Regras da Luta Livre Masculina – Categorias de 55kg a 120 kg


A Luta Olímpica é um dos esportes mais antigos de todos os tempos, em conjunto com o Atletismo. Praticada de maneira ininterrupta ao longo dos séculos, a modalidade foi introduzida, ainda, nas antigas Olimpíadas, por volta de 708 a.C. Dessa forma, o esporte antecede às Olimpíadas no formato que conhecemos atualmente.

De acordo com documentos históricos, há desenhos de lutadores datados de 3.000 d.C em cavernas de Sumero-Akkadian, e de 2.400 d.C no Egito. Hoje, a Luta Olímpica se divide em duas modalidades: a Luta Livre, que é masculina e feminina, e o estilo Greco Romano, que é somente para homens. Nas Olimpíadas, são disputadas 7 categorias de peso no masculino e 4 no feminino.

Regras da Luta Livre Masculina

Na Luta Livre masculina as categorias são 55 kg, 60 kg, 66 kg, 74 kg, 84 kg, 96 kg e 120 kg. Assim como todos os outros esportes olímpicos, a Luta Livre masculina é um esporte que possui suas próprias regras e os atletas precisam atendê-las para que não sejam desclassificados. Embora tenha o “livre” em seu nome, existem diversas Regras da Luta Livre Masculina categorias de – 55 kg a 120 kg as quais os lutadores devem seguir, sob pena de desclassificação.

Características do esporte

Sem dúvidas, a Luta Olímpica é um tipo de esporte que exige grande preparação física do atleta, além de preparo emocional também. Conhecida por promover grandes lutas, de tirar o fôlego dos espectadores, a Luta Livre é um estilo de combate que apresenta golpes de grande plasticidade, além do uso de muita força e conhecimento sobre as técnicas específicas da modalidade.

Propondo um ritmo intenso de combate, a Luta Olímpica dispõe de 3 rounds de 2 minutos, dos quais é considerado vencedor o lutador que mais pontua no tempo total. De acordo com as Regras da Luta Livre Masculina categorias de – 55 kg a 120 kg, o grande objetivo, nesse esporte, é dominar o adversário de costas no chão – golpe chamado de “touch”. Esse é o golpe que vale o maior número de pontos.

Outros golpes possíveis para a pontuação são:

• Derrubar o adversário (de 3 a 5 pontos);
• Tirar o adversário do círculo (1 ponto);
• Pegar as costas do adversário (1 ponto);
• Expor as costas do adversário no solo, sem encostar totalmente (2 pontos).

No Brasil, alguns dos maiores nomes na Luta Livre Olímpica foram Roberto Leitão, que representou o país nos Jogos Olímpicos de Seul (1998) e Barcelona (1992); Floriano Spiess, que também disputou as Olimpíadas de Barcelona (1992) e Antoine Jaoude, que carregou a bandeira brasileira nas Olimpíadas de Atenas (2004). No entanto, os atletas da Rússia e do leste da Europa são os maiores favoritos no esporte.

Na categoria de Luta Livre Masculina, ao todo são disputadas 7 medalhas durante os Jogos Olímpicos. Tratando-se de um dos esportes mais antigos, a Luta Olímpica é bem aceita pelo público e não se enquadra no gênero de lutas sangrentas, como é o caso do UFC (Ultimate Fight Champion). A Luta Livre é um estilo de combate mais técnico e, nem por isso, deixa de ser emocionante.

Regras da Luta Livre Masculina categorias de – 55 kg a 120 kg:

• Para as modalidades de 55 kg, 60 kg, 66 kg, 74 kg, 84 kg, 96 kg e 120 kg as regras são as mesmas, sem nenhuma diferenciação. Antes de cada combate, os atletas estão sujeitos a exames antidopping, além da verificação de peso. Os lutadores que, por algum motivo, não se enquadram às Regras da Luta Livre Masculina categorias de – 55 kg a 120 kg, podem ser desclassificados antes, durante e após o combate, de acordo com a decisão dos juízes;

• Por ser um estilo mais livre, como o próprio nome da modalidade já adianta, na Luta Olímpica as pegadas não têm muitos limites e podem ocorrer em qualquer parte do corpo. No entanto, essas pegadas não podem ser, de forma alguma, perigosas ou desonestas;

• A luta, que é composta por até 3 rounds de 2 minutos, acaba quando um dos lutadores consegue aplicar o maior golpe e imobilizar o adversário;

• Quando nenhum dos atletas consegue a imobilização do oponente, a Luta Olímpica é decidida pela pontuação. Logicamente, vence o maior pontuador;

• As punições aplicadas podem fazer com que os lutadores percam pontos no final da luta ou, nos casos mais graves, podem conferir uma desclassificação ao atleta que desrespeitou as Regras da Luta Livre Masculina categorias de – 55 kg a 120 kg;

• No estilo de Luta Livre Masculina, é permitido que o lutador use as pernas para que possa se defender e também para atacar;

• Quando o atleta consegue uma vantagem de 10 pontos em relação ao seu oponente, a luta acaba por superioridade técnica;

• As categorias Olímpicas são para 55 kg, 60 kg, 66 kg, 74 kg, 84 kg, 96 kg e 120 kg;

• As categorias não Olímpicas são 61 kg e 70 kg.