Si02 = Anidrido silícico.

Exemplo: Na20. CaO. CrO. MgO. Reagem com água produzindo bases.
CaO + H20 ———— Ca(OH)2
Óxido de Cálcio       Hidróxido de Cálcio
Reagem com ácidos produzindo sal e H2O.

O Cr (NOX = + 6) e o Mn (NOX = +6 e + 7) apesar de serem metais, comportam-se como não-metais, formando os seguintes anidridos:
Cr03  =  Anidrido crômico.
Mn03  =  Anidrido mangânico.
Mn207 =  Anidrido permangânico.

Óxido ácido (Anidrido)

São óxidos de elevado caráter covalente, formado por metais ou não-metais com nox > +4. Quando o elemento forma dois ou mais óxidos, podemos ainda indicar o número de átomos de oxigénio e o número de átomos do elemento com o auxílio dos prefixos mono, di, tri, etc. Frequentemente, o prefixo mono é omitido.

Exemplos:
a)        FeO    =   (Mono) Óxido de (mono) ferro.
b)        Fe203 =   Trióxido de diferro.

Quando o elemento forma dois ou mais óxidos, podemos indicar o número de oxidação do elemento por um algarismo romano.
Oxido de nome do elemento + algarismo romano
Exemplos:
a)         FeO     =   Óxido de ferro II.
b)         Fe2O3   =   Óxido de ferro III.

CLASSIFICAÇÃO DOS ÓXIDOS

A classificação dos óxidos está diretamente relacionada com o tipo de reação. São óxidos de acentuado caráter iônico, formado por metais, com nox < + 3.

Oxido neutro

São óxidos que não possuem caráter ácido ou básico. São todos covalentes. Não reagem com bases, ácidos ou H2O.

Exemplo:
CO – Monóxido de carbono.
NO – Monóxido de nitrogênio.
N20 – Monóxido de dinitrogênio.

Óxidos anfóteros

São óxidos de caráter intermediário entre o iônico e covalente, apresentando uma tendência para o covalente. São formados por elementos de eletronegatividade média, podendo ser metais ou não-metais. Os principais:

METÁLICOS: AI203, Fe203/ ZnO SnO, Sn02, Cr203 PbO, PbO2, Mn02
NAO-METALICOS: As203, As205 Sb203, Sb205

Importante: o peróxido de hidrogênio é molecular. A solução aquosa de H202 é chamada água oxigenada.

Óxidos Iônicos

São óxidos iônicos que apresentam o ânion (O-O-O-O)-2. Somente os metais alcalinos e alcalinos-terrosos formam superóxidos. Exemplos:
Na02 = Superóxido de sódio.
K02 = Superóxido de potássio.
Ba04 = Superóxido de bário.

Existem elementos que formam até três tipos diferentes de óxidos, apresentando NOX bem variado, como é o caso do cromo e manganês. São substâncias que em solução aquosa se ionizam produzindo como íon positivo apenas o cátion hidrogénio (hT). Os íons H+ são os responsáveis pelas propriedade comuns dos ácidos, sendo portanto chamado de radical funcional do ácido. São óxidos formados pela associação de 2 óxidos diferentes, de fórmula geral E3O4.

São óxidos nos quais o oxigênio tem NOX = -1. Apresenta o grupo (0-0)~2 denominado peroxi – grupo. São formados somente de H, metais alcalinos e alcalinos terrosos. Reagem com água dando bases + H,O.
Exemplos:
Na202   =    Peróxido de sódio.
H202    =    Peróxido de hidrogênio.
CaO2    =    Peróxido de cálcio.

Atualmente a definição deveria ser alterada, porque os íons H+ em meio aquoso, não ficam sozinhos sendo associados à própria H20, formando o H30+, chamado de hidrônio ou hidroxônio.