Estação de Monta


Cada área possui conhecimentos específicos e diferenciados, que facilitam e dinamizam o trabalho. Descobertas e técnicas podem fazer com que uma atividade possa ser desenvolvida com melhor qualidade, de maneira mais eficaz e, até mesmo, com mais rapidez. O Brasil é um país que comercializa muitos produtos e precisa que seus itens sejam de qualidade, tanto para o mercado interno, como também para o externo. Para tanto, os profissionais de diversas áreas precisam conhecer e aperfeiçoar o que aprendem para melhor atuarem em seus respectivos campos de trabalho. A área de agronomia e zootecnia, por exemplo, exigem que os profissionais estejam em constante aprendizado, para que possam levar o melhor para o consumidor no produto final. A estação de monta está entre os métodos que podem trazer benefícios ao trabalho. Conheça mais sobre esse período.

O que é e quais são os objetivos da estação de monta

A estação de monta nada mais é do que o período em que as fêmeas, em fase de reprodução, são expostas ao macho. Esse método, realizado anualmente, é fácil de ser feito e não possui gastos. Diversos são os objetivos da prática, como avaliar quais são as melhores épocas do ano para que aconteça tanto o nascimento como também o desmame dos bezerros. Os animais que tem seu nascimento em épocas não adequadas podem sofrer com pastagens de qualidade inferior e parasitas.

Monta

A prática também é capaz de otimizar a monta natural e a inseminação artificial; bem como auxilia no controle sanitário e zootécnico do rebanho em decorrência da uniformidade apresentada no lote de filhotes. Outro ponto positivo da técnica é que ela permite que os profissionais possam selecionar e escolher, entre os animais, os machos e as fêmeas que irão permanecer no rebanho. A prática conta com diversas outras vantagens, o que permite que o rebanho possa ser melhor utilizado e não faça com que o animal sofra.

Por meio da estação de monta, os animais matrizes poderão ter uma recuperação muito melhor e mais rápida. Isso porque eles serão contemplados com um tempo maior até que a prática seja mais uma vez adotada, ao contrário do que acontece com as fêmeas que fazem parte de rebanhos em que este período não é definido. E não apenas as fêmeas que se beneficiam desta técnica. Para os machos também é uma maneira de se recuperarem melhor e mais rápido devido ao período longo que estão sem a atividade. E isso auxilia, inclusive, no momento de identificar os machos que são subférteis ou inférteis (aqueles que não têm condições para a reprodução) por meio do exame andrológico. Identificados, eles são substituídos na próxima estação de monta.

O período adequado para a realização da prática

Vários são os fatores que definem a escolha do período em que a estação de monta será realizada. Entre eles, está a disponibilidade das pastagens, o clima, data de nascimento dos animais, a que se destina a produção (comercial ou puros animais) e, ainda, a idade das matrizes. Os profissionais da área afirmam que a época de chuvas é o período mais indicado para a prática. Isso acontece porque é nessa época que os animais estão em melhores condições corporais. A estação de monta pode ser adiada em casos em que ocorrem atrasos nas chuvas. Na região central do País, o indicado é que a atividade aconteça entre o começo de novembro até o final do mês de janeiro.

O peso e idade das novilhas também pode definir a época em que a prática será feita. Os animais com peso de 280 kg com 18 meses e aqueles com 300 kg com 24 meses, podem se submeter a prática entre os meses de abril e maio. Essas novilhas irão parir antes e, com isso, podem se recuperar bem para a próxima estação. Outro fator que pode determinar o período acontece quando o macho passa o ano todo com as matrizes. Nesse caso, a estação pode começar no mês de outubro e findar em março, diminuindo de maneira gradual e limitando o número de bezerros que irão nascer. A redução atinge a marca de três meses no terceiro ano em que a prática foi implantada e a estação de monta acontece, desta maneira, entre os meses de novembro e janeiro.

O sucesso do empreendimento de um profissional que trabalha com estes animais depende muito do sistema de produção e em como ele intensifica o serviço. Por isso, a estação de monta é tão importante e fundamental, e os profissionais da área devem saber exatamente como fazer com que ela funcione em seus respectivos negócios. Uma estação de monta bem definida e em um período curto, que possa dar conta da recuperação dos animais e da produção, é o meio mais eficiente para que o empreendimento tenha sucesso. Por isso, o profissional deve conhecer as técnicas e definir o que é melhor tanto para o rebanho como também para a sua produção.