Regras do Boxe Leve, Meio-médio,-ligeiro, Meio-médio e Médio


A história da humanidade revela que há muitos anos as lutas já eram praticadas pelas sociedades antigas. No entanto, há quem acredite que o boxe nasceu apenas com os gregos e romanos, que desferiam golpes contra seus adversários apenas como prática esportiva ou até mesmo como competição.

O que sabemos é que o boxe como conhecemos hoje ganhou suas regras no século XVIII na região do Reino Unido. Foi lá que o número de assaltos e até mesmo o uso das luvas se tornou obrigatório, nascendo assim, as primeiras regras para o esporte olímpico.

Boxe Leve

O crescimento do boxe

As lutas de boxes se tornaram tão disputadas e frequentes que foi preciso torná-las ainda mais competitivas do que eram e, por isso, os ingleses também decidiram que era hora de categorizar os lutadores, e isso seria feito de acordo com o peso dos pugilistas.

Com o tempo nasceram também as organizações internacionais de maior importância no mundo, como a Federação Internacional de Boxe, a FIB; a Associação Mundial de Boxe, o AMB; o Conselho Mundial de Boxe, o CMB e a Organização Mundial de Boxe, a OMB.

As regras do boxe

Cada luta de boxe profissional possui um máximo de 12 assaltos, sendo que cada um deles dura no máximo 3 minutos. Mas é preciso lembrar que em algumas competições o número de assaltos é menor e isso evita um desgaste muito grande dos competidores. Nas Olimpíadas, por exemplo, cada luta de boxe tem 3 assaltos de 3 minutos cada um.

No final de cada assalto, os competidores ganham pontos que são dados por cada um dos cinco jurados que acompanham a luta. Quando não existe nocaute, ou seja, ninguém é derrubado e fica mais de dez segundos no chão, o ganhador é escolhido de acordo com a pontuação dos juízos para os ataques e defesas que eles realizaram durante cada assalto.

Vale lembrar que existem dois tipos de boxe, o amador e o profissional. No segundo os lutadores são divididos em 18 categorias que são: peso minimosca, peso super pena ,peso mosca, peso pena, peso galo, peso leve, pese meio médio, peso meio médio ligeiro, peso super leve, peso médio, peso pesado, peso palha, peso super mosca, peso meio pesado, peso super médio, peso super galo e peso cruzador.

Regras do Boxe Leve, Meio médio ligeiro, Meio médio e Médio

Na categoria peso leve, o pugilista ou competidor pode ter, no máximo, 60 quilos; no meio médio esse valor vai para 69 quilos; no meio médio ligeiro o peso máximo do pugilista é de 64 quilos e já na categoria médio o peso do lutador não pode ultrapassar os 75 quilos.

Porém, essa regra pode ser um pouco alterada de acordo com a Associação de boxe. Por exemplo, na AMB, CMB, FIB e OMB existem os pesos das categorias Cruzador, Peso Júnior, Médio Júnior, Leve Júnior, Super Galo, Mosca Júnior, Mini Mosca e Peso Mínimo.

As regras do boxe

Como já dissemos acima, a competição profissional do boxe possui golpes e faltas que valem pontos para cada um dos competidores. Entre as faltas do boxe estão: agarrar o adversário pela cabeça, pescoço ou braços, dar joelhadas, cabeçadas, golpear o adversário enquanto ele estiver no chão ou dar um golpe abaixo da cintura. Essas são as faltas mais comuns cometidas pelos competidores.

Quando essas faltas são cometidas, o pugilista que as aplicou recebe uma advertência do árbitro da luta. Se ele repetir a falta, ele recebe outra advertência, podendo no máximo cometer o mesmo equívoco por três vezes, sendo que depois da advertência ele tem um ponto tirado de sua soma a cada golpe faltoso. Agora se o competir não prestar muita atenção e golpear com falta mais de três vezes o seu adversário, é importante lembrar que com a mesma falta, esse competir é desclassificado e a vitória passa automaticamente para seu adversário.

As lutas de boxe acontecem em um quadrado que é limitado por cordas duplas que nós conhecemos como ringue. Esse ringue pode medir de 4,90 metros até 6,10 metros e costuma ficar no centro de ginásios ou arenas de competição.

Entre os golpes mais comuns do boxe estão os já conhecidos gancho; direto na cabeça; direto no corpo, desde que seja acima da cintura; uppercut e bloqueio de um soco. Esses golpes devem ser deferidos durante os 3 minutos de luta e cada um deles possui uma pontuação para os juízes, assim como as defesas aplicadas pelos lutadores.

Vale lembrar ainda que os golpes podem ser dados na parte frontal do corpo do lutador adversário, na cabeça ou até mesmo nas laterais do corpo e o objetivo é que se vença por nocaute, ou seja, pelo golpe que levará seu adversário à lona e fazer o árbitro da luta abrir a contagem de 10 segundos para terminar com a disputa.