Características Econômicas, Industriais e Políticas do Japão


O Japão é um país asiático constituído por uma infinidade de ilhas localizadas entre o Oceano Pacífico e o Mar do Japão, a leste da península da Coreia. Conhecido como “A Terra do Sol Nascente “, é atualmente uma potência económica com 13 séculos de história e uma cultura peculiar.
O Japão é um país arquipélago originado de atividades vulcânicas que, em quase 4.000 ilhas totaliza uma área de apenas 372.819 km2. Quatro ilhas principais compõem 97% do território japonês: Hokkaido, Honshu, Shikoku e Kyushu.

Características Econômicas

O território é predominantemente montanhoso, as planícies totalizam apenas 15%. Por sua localização geográfica totalmente na zona de médias latitudes do norte, apresenta um clima temperado oceânico na maior parte do país, as exceções ocorrem ao norte onde o clima é frio e no extremo sul, que sofre a influência da subtropicalidade e mesmo das chuvas monçônicas.

O território japonês, além de pequeno, com cerca de 70% montanhoso, possui 10% com inclinação superior a 35°. Assim resta aos cerca de 127 milhões de japoneses ocuparem os litorais e as poucas planícies existentes.

Japão – político

A população japonesa, além de ser uma das maiores do mundo, possui elevada densidade demográfica, cerca de 340 hab/km2. Aproximadamente 80% dos habitantes vivem em áreas urbanas, fixada principalmente na planície de Tóquio, onde aproximadamente 58% se concentram nas áreas metropolitanas de Tóquio, Yocoama, Kobe-Kioto-Osaka, Nagóia e Kitakiushu-Fukuoka.

Quanto à economia, com a modernização do campo e a reconstrução industrial, o país figurou rapidamente entre as 10 maiores potências econômicas do mundo. Com inovações tecnológicas e agressiva política comercial, o Japão saltou para a posição de segundo país mais rico do mundo desde o início da década de 1990 e ostenta um PIB de aproximadamente cinco trilhões de dólares. Na agricultura, há predomínio do arroz, legumes e frutas (laranja, alface, morango), chá, algodão, cana-de-açúcar, amora e o trigo. Na pesca, o Japão é o primeiro produtor mundial de pescado, sendo considerado o país mais desenvolvido tecnologicamente tanto na construção de embarcações, como nas técnicas de captura. Sua produção é de 11 milhões de toneladas/ano (atum, salmão e baleia).

Automobilística: entre os veículos utilitários o Japão responde por mais de 40%, e entre os automóveis, cerca de 25%. Construção naval: responde por pouco mais de 50% da produção mundial.

Para o desenvolvimento do seu comércio interno e externo, o Japão possui quase todos os seus meios de transportes bastante desenvolvidos. No setor rodoviário, o país conta com um milhão de km de estradas de rodagem, destacando-se as vias expressas. A rede ferroviária é uma das mais modernas do mundo, com destaque para a linha Tokaido, que opera com o trem super-expresso, o mais veloz do mundo, que atinge mais de 200 km/h. Ao lado do excelente serviço ferroviário, o Japão dispõe de um sistema de metro, o segundo mais movimentado do mundo, superado apenas pelo de Moscou (Rússia). Para um país, constituído de ilhas como é o caso do Japão, a navegação marítima, tanto a costeira como a de longo curso, é de importância vital para o seu desenvolvimento. Possui a segunda frota mercante do mundo (a 1a é a da Libéria) e a primeira em construção naval. Os dois principais portos são os de Yocoama e Kobe.

A Indústria, mesmo com uma carência visível de recursos minerais e energéticos (importa 93% das matérias-primas industriais de base e 97% do petróleo consumido), a indústria japonesa destaca-se pelo volume de sua produção, equivalendo à produção industrial de países como os EUA e a Alemanha.

No Japão destacam-se as indústrias têxteis, siderúrgicas e metalúrgicas, automobilísticas, de construção naval e eletroeletrônica: Têxtil: o principal produto é a seda (1° produtor mundial), graças à atívidade da sericicultura, vindo a seguir as fibras artificiais e sintéticas. Siderurgia e Metalurgia: apesar de importarem as matérias-primas, superam a produção de aço de vários países europeus.