Resumo do Sistema Respiratório


O sistema respiratório é responsável pelas trocas gasosas entre o organismo e o ambiente. O objetivo é garantir a concentração de oxigênio necessária no sangue para as funções vitais do corpo. A respiração atua em conjunto com o sistema circulatório, ajuda as células na reação metabólica e está ligada a vocalização. Neste resumo do sistema respiratório será possível conhecer suas estruturas e seu modo de funcionamento.

Inspiração e expiração
O oxigênio é fundamental nos processos metabólicos e, depois de utilizado, sobra apenas resíduo – o gás carbônico – que é eliminado pela respiração. O sistema respiratório funciona a partir de dois movimentos: inspiração e expiração. A inspiração traz o oxigênio para o corpo e a expiração retira o gás carbônico do organismo e o devolve para o ambiente externo.

Sistema Respiratório

O sistema respiratório é formado pelas vias respiratórias superiores e inferiores. Nariz, cavidade nasal, parte superior da traqueia, faringe e laringe compõe as vias superiores, que são órgãos externos a caixa torácica. Os órgãos que fazem parte das vias respiratórias inferiores são os pulmões, alvéolos, brônquios, bronquíolos e a parte inferior da traqueia. Todas estas estruturas ficam dentro da caixa torácica.

Vias aeríferas

A troca de gases é realizada nos pulmões, mas antes de chegar ao seu destino final, o oxigênio percorre um caminho que inclui vários órgãos, denominados vias aeríferas. O caminho inclui o nariz, faringe, laringe, traqueia, brônquios e pulmões.

– Resumo do Sistema Respiratório: Nariz

O nariz está localizado no centro do rosto e tem o formato de uma pirâmide triangular. A parte visível chama-se nariz externo e a parte interna é denominada cavidade nasal, dividida pelo septo nasal em direita e esquerda. A cavidade se comunica com o ambiente externo pelas narinas e com a faringe pelos cóanos. O oxigênio entra pelas narinas, que filtram o ar por meio de seus pelos e do muco, retendo as partículas de sujeiras e micro-organismos. As narinas também possuem células olfativas, células ciliadas que produzem muco e a mucosa, responsável pelo aquecimento e umidificação do ar inalado.

– Resumo do Sistema Respiratório: Faringe

A faringe tem forma de tubo e começa nos cóanos, seguindo para baixo do pescoço, entre as cavidades nasais e as vértebras cervicais. Este órgão, revestido por uma mucosa, recebe ar e alimentos, se conecta com o ouvido médio através das tubas auditivas e é dividido em nasofaringe, orofaringe e laringofaringe.

A nasofaringe se relaciona com os cóanos, as tubas auditivas e a orofaringe. A orofaringe, por sua vez, fica na parte de trás da cavidade oral e se comunica diretamente com a boca, servindo de passagem para o ar e tudo o que é ingerido. A laringofaringe se estende para baixo e possui conexão com o esôfago, que recebe os alimentos, e com a laringe, que serve como passagem do ar. A laringofaringe atua nos sistemas respiratório e digestório.

– Resumo do Sistema Respiratório: Laringe

A laringe faz a conexão entre a faringe e a traqueia e possui basicamente três funções: permitir a passagem do ar, impedir a entrada de alimentos ou corpos estranhos no sistema respiratório e produz o som da voz. Sua estrutura é composta por músculos, cartilagens e ligamentos e é na laringe que se encontram as cordas vocais.

A epiglote é uma cartilagem presente na laringe com a função de válvula, permitindo apenas a passagem das substâncias gasosas que entram e saem do pulmão. Para evitar que os alimentos ou líquidos entrem no pulmão, a epiglote se fecha e o conteúdo é direcionado para o esôfago.

– Resumo do Sistema Respiratório: Traqueia

A traqueia é uma espécie de tubo que dá continuidade a laringe e possui paredes reforçadas com anéis de cartilagem. A parte inferior fica no tórax e se bifurca, dando origem aos dois brônquios principais que se conectam aos pulmões. A traqueia possui células ciliadas e secretoras, barreiras que impedem a entrada de partículas ou micro-organismos presentes no ar. Os cílios se movimentam de modo a “varrer a sujeira” para cima, eliminando-as.

– Resumo do Sistema Respiratório: Brônquios

Os brônquios principais, direito e esquerdo, ligam a traqueia e os pulmões. O brônquio direito é mais curto, mais largo e mais vertical do que o esquerdo. A entrada nos pulmões ocorre em uma região denominada Hilo. Dentro dos pulmões, os brônquios principais se subdividem em brônquios lobares, que por sua vez se subdividem em brônquios segmentares e a ramificação dá origem aos bronquíolos, que se subdividem novamente em tubos ainda menores chamados de ductos alveolares. Os ductos acabam nos alvéolos pulmonares, componentes microscópicos em formato de uva e envoltos por vasos capilares sanguíneos com a função de fazer trocas de oxigênio e dióxido de carbono.

Quando o oxigênio chega aos alvéolos pulmonares através da inspiração, ele é transferido para o sangue e distribuído pelas hemácias a todas as células do corpo. Ao mesmo tempo, as células eliminam o gás carbônico no sangue, que é transferido para os alvéolos e eliminado por meio da expiração.

– Resumo do Sistema Respiratório: Pulmões

Os pulmões possuem cerca de 25 centímetros de comprimento, pesam, em média, 700 gramas, possuem uma consistência esponjosa devido a quantidade de alvéolos pulmonares e são recobertos por uma membrana dupla chamada pleura. A separação dos pulmões é feita pelo mediastino, área na qual ficam localizados o coração, artérias, veias, parte da traqueia e o esôfago. O pulmão fica apoiado no diafragma, músculo que separa o tórax do abdômen e faz parte dos movimentos respiratórios.