Divisões do Conhecimento Filosófico


conhecimento Filosófico

Divisões do Conhecimento Filosófico.

A Filosofia por muito tempo foi um dos conhecimentos de maior peso nos ensinos médios e superiores ao longo dos tempos e pelo mundo. No ocidente, segundo historiadores, seu ponto de partida foi a Grécia Antiga, surgindo em Mileto durante o século VII a.C. a V a.C. Ela é uma das primeiras formas organizadas do saber humano. Atualmente podemos dividir o conhecimento filosófico em 6 ramos do saber:

1. Metafísica

Nessa divisão da filosofia, o objetivo é a busca da essência ou da natureza específica de todas as coisas. Como o próprio nome diz, é o conhecimento “além da natureza”. Nos estudos metafísicos, o objetivo é ter uma visão ampliada do mundo, em que a realidade seja estudada e entendida em todos os seus aspectos, extrapolando as limitações do entendimento que deriva do mundo sinestésico (dos sentidos).

2. Epistemologia

A epistemologia tem por objetivo estudar as origens, causas e métodos utilizados na busca do conhecimento. Ele ajuda a estabelecer alguns parâmetros para que o homem possa atingir o conhecimento através de um método racional e científico. É uma divisão muito importante do conhecimento filosófico, pois ela permite estudar o próprio conhecimento científico e racional, nesse ramo a preocupação é estudar o saber, como aprender algo e onde aplicar esse saber.

3. Lógica

A palavra lógica deriva de logos, que significa “estudo ou pensamento”. Seu objetivo é estudar a funcionalidade dos métodos de pensamento e diferenciar um pensamento ou método relativo de outro que é exato e lógico. A lógica visa ao pensamento “certo”, estabelecendo padrões para que não haja equívocos e chegue-se à verdade, pois essa é o ponto principal da busca do conhecimento, a busca da verdade.

4. Ética

A ética visa a estudar os princípios que motivam, disciplinam e orientam o comportamento humano em sociedade. Ela também indica os melhores comportamentos para a vivência e convivência do ser humano e procura resolver os dilemas que surgem das motivações humanas. Pode-se afirmar que a ética estuda as normas morais da sociedade, mas não deve ser confundida com a moral. A moral tem mais ligação à obediência às regras, às condutas consideradas adequadas pela sociedade. Já a ética é mais uma distinção entre aquilo que é certo e aquilo que é errado, é uma limitação do próprio indivíduo em suas ações, objetivando sempre a boa vivência entre homem e sociedade.

5. Filosofia Política

É o campo da filosofia que tem por objetivo o estudo das relações humanas como ser político. Tal como afirmava Aristóteles o ser humano é um animal político. Nesse sentido, esse campo do saber filosófico foca na organização estrutural das sociedades. Ela tenta entender e estruturar as formas de governos, buscando estabelecer qual é a melhor maneira de executar a relação entre governo/estado, sociedade e indivíduo.

6. Estética

É o estudo da natureza do que é belo, ou seja, do entendimento e julgamento individual e coletivo diante de um fenômeno estético – o belo – seja esse natural ou criado pelas mãos do ser humano.