Estrutura das Células: Centríolos, Cílios e Flagelos, Peroxissomos e Mitocôndria


Estrutura das Células

Ao avaliarmos uma célula, seja animal ou vegetal, notaremos toda uma série de elementos regulares e identificáveis em sua estrutura. Hoje estudaremos um pouco a composição desta unidade microscópica onde se encontra o material genético. Confira a seguir a estrutura das Células: Centríolos, Cílios e Flagelos, Peroxissomos e Mitocôndria.

• Centríolos, cílios e flagelos

Os centríolos são pequenas organelas citoplasmáticas presentes nas células eucariontes. Surgem em duplas e têm a forma de bastões. O seu papel está relacionado à movimentação intracelular. Eles podem ser encontrados no centrossomo, a região próxima ao núcleo. São as estruturas responsáveis, dentre outras coisas, pela formação dos cílios e flagelos.

Estes, por sua vez, estarão localizadas na superfície da membrana celular. Ou seja, tratam-se de estruturas citoplasmáticas que se prendem à membrana plasmática. Têm em sua constituição proteínas motoras, as dineínas, e surgem como prolongamento dos centríolos. A função que desempenham está ligada à locomoção e captação de alimentos.

Estruturalmente são compostos por 9 grupos de microtúbulos dispostos em pares circularmente. Ao avaliarmos Cílios e Flagelos separadamente notaremos algumas diferenças. Os primeiros têm por característica serem mais curtos e numerosos. Os flagelos, por outro lado, não são muito numerosos, mas compensam sendo mais longos. Cílios serão comuns em protozoários, como o Paramecium. Já os flagelos têm como exemplo de ocorrência os espermatozoides.

• Peroxissomos e mitocôndria

Os peroxissomos são organelas que podemos encontrar em células eucarióticas. Estas vesículas membranosas possuem algumas enzimas em seu interior. O que será utilizado na degradação de lipídios e aminoácidos. Seu formato é ovoide e delimitado por uma membrana lipoproteica. Atuam na desintoxicação celular, sendo abundantes em fígado e rins.

Por fim, chegamos ao encerramento do estudo da Estrutura das Células: Centríolos, Cílios e Flagelos, Peroxissomos e Mitocôndria. Trataremos então das mitocôndrias. Elas têm uma dupla membrana de composição, muito similar à da membrana plasmática. Na parte interna apresentam uma série de pregas denominadas cristas mitocondriais. Por estarem relacionadas à atividade celular, elas estão em maior quantidade onde o metabolismo for mais intenso. Seu papel mais relevante na estrutura das células e a respiração.