População do Uruguai


A população do Uruguai é formada por filhos de imigrantes vindos da Europa, em sua maioria, cerca de 95%, brancos. Pode-se encontrar também, filhos de espanhóis, italianos e franceses. A linguagem oficial da nação é o espanhol.

Os 5 que restam é constituído de filhos de escravos vindos da África, que vivem principalmente na capital de Montevidéu. O patrimônio cultural africano está gravado nas festas de candomblé e em certos tipos de música uruguaia.

Diferente dos outros países da América do Sul, os povos indígenas do país foram eliminados por completo a partir de 1832.

De acordo com o último senso feito no país, a quantidade de pessoas é de 3,4 milhões, uma vez que a maior parte da população ocupa a capital, Montevidéu.

Uruguai

Somente 15% dos habitantes residem no interior. Esse deslocamento, conhecido como êxodo rural, apresenta como resultado o desenvolvimento de bairros humildes ocupados por grandes famílias, intensificação da violência nas cidades e a carência de crianças nos colégios, forçadas a arrumar um emprego para assegurar o necessário para sobreviver.

Independente desse cenário, a taxa de analfabetismo no Uruguai é de 4% e o percentual de desenvolvimento da sociedade em 2012 foi de 0,24% por ano. O país apresenta um modelo pedagógico de qualidade, exigido pela lei, temporal e grátis em todos os graus de educação, também nas universidades.

No que diz respeito à religião, 46% dos cidadãos são católicos, 27% contam que acreditam em Deus, 16% são ateus, 10% são cristãos e 1% dizem fazer parte de outra religião.

Os habitantes do Uruguai possuem uma idade média de 32, 4 anos, e uma perspectiva de vida de 75, 72 anos, 72, 12 para homens e 79, 52 para mulheres. A taxa de letalidade infantil é de 14, 5 para mil nascidos.

O país possui elevada taxa de emigração, isto é, grandes quantidades de uruguaios, principalmente jovens, abandonam o país a procura de melhores situações de vida nos outros países.

A taxa cultural da população uruguaia é adequada, eles acolhem os visitantes e turistas muito gentilmente. O tango, assim como na Argentina, é o principal tipo musical do Uruguai. Para os uruguaios, o fanatismo nacional é o futebol.

Informações complementares

– Classes étnicas: 88% europeus ibéricos e meridionais; 8% índios europeus; 4% afro-americanos.

– Formação etária: 0 a 14 anos: 22,2%; 15 a 64 anos: 64,1%; 65 anos ou mais: 13,7% (última estimativa feita em 2011).

– Urbanização: 92% total da população (última estimativa feita em 2011).

– Índice de fecundidade: 1,87 filhos para cada mulher (última estimativa feita em 2012).

– Densidade demográfica: 20 hab./km ²

Principais dados do Uruguai

– Extensão: 176.215 km²

– Capital: Montevidéu

– Habitantes: 3,5 milhões (última estimativa feita em 2014)

– Moeda: peso uruguaio

– Nome Administrativo: República Oriental do Uruguai

– Nacionalidade: Uruguaia

– Dia da Independência: 25 de agosto

– Forma de governo: república presidencialista

– Divisão de poder: 19 departamentos

Economia do Uruguai

A economia uruguaia é constituída no domínio agropecuário, tendo a exportação como uma importante rota dos produtos. A produção de ovinos e bovinos e a exportação de produtos vindos desse oficio como, por exemplo, a lã, a carne e o couro, são muito importantes para a administração uruguaia. Os produtos mais cultivados na agricultura são: o arroz, a soja e o trigo.

A maior parte das indústrias do Uruguai são alimentícias, químicas e têxteis. A compra de matéria prima e combustíveis é o que viabiliza o desenvolvimento das fábricas, ainda que o país apresente uma falta de recursos minerais. Hoje em dia, a usina de software tem se desenvolvido frequentemente, representando 5, 7% da totalidade de exportações do país nos últimos anos.

Durante 40 anos, a população uruguaia não pagou imposto de renda. Ele só voltou a rotina dos uruguaios em 2007, mas os demais impostos foram abolidos. A quota no país é de 25% por ano, quase atingindo a taxa do Brasil de 27, 5%. Tanto o Brasil quanto o Uruguai possuem as maiores taxas de impostos da América Latina.

Informações da economia do Uruguai

– Setores econômicos: pecuária, turismo, indústria, agricultura e tecnologia.

– PIB: US$ 53,55 bilhões (última estimativa feita em 2012)

– PIB per capita: US$ 15.800 (última estimativa feita em 2012)

– Índice de crescimento do PIB: 3,5% (última estimativa feita em 2012)

– Composição do PIB: indústria (21,5%); agricultura (9,1%) e serviços (69,3%) (última estimativa feita em 2012)

– Força de trabalho: 1,69 milhões (última estimativa feita em 2012)

– Índice de desemprego: 6,1% (última estimativa feita em 2012)

– Investimentos: 20% do PIB (última estimativa feita em 2012)

– Dívida Pública: 57,2% do PIB (última estimativa feita em 2012)

– Índice de inflação: 8,1% (última estimativa feita em 2012)

– Principais produtos agropecuários fabricados: soja, arroz, carne bovina, trigo, madeira, peixes, derivados do leite, celulose e papel.

– Principais produtos industrializados fabricados: máquinas elétricas, transporte, tecidos, produtos químicos, produtos derivados de petróleo e alimentos processados.

– Principais aliados de exportação: Argentina, Chile, Brasil e Rússia

– Principais aliados de importação: China, EUA, Brasil, Argentina e Rússia.

– Exportações: US$ 9,8 bilhões (última estimativa feita em 2012)

– Importações: US$ 10,9 bilhões (última estimativa feita em 2012)