Principais bases


Entende-se por base qualquer combinação de elementos que, quando colocados em uma solução aquosa, passam por uma dissociação iônica e deixam livre o ânion OH- (Hidróxido). Esse fenômeno tem relação direta com a reação das bases que entram em contato com a água. Para ilustrar um caso, é possível citar a base NaOH, popularmente conhecida como soda cáustica. Se tal substância de estado sólido interage com a água, os íons Na e OH- se separam. Em seguida, eles acabam por se dissolver graças à força que faz os polos negativos e positivos presentes na molécula de H2O se atraírem. Dessa forma, as bases são substâncias formadas pela ligação entre um cátion (no geral, proveniente de um metal) e o ânion OH-.

Principais bases

Propriedades das bases

Uma dos principais atributos das bases é o seu paladar que adstringe, isto é, que reduz a salivação. Assim como se observa nos ácidos, essas substâncias são condutoras de corrente elétrica se dissoluta em água. Outra semelhança é que os sinalizadores fenolftaleína (solução) e papel de tornassol trocam de cor quando em contato com hidróxidos. No entanto, fenolftaleína incolor passa a ser vermelha, enquanto o papel de tornassol vermelha torna-se azul, em respostas contrárias ao que se verifica no estudo dos ácidos.

Algumas das propriedades mais importantes das bases:

Conheça a seguir quais são as principais bases e como elas estão presentes no nosso dia a dia.

As principais bases e suas aplicações

Entre as bases com aplicações práticas no dia a dia das pessoas, é possível citar:

A já citada base é comercialmente referida como soda cáustica por sua capacidade de corroer e deterior tecidos vivos. Como consequência, essa substância pode queimar seriamente a pele. Por suas propriedades, ela é empregada com frequência em limpezas pesada e em artigos para desobstruir pias e ralos. Porém, a utilização da soda cáustica precisar ser conduzida com luvas adequadas.

NaOH é sólida quando em temperatura ambiente, apresenta uma cor branca e translúcida. Seu ponto de fusão é de 318°C e ela apresenta alta solubilidade em água. A soda cáustica capta a água do ambiente e pode se transformar em um líquido transparente após determinado período.

Percebe-se uma reação lenta com vidro e, em decorrência disso, a substância é conservada em recipientes de plástico. Entre as suas aplicações mais comuns está a fabricação de sabões, que obtida pela reação da soda cáustica com óleos e gorduras, tipo o sebo animal. O hidróxido de sódio é ainda um ingrediente importante para indústria petroquímica em um estágio da produção papel, celulose, colorantes, tecidos e itens para limpeza doméstica.

A fórmula para se chegar a essa base vem da reação de eletrólise em um meio aquoso de cloreto de sódio (NaCl), como demonstrado na expressão abaixo:

2 NaCl + 2 H2O -> 2 NaOH + H2 + Cl2

  • Hidróxido de Cálcio (Ca(0H)2):

Substância sólida, de pouca solubilidade em solução aquosa. O hidróxido de cálcio recebe ainda o nome de cal hidratada, cal extinta ou cal apagada. Isso se dá pelo fato da base ser preparada pela hidratação do cal virgem ou cal viva, que é o óxido de cálcio (Cao). Ao se misturar com água, a substância passa a ser referida como leite de cal ou água de cal.

A cal serve sobretudo para preparar a argamassa que firma os tijolos. Também é útil na cobertura e pintura de paredes. Portanto, ela é amplamente usada na construção civil. Outros propósitos recorrentes são em inseticidas e fungicidas, bem como o trato de água e esgoto.

  • Hidróxido de Magnésio (Mg(OH)2):

Trata-se de outro sólido branco e pouco solúvel em água. Sua utilização mais comum acontece a partir do leite de magnésia, que age contra constipação e acidez estomacal. Essa substância é resultado da mistura do hidróxido de cálcio e água em uma medida de 7% em massa.

  • Hidróxido de Amônio (NH40H):

Para se produzir hidróxido de amônio, é necessário borbulhar amônia (NH3) em água, como ilustra a reação a seguir:

NH3 + H2O NH4+ (aq) + H2O- (aq)

Ou seja, não há uma substância hidróxido de amônio. O que existe são soluções aquosas de amônio que reagem com a água, liberando os íons amônio (NH4+) e hidróxido (OH-). Popularmente vendido como amoníaco, o hidróxido de amônio é bastante útil na produção de acido nítrico aplicado nas indústrias de adubos e explosivos. Essa base serve também para limpeza de casa, na formação de compostos orgânicos, como gás para refrigeradores, na revelação de filmes fotográficos, entre outras finalidades.

  • Hidróxido de Potássio (KOH):

Denominada de potassa cáustica, essa substância está envolvida na elaboração de sabões moles e de alguns alimentos processados.

Agora você já sabe quais são as principais bases e suas aplicações no cotidiano. Bons estudos!