Tecidos Cartilaginoso, Tecido Ósseo e Tecido Hematopoiético


Tecidos Cartilaginoso

Tecido cartilaginoso

O tecido conjuntivo cartilaginoso, ou simplesmente tecido cartilaginoso, é um tecido completamente diferente dos demais do corpo humano, pois além de uma baixa atividade metabólica conta ainda com a ausência de nervos, vasos linfáticos e vascularização.

Outra característica do tecido cartilaginoso é sua forma de nutrição, que acontece por meio do líquido sinovial, o qual preenche as cavidades presentes nas articulações.

O tecido cartilaginoso pode ainda ser dividido em três tipos diferentes que podem ser encontradas no corpo humano, sendo elas a cartilagem hialina, presente nos ossos do nariz, por exemplo, a cartilagem elástica, que pode ser vista no pavilhão auditivo, e a cartilagem fibrosa, presente nas articulações.

Tecido ósseo

O tecido ósseo, também chamado de tecido conjuntivo ósseo, é o tipo de tecido que apresenta a maior rigidez, pois possui a mineralização de sua matriz. Isto faz com que seja fundamental na realização de funções muito importantes, como a sustentação do corpo e a proteção das partes vitais do organismo.

É possível classificar o tecido ósseo de duas formas distintas, que são o tecido ósseo esponjoso e o tecido ósseo compacto. No tecido ósseo esponjoso é possível identificar espaços medulares bastante amplos, o que faz com que tenha um aspecto poroso.

Diferentemente, no tecido ósseo compacto não são vistos espaços medulares, existindo, porém, diversos canalículos onde se encontram vasos sanguíneos e nervos.

Tecido hematopoiético

O tecido hematopoiético pode ser conhecido também como tecido hematocitopoiético, e possui uma importância muito grande para o organismo, pois é este tecido que produz as células que são encontradas no sangue e também na linfa.

O tecido hematopoiético pode ser classificado como mieloide ou linfoide, sendo que o tecido mieloide está presente na medula óssea vermelha, de onde produz as células encontradas no sangue.

Já o tecido linfoide é encontrado nos linfonodos, timo, baço, amígdalas, entre outros órgãos, e é responsável pela produção de linfócitos e monócitos.