Tecido Muscular e Tecido Nervoso: Tipos, Classificação e Características


Tecido Muscular e Tecido Nervoso

O corpo humano é composto por diversas estruturas e tecidos, sendo que alguns dos mais importantes são o tecido muscular e o tecido nervoso, os quais possuem diferentes tipos, assim como classificações e características que permitem identificá-los e diferenciar dos demais tecidos do corpo.

Tecido muscular

O tecido muscular é responsável por diversas funções muito importantes no corpo humano, sendo uma das mais notadas a transformação da energia química presente no organismo em energia mecânica, o que permite assim a realização de diversas atividades e movimentos, tanto do esqueleto quanto dos órgãos internos.

O tecido muscular pode ser dividido ainda em três tipos distintos, sendo eles o estriado esquelético, o estriado cardíaco e o liso. Confira a seguir as diferenças e características destes tipos:

– Estriado esquelético

O tecido estriado esquelético é um tecido muscular que se encontra ligado a dois ossos, ou mais, nos quais esta ligação é feita por meio de tendões. Este tipo de tecido muscular apresenta contrações voluntárias que permitem a movimentação das articulações.

– Estriado cardíaco

O tecido muscular estriado cardíaco é encontrado somente no coração, dessa forma, é o responsável pelos batimentos cardíacos. Estes movimentos, gerados pela contração do músculo cardíaco, são involuntários, embora este tecido muscular também seja estriado.

– Liso

O tecido muscular liso é nomeado desta maneira devido a seu aspecto completamente liso, no qual não há qualquer tipo de estrias. Este tipo de tecido muscular pode ser encontrado em órgãos internos como estômago, útero, vasos sanguíneos, entre outros.

Tecido nervoso

O tecido nervoso é muito importante para o corpo, pois é ele que faz com que o próprio corpo perceba situações perigosas, como as altas temperaturas, por exemplo.

Isto é possível graças aos neurônios, que são as células que recebem os estímulos, os conduzem e produzem, posteriormente, os impulsos nervosos que geram os reflexos. Desta maneira, qualquer tipo de ação que envolva o contato do corpo faz com que aconteçam os reflexos proporcionados pelos neurônios, mantendo o corpo seguro.

Embora o tecido nervoso também seja composto de outras células, como as células de glia e as células de Schwann, os neurônios são as principais células deste tecido.