Economia de Santa Catarina


A economia do estado de Santa Catarina, localizado no sul do país, é considerada equilibrada e diversificada pelos especialistas. Não à toa, hoje a região é a 5º mais rica de todo o Brasil. Neste artigo, vamos conhecer mais sobre as atividades que formam a base da economia de Santa Catarina.

Economia de Santa Catarina

Informações gerais sobre a economia de Santa Catarina

Atualmente, a participação de Santa Catarina no PIB (Produto Interno Bruto) do país é de 4,0%. Já o PIB estadual é composto da seguinte forma: 13,6% pelo setor agropecuário; 33,9% pela prestação de serviços e 52,5% pelo segmento industrial.

A exportação de Santa Catarina também gera uma estatística que merece destaque: mais de 5 bilhões e meio de dólares são fruto da exportação anual do estado.Entre as atividades que geram a economia do estado destacamos: agricultura, turismo pecuária, extrativismo e atividade industrial. Mais adiante falaremos sobre a representatividade de cada uma delas no cenário estadual.

Hoje o estado de Santa Catarina também se destaca como o maior na exportação de carne suína e frango em todo o Brasil. Esse dado é resultado da instalação da BRF Foods e Sadia (as duas gigantes do setor de alimentos) nas terras do estado.

De modo geral, vê-se que Santa Catarina caminha de modo gradativo na geração de renda interna bruta para o país. Neste sentido, as atividades econômicas que mais se destacaram nos últimos anos foram as seguintes: indústria têxtil, indústria madeireira, suinocultura e pesca.

E, apesar de ainda representarem pouco em comparação ao cenário brasileiro, muitas atividades são de grande importância para o plano estadual. A seguir, confira mais sobre elas.

Atividades responsáveis pela economia de Santa Catarina

A seguir, confira quais são as principais atividades responsáveis pela economia do estado de Santa Catarina.

• Setor industrial

Como já vimos anteriormente, o setor industrial é o maior responsável pela geração de PIB interno no estado de Santa Catarina.

O setor se destaca na produção de cerâmica, produção têxtil e na indústria metal-mecânica. Dentro deste segmento temos ainda a agroindústria, renomada em todo o Brasil graças à atuação das gigantes BRF Foods e Sadia na região.

O setor industrial também é representado em Santa Catarina pela produção de eletrodomésticos, motores elétricos e compressores.

• Agricultura

O setor agrícola também é de grande destaque na economia de Santa Catarina – hoje, o estado se responsabiliza por mais da metade de toda a produção agrícola em território brasileiro.

Destacam-se as plantações de arroz, milho, feijão, fumo, alho, mandioca, cebola, aveia, banana, trigo, tomate, uva, cevada, maçã e batata inglesa.

O setor de produção de mel em Santa Catarina também está entre os mais expressivos neste sentido.

• Extrativismo

A produção de celulose e papel é bem significa no estado, o que é fruto da atividade extrativista do mesmo. Além disso, destaca-se também a extração madeireira, realizada especialmente na região da Mata de Araucárias.

A extração mineral de Santa Catarina é altamente expressiva – são reservas de fluorita, carvão e sílex e jazidas favoráveis para a obtenção de cerâmica, quartzo, pedras preciosas e semipreciosas, bauxitas, argila, gases naturais e combustíveis como o petróleo.

• Pecuária

O setor de pecuária pode não ser o mais expressivo do estado, mas também provoca grande diferença na economia de Santa Catarina. Atualmente, o destaque no segmento fica pela criação de suínos, bovinos e aves de modo geral.

• Turismo

O litoral de Santa Catarina é, sem sombra de dúvidas, o mais bonito de toda a região Sul. Durante o verão, ele atrai milhares de visitantes de todos os cantos do Brasil e do mundo.

A ilha de Florianópolis, conhecida também pelo apelido ‘Ilha da Magia’, está entre as preferidas dos visitantes – reunindo mais de 100 diferentes praias paradisíacas. E o mesmo também pode ser dito para Balneário Camboriú.

E não pense que a economia de Santa Catarina oriunda de turismo fica parada durante os meses de inverno. Nesta estação do ano, a região serrada do estado é quem ganha destaque.

Alguns costumes e a própria arquitetura de Santa Catarina foram herdados dos europeus, o que faz com que muitos visitem a região com o objetivo de conhecer mais sobre a história do país.

• Pesca

Ainda na obtenção de renda para o estado de Santa Catarina temos a atividade de pesca. O litoral da região é o maior produtor de crustáceos e pescados de todo o país – o que faz com que a pesca tenha importante papel na perspectiva econômica.

Exportação de produtos de Santa Catarina

  • Exportação de carnes suínas e aves: 26%
  • Exportação de artefatos e móveis madeireiros: 15,5%
  • Exportação de compressores: 8,5%
  • De algodão: 6,7%
  • Exportação de peças e automóveis como um todo: 5,8%
  • Exportação de madeira: 5%
  • De louças e cerâmicas: 4,5%
  • Exportação de papelão e celulose: 3,5%
  • Exportação de motores do tipo elétricos: 3,3%.