O que é Arquitetura


Desde o início dos tempos, os indivíduos atuam na construção de suas próprias casas, de abrigos, edifícios e outros ambientes que desempenham em sua vida diferentes funções. O motivo que serve como base para a construção, pode estar relacionado com a necessidade de sobreviver e aliado ainda com os prazeres da tecnologia de ponta, além da beleza e da utilidade da mesma.

Os aspectos com apropriação e proteção também fazem parte no contexto do desenvolvimento de um espaço, para que seja possível criar um ambiente realmente confortável para a convivência. No que se refere à construção de uma casa para morar, é possível pensá-la como uma verdadeira segunda pele para o indivíduo, por exemplo.

Arquitetura

O desenvolvimento da arquitetura

A arquitetura é desenvolvida conforme cada período da nossa civilização. A arte da construção se molda constantemente com os costumes, hábitos e demais aspectos da nossa personalidade, levando em consideração a base que temos para ela, ou seja, a matéria prima disponível no espaço. Além disso, uma construção também leva em consideração o clima e o relevo local.

A arquitetura sempre esteve relacionada com a arte e com o próprio contexto social em que determinado espaço geográfico se insere. Dessa forma, muitas são as obras arquitetônicas ainda preservadas nos dias de hoje, como os monumentos históricos, templos, igrejas, palácios, teatros e outros.

De forma etimológica, o termo arquitetura é uma junção entre as palavras do grego “arché” e “tékton”, sendo que a primeira significa principal ou primeiro e a segunda, construção. Sendo assim, o termo arquitetura remete à principal construção.

Sobre o conceito de arquitetura

A arquitetura nada mais é do que a técnica ou arte de projetar edificações ou, ainda, o ambiente de uma determinada construção. A arte leva em consideração o desenvolvimento de espaços criativos e bem organizados para que seja possível abrigar as mais variadas atividades do cotidiano humano.

O arquiteto é o profissional que projeta e organiza tanto espaços externos como também internos, com base em critérios de conforto, estética e funcionalidade. Ele também coordenada e finaliza construções ou a reforma desses ambientes, com base na utilidade do imóvel, assim como a ventilação, a própria disposição dos objetos e a iluminação. O arquiteto trabalha lado a lado com o engenheiro, que é o responsável por gerenciar a construção, a mão de obra e os custos específicos.

Um profissional de arquitetura também pode ser contratado para o desenho de objetos, plantas de construções e elaboração de logotipos ou placas para sinalização.

A arte da arquitetura é composta por um conjunto de técnicas, princípios, materiais e normas que são exclusivas para a atuação do arquiteto, lembrando que ele precisa de uma habilitação legal para exercer a profissão.

Além disso, a arquitetura também é reconhecida como o agrupamento das obras que são realizadas em cada continente ou país, sendo elas desenvolvidas nas mais variadas épocas e civilizações.

Normas e regulamentações gerais

Para a produção de projetos arquitetônicos é necessário seguir com uma série de normas e regulamentações. Mesmo assim, muitos são os indivíduos que constroem as suas residências, edifícios ou demais locais sem dar tanta atenção para essas normas, que no âmbito da arquitetura são chamados como ‘partidos’.

Os ‘partidos’, nesse caso, são exatamente o conjunto de fatos que apontam as necessidades e demais condições para possibilitar legalmente à prática da arquitetura. Além disso, no trabalho do arquiteto é também preciso escolher exatamente qual será a ‘técnica construtiva’, com base nos recursos tanto humanos, quanto materiais que serão utilizados.

Além disso, um projeto arquitetônico também inclui a especificação das condições, tanto topológicas quanto físicas do ambiente que possibilitará a construção. Considera-se também nesse momento todos os costumes e usos que irão envolver os empreendedores, visitantes ou até mesmo moradores dessa nova construção.

O último trabalho do arquiteto é torná-lo legal por meio do amparo com as legislações e condições específicas, além das regras para uma melhor convivência pública e demais normas de caráter social.

Por fim, os elementos essenciais para a composição de uma obra de qualidade envolvem boas estruturas e alicerces, afinal, são eles que garantem a própria estabilidade desse ambiente. Os alicerces são formados por meio de grandes pilares que ficam travados no solo e, também é onde o edifício em questão mantém o seu apoio. Já a estrutura é como se fosse um esqueleto geral da obra, que inclui não só esse alicerce como também as janelas, paredes, o teto e demais elementos presentes no projeto final.

A arquitetura mais famosa de todos os tempos, sendo reconhecida por suas grandes construções, certamente é a grega principalmente em Atenas durante o governo de Péricles. Nesse período, os grandes nomes da arquitetura foram Calícrates e Ictínio, que construíram os mais importantes monumentos ainda preservados na Grécia.

Em todo território brasileiro, os principais nomes que representam a arquitetura são Oscar Niemeyer e Lúcio Costa.