Arquivos da categoria: Biologia

O estudo da biologia para o enem envolve conhecer todas as áreas que esse campo comporta, desde a biologia celular e molecular até a evolução das espécies

Síndrome de Takotsubo

Também conhecida como síndrome do coração partido, a Síndrome de Takotsubo é responsável por 1 a 2% dos casos coronarianos agudos. O estresse físico e emocional são os fatores de risco mais relevantes para o seu desenvolvimento, que é mais frequente em mulheres no período da menopausa ou com idade acima de 60 anos.

Infecção x Inflamação

O termo infecção é muito conhecido pela maioria das pessoas. Inclusive, quando vamos ao médico e estamos com alguma doença que seja causada por vírus e bactérias, significa que estamos lidando com infecções.

Protocolo cardiovascular

A saúde cardiovascular compreende uma série de atividades que beneficiam não só o coração, mas todas as estruturas responsáveis pelo sistema circulatório do organismo. Embora algumas pessoas tenham uma educação médica saudável para preservar o fundamento cardiovascular, nem sempre é possível escapar de algumas anomalias que prejudicam o funcionamento de órgãos pertencentes a esse conjunto. Em todo caso, há medidas que visam o bem-estar dos órgãos e possíveis intermediações que ajudam o organismo a superar qualquer doença relacionada a essa estrutura.

Anemia falciforme

A anemia falciforme é um distúrbio raro de cunho hereditário, caracterizada por uma produção anormal dos glóbulos vermelhos. A seguir, aprenda tudo a respeito deste assunto, inclusive quais são os sintomas e tratamentos possíveis.

Origem dos Antibióticos

Os antibióticos são medicamentos utilizados em diversas ocasiões para tratamento de diversas doenças. A capacidade que eles possuem de interagir com seres unicelulares ou pluricelulares no organismo é eficaz e é possível administrá-los para eliminar esse agente que causa alguma anomalia no corpo, especialmente as bactérias. Eles também podem ter influência no combate a enfermidades virais, como a gripe, mas seus efeitos não são concentrados em eliminar o micro-organismo, uma vez que esses remédios são bactericidas e a inibição do metabolismo e reprodução não é compatível em compostos virais.

Cuidados paliativos

Pessoas que enfrentam um câncer necessitam de uma atenção ainda mais detalhada. Devido à intensidade da doença e de seus efeitos eclodirem em diversos aspectos da vida do paciente, a assistência aos pacientes com câncer precisa ser ampla e compreender todas as características afetadas pela descoberta da doença, especialmente quando o paciente está em fase terminal.

Aneurisma Cerebral

Dilatação considerada anormal localizada em uma das artérias cerebrais, o aneurisma cerebral geralmente acontece na região do Polígono de Willis e é resultado do enfraquecimento local da parede dessa parte do cérebro. Pouco conhecido pela população em geral, o Polígono de Willis, também chamado de círculo arterial cerebral, é uma estrutura extremamente importante para a circulação sanguínea do cérebro e também para o seu melhor funcionamento.

Síndrome da anorexia-caquexia

A cada ano, 1 milhão de novos casos de câncer surgem no mundo segundo uma pesquisa feita pela American Cancer Society (ACS). Hábitos de vida nocivos, sedentarismo, obesidade, tabagismo, alcoolismo e outros comportamentos prejudiciais ao corpo são as principais influências para que tumores, benignos ou malignos, venham aparecer no organismo.

Mel e Abelhas Brasileiras

No Brasil, há uma razoável diversidade de abelhas e do mel que elas produzem. José de Anchieta já percebeu isso em suas viagens no século XVI, quando registrou, até o momento, cerca de 20 espécies de abelhas brasileiras. Notou que elas produziam seu mel e cera de formas também variadas, desde usando troncos de árvores até abaixo da terra. Em alguns casos, o mel era venenoso – especificamente o chamado pelos índios de Eiraaquãyeta, que fazia com que as pessoas passassem mal. Outro viajante, Auguste de Saint’Hilaire, também escreveu sobre esse e outros tipos de mel descobertos em terras brasileiras.

Reserva Particular do Patrimônio Natural

Uma Reserva Particular do Patrimônio Natural, ou RPPN, é uma categoria das Unidades de Conservação, instaurada pelo Sistema Nacional de Unidades de Conservação (SNUC).

