Arte Contemporânea


Características gerais da arte contemporânea

A arte contemporânea nada mais é do que o conjunto de uma série de diferenciados movimentos, vanguardas, técnicas e estilos, que resultou na tão famosa e diferenciada arte contemporânea.

Arte Contemporânea

Esta certamente é uma junção mais expressiva de diversos tipos de arte, e por isso, conseguimos encontrar uma variedade sem igual de estilos na mesma, como obras abstratas em preto e branco e obras de caráter figurativas, como as do gótico americano.

Assim, foi no período moderno no início do século XX que várias vanguardas foram criadas e apresentadas, caracterizando então uma variedade sem igual de estilos. E neste período as pinturas eram produzidas com quaisquer tipos de materiais e não só com o óleo sobre a tela, por exemplo. As criações começaram neste período a serem mais radicalizadas, dando maior atenção para a arte de caráter performática e também a conceitual.

Assim, é também em meio ao período da arte contemporânea que o conceito e a definição de arte também são dados, assim como as ações, ideias, objetos e materiais que poderiam fazer parte deste estilo.

Sendo assim, é por conta dessa diversidade de artes produzidas durante o século XX que a arte contemporânea não deixa de ser uma junção de todas elas. E, entre as suas características mais importantes, estão a possibilidade de criar esculturas e pinturas que se voltem para si mesmo, ou seja, não há mais a necessidade de voltar a arte para as instituições tanto religiosas quanto políticas.

Mas mesmo assim, é comum encontrar artes contemporâneas voltadas para as mensagens espirituais e políticas, porém, não há mais o patrocínio de tais artes. Um exemplo de pintor que atentou para a criação de arte contemporânea voltada para a política foi o alemão Otto Dix, que criticava o governo alemão por meio de sua arte. Por outro lado, o russo Wassily Kandinsk também combinou a abstração da arte contemporânea com um intuito diferenciado: propor uma realidade de caráter espiritual por meio da arte.

A busca por algo novo e original a cada nova arte era também uma característica bem marcante da arte contemporânea no século XX, coo foi o caso de Grant Wood, com a obra o Gótico Americano que muitas vezes é considerada como um marco da arte contemporânea.

Inspirações

Certamente outra característica essencial para a arte contemporânea e o próprio fascínio que os seus artistas tinham na utilizada de tecnologia moderna, assim como métodos mais mecânicos no momento de reprodução da arte, como é o caso da impressão tipográfica e da própria fotografia, que começa também a ganhar mais força durante esse período.

Foi no início da década de 1910 que um famoso artista italiano de nome Umberto Boccioni começou a glorificar tanto a velocidade da era industrial quanto a sua precisão em suas artes, que eram baseadas em esculturas e pinturas. Foi também na mesma época que Picasso começou a surgir como um dos principais contribuintes para a arte contemporânea, já que incluiu nas suas pinturas a técnica de colagem, utilizando materiais de caráter impresso juntamente com as suas pinturas, como era o caso de jornais e revistas.

A inspiração também surgia do próprio impulso espontâneo que era encontrado na arte infantil: as crianças, quando impulsionadas para a criação artística, criam pinturas totalmente espontâneas, que começaram a se tornar também uma inspiração para a arte contemporânea. Por outro lado, as tradições culturais também foram inspirações de muitos artistas em todo o mundo, que começavam a notar nas tradições de caráter estética presentes nas mais variadas culturas. Porém, neste caso, tanto a indústria quanto a cultura ocidental ficou de fora, dando maior destaque para as culturas orientais, oriente médio, asiáticos e outros.

Artistas envolvidos

Neste caso, devemos começar destacando Henri Matisse, francês, e também o Paul Klee, que foram dois artistas totalmente influenciados pelas artes naturais criadas pelas crianças. Por outro lado, Pablo Picasso criou suas obras baseadas na observação minimalista realizada em realização as mais diferenciadas máscaras africanas. Por outro lado, Pollock preferiu desenvolver uma técnica de jogar tinta na tela e ver o que acontece, mesmo que inspirado também em pinturas realizadas pelos índios do norte da América, que faziam isso com areia.

Arte contemporânea = cultura popular?

Há quem diga que o principal intuito da criação da arte contemporânea é fazer uma ponte entre a besta e a cultura popular, afinal, as duas possuem muitas características similares.

Mas, por outro lado, também devemos destacar o fato de que a arte contemporânea é muito complexa e cheia de estilos variados para que possa se encaixar unicamente a uma fase da nossa cultura, ou melhor, a cultura popular. Sendo assim, em partes ela pode estar instaurada no passado ou pode também tentar expressar acontecimentos do futuro.

Suas origens

Sabemos que o surgimento mesmo da arte contemporânea se deu unicamente no século XX. Porém, foi no final do século XIX que algumas de suas características já eram expressas na própria arte impressionista, ou então, no movimento de nome impressionismo.

Entre as características que já surgiram com esta primeira arte que são totalmente encontradas também na arte contemporânea podemos destacar a exaltação presente das tecnologias de caráter moderna, a importância da originalidade, destaque para o novo, moderno, o compromisso com o popular e a própria definição de conceitos de arte.

Arte contemporânea – 2º Guerra Mundial

Foi realmente após a segunda guerra mundial que a arte contemporânea finalmente conseguiu espaço e se consolidou por completo.

E, por mais que a arte contemporânea estivesse anteriormente com o seu centro focado na Europa, foi após esse acontecimento na história da humanidade que a arte contemporânea também se voltou para os Estados Unidos, com artistas renomados como é o caso de Arthur Dove, John Marin, Charles Demuth e Marsden Hartley. Todos esses artistas buscavam elementos envolvendo tanto o futurismo quanto o cubismo em suas obras, o que mostra que a arte contemporânea é realmente uma arte para todos.

Sendo assim, foi após esse momento importante na história que a arte contemporânea se consolida, sendo importantíssima até nos dias de hoje.