Características, Reprodução e Classificação do Reino Fungi


Reino Fungi

O Reino Fungi é formado por organismos eucariontes (cujas células apresentam carioteca, a membrana que separa citoplasma do núcleo) uni ou pluricelulares. As espécies com mais de uma célula não apresentam tecidos diferenciados, já que não existe uma diversidade celular.

As espécies mais conhecidas desse reino são os fungos, que recebem diversos nomes populares de acordo com certas características: mofos, bolores, champignon, leveduras e fermentos. São muito importantes tanto para o meio ambiente (são ótimos decompositores) quanto para o ser humano (produção de medicamentos e alimentos), mas alguns causam doenças.

Todos os representantes do Reino Fungi são heterótrofos, ou seja, não são capazes de produzir o próprio alimento. Por isso, são encontrados em sua maioria em ambientes úmidos ou com água e próximos de matéria orgânica.

Seu corpo é formado por filamentos delgados chamados de hifas (o conjunto de hifas recebe o nome de micélio). Elas são responsáveis por liberar enzimas digestivas no substrato onde vivem e depois absorvem o produto desse processo, chamado de digestão extracorpórea.

Sistema de reprodução

Em um ambiente propício, o micélio se desenvolve rapidamente, emergindo uma estrutura chamada de corpo de frutificação. Nela, localizam-se os esporângios, que como o próprio nome diz, são os órgãos produtores de esporos. Dessa maneira, as espécies do Reino Fungi podem se reproduzir de diversas maneiras:

– Esporulação: é o método mais comum, em que o fungo produz esporos mitóticos (células germinativas). Nessa forma, eles são transportados pela água ou pelo vento e formam um novo micélio quanto encontram condições favoráveis;

– Fragmentação: o micélio se fragmenta e origina novos fungos;

– Cissiparidade: ocorre em fungos unicelulares, em que a célula sofre mitose;

– Brotamento: como o nome sugere, formam-se brotos, que se separam da estrutura principal e geram novos fungos;

– Fecundação: acontece quando gametas móveis que se encontram na água. Muito comum entre fungos aquáticos;

– Alternância de gerações: forma de reprodução encontrada principalmente nas plantas.

Classificação

– Eumicetos: são considerados os verdadeiros fungos, já que sua estrutura atende a diversas condições. São os mofos, leveduras, cogumelos e bolores.

– Mixomicetos: também conhecidos como fungos primitivos, pois possuem uma estrutura semelhante a protozoários polinucleados.