Histologia Animal, Tipos e Características dos Tecidos

Tipos e Características dos Tecidos

Histologia animal é o ramo da Biologia que estuda a estrutura, composição e funcionamento dos tecidos corporais dos seres vertebrados.

Tipos de tecidos e suas características

O corpo dos animais vertebrados é composto por quatro tipos de tecidos:

1. Tecido epitelial

Divide-se em dois tipos: epitélios glandulares e epitélios de revestimento.

Os epitélios glandulares se originam durante a fase embrionária. São responsáveis pela formação das glândulas, isto é, conjuntos de células que produzem e eliminam secreções (produtos utilizados no organismo).

Além disso, as glândulas podem ser endócrinas, quando as secreções são eliminadas diretamente no sangue, ou exócrinas, quando possuem saída para as secreções, eliminadas dentro ou fora do corpo.

Já os epitélios de revestimento são formados por células bastante unidas entre si, o que garante a impermeabilidade contra invasores. Revestem as superfícies interna e externa do corpo do animal, bem como os órgãos.

2. Tecido muscular

A principal característica desse tecido é que ele é constituído por células compridas chamadas de miócitos, as quais possuem uma grande capacidade de contração. Isso se deve ao encurtamento dos filamentos submersos no citoplasma da célula, os miofibrilas, compostos basicamente por proteína.

3. Tecido conjuntivo

Neste tipo de tecido, as células ficam mergulhadas em uma substância gelatinosa altamente proteica conhecida como matriz intercelular. Sua função é unir e sustentar os demais tecidos, criando um conjunto.

Existem quatro tipos de tecidos conjuntivos que são muito importantes para os animais. São eles:

– Ósseo – suas células se conectam a uma matriz extracelular rica em fosfato de cálcio e colágeno, os quais, associados, garantem a rigidez dos ossos;

– Cartilaginoso – possui grande quantidade de fibras colágenas inseridas em uma matriz extracelular. Em alguns animais vertebrados, como raias e tubarões, as cartilagens são responsáveis pela formação do esqueleto. Já o ser humano só possui esqueleto cartilaginoso na fase embrionária;

– Adiposo – localizado principalmente na hipoderme (sob a pele), possui células especializadas no armazenamento de gordura;

– Hematopoiético – responsável pela formação dos diferentes tipos de célula do sangue.

4. Tecido nervoso

O último tipo de tecido, que engloba a medula espinhal, o encéfalo, os nervos e os gânglios nervosos, é composto por 10% de neurônios, os quais conduzem impulsos nervosos, e 90% de gliócitos, que envolvem, protegem e nutrem os neurônios.