Serpentes

Popularmente conhecidas como cobras, as serpentes são répteis de sangue frio. Fazem parte do filo Chordata, classe Reptilia e ordem Squamata (possuem escamas). Embora não tenham patas, esses animais conseguem se locomover, com rapidez, deslizando o corpo alongado. Algumas vivem em ambientes terrestres, enquanto outras são aquáticas, moram em rios e mares. São animais ectotérmicos, porque a temperatura do corpo varia conforme o ambiente onde estão.

Plástico comestível

O plástico comestível, autenticamente brasileiro, foi criado pela Embrapa Instrumentação, no município de São Carlos (SP) e trouxe uma série de benefícios para a sua utilização, que vai desde a incorporação junto aos alimentos, em forma de embalagens, até práticas sustentáveis de reaproveitamento de rejeitos provindos da indústria alimentícia que seriam despejados e decompostos.

Simbiose

Também conhecido como mutualismo, a simbiose é uma condição em que dois ou mais organismos possuem uma relação e todas as partes saem beneficiadas. Não há um critério para que ela aconteça, podendo acontecer com espécies iguais ou diferentes. Essa relação costuma ocorrer em tempo prolongado justamente porque o foco do mutualismo é garantir a sobrevivência das duas espécies (benefício principal adquirido da relação).

Gado Brahman

O gado da raça Brahman descreve um zebuíno resultante do cruzamento das seguintes raças: Gir, Nelore, Krishna Valley e Guzerá. Ele surgiu nos Estados Unidos e foram introduzidos no mercado brasileiro há relativamente pouco tempo, em 1994. Esse processo ocorreu como consequência de uma mudança na legislação pelos diretores da Associação Brasileira dos Criadores de Zebu (ABCZ) e da Associação de Criadores de Brahman (ABBA), simplificando a entrada dessa raça no país.

Conteúdo Calorífico ou Calorias

As calorias presentes nos alimentos e quantas devem ser consumidas por cada tipo de pessoa são assuntos muito recorrentes em abordagens sobre qualidade alimentar, dietas e obesidade. Mas pouco se sabe sobre o que elas são, como são definidas em cada alimento, qual a real necessidade do organismo sobre elas e como calcular o quanto devemos ingerir.

Senescência Celular

É normal que o corpo vá sofrendo algumas alterações com o passar dos anos. Quando o ser humano nasce, a estrutura orgânica do corpo apresenta sistemas, aparelhos e funções inteiramente funcionais e sem nenhuma restrição, caso não haja nenhuma anomalia ou disfunção. No entanto, essas atividades vão ficando cada vez mais fracas e sofrendo uma ação de envelhecimento. Essas alterações deixam as funções menos ágeis e nem tão eficazes como numa época em que o indivíduo era mais novo.

Esporotricose

Causada por fungos do gênero Sporothrix, a esporotricose é uma micose subcutânea que pode acometer humanos e animais e que é caracterizada especialmente pelo aparecimento de lesões na camada superficial da pele. Mesmo se tratando de uma micose, a infecção ainda sim pode acometer estruturas mais profundas da pele, podendo chegar até as articulações e órgãos internos se não for tratada a tempo.

Síndrome de Savant

Existem pessoas que, embora possuam uma capacidade cultural e memória formidáveis, não têm inteligência suficiente para coordenar os pensamentos, as ideias e tomar decisões muito bem fundamentadas. São pessoas com uma performance intelectual incrível, capazes de recitar poemas de cor ou então tocar instrumentos com perfeição, fazer cálculos e ainda lembrar de inúmeras informações importantes.

Criptosporidiose

A criptosporidiose é uma doença causada por um parasita chamado Cryptosporidium. O protozoário é ingerido através de água ou comida que está contaminada e afeta o intestino.

Sistema esquelético

O sistema esquelético envolve os ossos e cartilagens que compõe o corpo humano. É também o responsável pela sustentação e forma do corpo, além de proteger os órgãos internos.

sistema-esqueletico

Permitir que o corpo se movimente é a principal função do esqueleto, ainda assim também produz células sanguíneas e atua como reserva de minerais. Inclusive, é nos ossos que o cálcio é depositado.

Formado por vários ossos, o sistema ósseo muda e evolui conforme crescemos. Num homem adulto existem aproximadamente 200 ossos.

Os ossos são compostos pelo chamado tecido ósseo, que contém três grupos de células vivas: osteoblastos, osteoclastos e osteócitos. Cada uma dessas células têm uma função.

O esqueleto se divide em axial e perpendicular, conforme descreveremos abaixo:

1. Esqueleto Axial

O esqueleto axial é composto por todos os ossos que estão no centro do corpo ou em seu eixo vertical. Nessa parte do esqueleto encontramos:

• Crânio

É onde se encontram vários ossos da face, como a mandíbula. Contém aproximadamente 22 ossos e é responsável por proteger o encéfalo.

