Resumo Dia Mundial da Água


A cada ano, se celebra o Dia Mundial da Água no dia 22 de março. A data segue a mesma desde a sua definição em 1992, durante uma conferência da Organização das Nações Unidas (ONU) com temática principal de Meio Ambiente e Desenvolvimento. Mas afinal, com qual objetivo o Dia Mundial da Água foi definido?

Resumo Dia Mundial da Água

Basicamente, discutir a importância da água e estimular a conscientização sobre a sua relevância para a sobrevivência dos seres vivos são as principais razões pelas quais a data foi criada. É também durante a data que se discute a importância de utilizá-la com sabedoria e de modo sustentável – evitando, especialmente, a contaminação e poluição da água em âmbito global.

Todos os anos a ONU escolhe um diferente assunto para debate no dia 22 de março. Alguns deles foram:

  • A relação entre Água e Energia (discutido em conferência no ano de 2014);
  • A relação entre a água e a segurança dos alimentos (discutido em 2012);
  • Água e sustentabilidade (discutido em 2015);
  • A importância do saneamento (discutido em 2009);
  • Como lidar com a escassez global de água (discutido em 2007);
  • A importância da água limpa e pura para o mundo (discutido em 2010).

Além disso, a relação entre água e saúde, água e cultura, água e mulher, água e desastres naturais, situação da água no século XXI, água no futuro e muitos outros também já foram discutidos de 1994 para cá.

No ano de 2016 o assunto discutido foi à relação entre água e geração de empregos. Em 22 de março de 2017 a temática será ‘água residual’, e em 2018, ‘soluções naturais’ para a mesma.

De acordo com a própria ONU, a criação do Dia Mundial da Água tem, oficialmente, três objetivos centrais:
1. Aumentar a consciência da população sobre a importância de preservar, conservar e proteger a água – e principalmente a água potável;
2. Discutir sobre problemas relacionados ao abastecimento de água potável;
3. Estimular a consciência das agências internacionais, governos, setores privados da sociedade e de ONGs sobre o assunto.

Sobre a Declaração Mundial dos Direitos da Água

O Dia Mundial da Água se tornou o dia 22 de março por um motivo especial. Neste dia, em 1992, a ONU divulgou um documento conhecido hoje em dia como ‘Declaração Universal dos Direitos da Água’.

Neste documento é destacada a importância da água e de sua conservação. A seguir, confira alguns tópicos que formam a Declaração Mundial dos Direitos da Água em ordem aleatória:

1. A água é o principal patrimônio do nosso mundo;
2. O futuro e o equilíbrio do planeta Terra dependem, especialmente, da conservação de água;
3. A água é a base para a sobrevivência do mundo humano, mundo animal e mundo vegetal. Sem ela não conheceríamos o clima, a atmosfera, a cultura, a vegetação ou a agricultura;
4. Os recursos naturais responsáveis pela ‘transformação’ de água salgada em água potável são, além de limitados, lentos;
5. A água jamais deve ser poluída, desperdiçada ou contaminada;
6. A água, infelizmente, tem potencial para se escassear em qualquer local do planeta – motivo pelo qual não devemos considerá-la como um ‘presente gratuito’ da natureza;
7. Consenso e solidariedade são palavras-chave no que se refere à distribuição e gestão de água potável no planeta;
8. O uso da água deve, sempre, respeitar os limites da lei;
9. A água deve ser protegida ao mesmo tempo em que supre com as necessidades sanitárias, econômicas e sociais que a envolvem;
10. A água é muito mais um ‘empréstimo’ para os nossos sucessores do que uma ‘herança’ dos nossos antecessores.

Dados e estatísticas sobre a água no mundo

E se você ainda não compreende a importância da água e sua preservação, confira a seguir alguns dados e estatísticas impressionantes sobre a água no mundo.

Nos dias de hoje, mais de 760 milhões de indivíduos na Terra não tem acesso à água tratada. Além disso, algo como 2,5 milhões de pessoas nem se quer sabem o que é saneamento básico.

E esse dado pode ser mais perigoso do que você imagina: só para ter uma ideia, todo ano cerca de 5 milhões de indivíduos morrem vítimas de doenças causadas pela falta de saneamento básico ou água potável.

Apesar de 70% de todo o nosso planeta ser coberto por água, 97,5% dela é salgada – o que impossibilita o seu uso para consumo dos seres humanos.

Para todas as atividades do cotidiano – como tomar banho, fazer comida, lavar roupa e é claro, beber água – usamos uma média de 40l de água por dia.

E para justificar a importância da preservação e conservação da água, lá vai uma estatística divulgada recentemente pela ONU. De acordo com a Organização, no ano de 2030 o mundo precisará de 40% a mais de água para sobreviver.