Blocos Econômicos: Nafta, Mercosul, Alca, APEC, ASEAN e SADC

Blocos Econômicos

Os blocos econômicos surgem com o objetivo de facilitar as relações comerciais entre os países que o compõe e, dessa forma, as barreiras tarifárias são menores e o incentivo à importação e exportação é fomentado entre os países do bloco.

Para que você entenda mais a respeito desse tema, vejamos uma breve abordagem a respeitos dos principais blocos econômicos mundiais.

Nafta — North American Free Trade Agreement (ou Tratado Norte-Americano de Livre Comércio) é formado por Estados Unidos, Canadá e México. Esse grupo econômico teve a sua fundação em 1993, porém, seu funcionamento começou apenas em 1º de janeiro de 1994.

Apesar do tratado entre esses três países, não foi adotada uma moeda única para facilitar as transações, nem é permitido o livre trânsito de cidadãos entre os países do bloco. Isso leva a perceber que o Nafta não é plenamente efetivo e, por isso, pode estar com os dias contados.

Mercosul — conhecido como Mercado Comum do Sul, foi fundado em 26 de março de 1991. É composto por Brasil, Argentina, Paraguai, Uruguai e Venezuela como membros efetivos, porém, esse último país está suspenso. Conta também com a Bolívia, Chile, Peru, Colômbia, Equador, Guiana e Suriname como membros associados, pois, não adotaram integralmente a TEC — Tarifa Externa Comum.

Alca — a Área de Livre Comércio das Américas teve a sua proposta em 9 de dezembro de 1994 por uma intenção do presidente dos Estados Unidos Bill Clinton de formar uma aliança com todos os países americanos com o objetivo de ter uma área de livre comércio entre esses países e, assim, eliminar as barreiras aduaneiras.

Os países que compõem a Alca são: Antigua e Barbuda, Argentina, Bahamas, Barbados, Belize, Bolívia, Brasil, Canadá, Chile, Colômbia, Costa Rica, Dominica, El Salvador, Equador, Estados Unidos da América, Granada, Guatemala, Guiana, Haiti, Honduras, Jamaica, México, Nicarágua, Panamá, Paraguai, Peru, República Dominicana, Santa Lúcia, São Cristóvão e Neves, São Vicente e Granadinas, Suriname, Trinidad e Tobago, Uruguai e Venezuela.

APEC — fundada em 1989 a Asia-Pacific Economic Cooperation tem 21 países membros em seu fórum que tem como objetivo fomentar o livre comércio e cooperação econômica na região da Ásia-Pacífico.

É composta pelos seguintes países: Austrália, Brunei, Canadá, Cingapura, Chile, China, Coreia do Sul, Estados Unidos, Filipinas, Hong Kong, Indonésia, Japão, Malásia, México, Nova Zelândia, Papua-Nova Guiné, Peru, Rússia, Tailândia, Taiwan e Vietnã.

ASEAN — fundada em 8 de agosto de 1967, a Associação de Nações do Sudeste Asiático e composta por dez países a saber: Tailândia, Filipinas, Malásia, Singapura, Indonésia, Brunei, Vietnã, Mianmar, Laos e Camboja.

Seus principais objetivos é promover o crescimento econômico por acordos entre as nações que compõe o bloco, bem como estimular a estabilidade regional.

Possui um acordo de cooperação com a União Europeia e estabeleceu um fórum conjunto com o Japão.

SADC — a Southern Africa Development Community (ou Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral) é um bloco econômico fundado em 17 de agosto de 1992 e é composto por quinze países membros a saber: África do Sul, Angola, Botswana, República Democrática do Congo, Lesoto, Madagáscar, Malawi, Maurícia, Moçambique, Namíbia, Suazilândia, Tanzânia, Zâmbia, Zimbabwe e Seicheles.

Esse bloco além de econômico tem fundamentos políticos e tem como objetivos proporcionar estabilidade da região dos países membros, bem como promover o seu desenvolvimento.

Como você pode perceber é fundamental a formação e funcionamento dos blocos, pois, isso garante benefícios fiscais e aduaneiros, bem como proporciona maior estabilidade nas relações políticas nas mais diversas áreas do mundo.