• Coluna vertebral

A coluna vertebral é flexível e conta com diversas vertebras que são ligadas entre si através das articulações. É responsável pelo equilíbrio do corpo.

• Tórax

É onde se encontram as costelas e o osso esterno. Sua principal função é proteger órgãos internos, como os pulmões e o coração.

2. Esqueleto apendicular

É onde se encontram os ossos dos membros superiores e inferiores e aqueles que se ligam ao esqueleto axial.

• Membros superiores

São os ossos que compõe os braços e as mãos.

• Membros inferiores

Ossos que fazem parte das pernas e dos pés.

• Cintura escapular

É onde se encontra a clavícula e a escápula. Sua principal função é unir o tórax aos membros superiores.

• Cintura pélvica

Formada pelo osso do quadril. Faz a conexão entre o sacro e os membros inferiores.

Tipos de ossos do sistema esquelético

O sistema esquelético é composto por cinco tipos diferentes de ossos. São eles:

• Ossos longos

Possuem comprimento maior que sua largura e espessura. Contam com uma haste composta de tecido ósseo compacto e duas extremidades com núcleo esponjoso.

Exemplos de ossos longos: fêmur, úmero, rádio.

• Ossos curtos

São aqueles que possuem a mesma medida de comprimento, largura e espessura. Ou ao menos são medidas bem próximas, com diferenças mínimas. Em sua composição temos tecido ósseo esponjoso.

Exemplos de ossos curtos: tarso e carpo.

• Ossos planos

Seu comprimento e largura são equivalentes. Mas sua espessura pode ser menor. Geralmente são ossos finos.

Exemplos de ossos planos: ossos do crânio, ossos da costela, escápula e ossos da bacia.

• Ossos irregulares

Esse tipo de osso não possui uma forma geométrica definida. Seu formato geralmente é diferente.

Exemplos de ossos irregulares: vértebras.

• Ossos sesamoides

São ossos que têm função de alavanca no sistema esquelético. Atuam em conjunto com os músculos. Sua forma é achatada, pequena e arredondada.

Exemplos de ossos sesamoides: patela.

Esses cinco tipos de ossos presentes no esqueleto humano são ligados uns aos outros através das chamadas articulações ósseas, que podem ser móveis e permitir movimentos (como acontece com o joelho e os cotovelos) ou fixas e não permitirem movimentos (como é o caso das articulações presentes nos ossos do crânio).

Funções do esqueleto

Apesar da movimentação e sustentação do corpo ser a função mais conhecida do sistema esquelético, este também é responsável por outras funções.

• Movimentação e sustentação

É a principal função do esqueleto. Através dos seus mais de 200 ossos, ligados uns aos outros no esqueleto axial e apendicular.

Dessa forma conseguimos andar, nos manter em pé e até mesmo realizar alguns movimentos como dobrar braços e pernas e nos sentar.

Dentre suas principais estão:

• Reserva de sais minerais

É nos ossos que se encontram as reservas de sais minerais do corpo. Dentro deles são guardados o cálcio e o fósforo, dentre outros elementos importantes para o bom funcionamento do organismo.

Quando há uma queda nos níveis de cálcio circulando no sangue, sais de cálcio dos ossos são enviados para resolver essa baixa e normalizar o funcionamento das células.

• Acumulo de gordura

Alguns ossos do corpo possuem a chamada medula amarela, também chamada de tutano. Essa medula contém células adiposas e sua principal função é servir como reserva de gordura para o corpo.

• Produção de células sanguíneas

Uma das mais importantes funções do sistema ósseo, depois da mobilidade e da sustentação, pode ser considerada a produção de células sanguíneas.

Em alguns ossos do corpo podemos encontrar a medula óssea vermelha e é ali que são produzidas as hemácias, os leucócitos e as plaquetas.

O crânio, a bacia, o esterno e as costelas são exemplos de ossos onde é possível encontrar a medula óssea vermelha. Na parte superior de ossos dos braços e da coxa também ocorre a produção de células sanguíneas.

Como você pode ver, o sistema esquelético possui várias funções e é composto não apenas por ossos, mas também por articulações que permitem que o corpo possa se movimentar e se manter em equilíbrio. Além disso, o esqueleto atua em conjunto com os músculos.

Dentre suas funções mais importantes com certeza está a produção de células sanguíneas.

Agora você já sabe como funciona o sistema ósseo do corpo humano.