Resumo Miami


Miami e uma das cidades mais conhecidas do mundo. Considerada um dos maiores pontos turísticos, a cidade atrai, diariamente, milhares de turistas que vão conhecer os Estados Unidos.

Resumo Miami

A cidade também é a segunda mais populosa da Flórida, Estado no qual está localizada, e também, ocupa a posição de 44º cidade com maior número de habitantes do país. Com seu início datado no fim do século XIX, Miami começou a se desenvolver a partir das atividades voltadas para o caminho de ferro e o porto. A cidade também é fortemente reconhecida pela grande presença de exilados cubanos, que ocupam a área da Little Havana.

Além do grande número de turistas, atraídos pelas renomadas praias, Miami também atrai a maior parte dos moradores da região norte dos Estados Unidos, principalmente nas épocas frias do ano. Isso porque a cidade tem um clima agradável, o qual se mantém quente durante o ano inteiro. Sabendo disso, os moradores da região norte acabam se locomovendo para a região Sul, fugindo da neve e do frio rigoroso. Por assim ser reconhecida, desde a década de 1920, o turismo passou a ser a principal atividade econômica, permanecendo até hoje como a principal fonte de renda da cidade.

Além da forte e evidente presença do turismo, Miami também é um dos principais centros comerciais do país, pois lá estão localizadas grandes empresas reconhecidas mundialmente. Isso sem contar que mantém uma comunidade responsável por negociações internacionais. Por todos esses fatores, Miami é considerada, no ranking mundial, uma cidade global beta.

Dentre as principais empresas localizadas em Miami, estão: Burger King, Alienware, World Fuel Services, Interval International, Arquitectonica, TeleFutura, Arrow Air, Bacardi, a Royal Caribbean Cruise Lines, Ryder Systems, Benihana, Brightstar Corporation, Celebrity Cruises, a Carnival Corporation, Telemundo, Perry Ellis International, Espírito Santo Financial Group, Fizber.com, Greenberg Traurig, Lennar, Norwegian Cruise Lines, RCTV Internacional, Seabourn Cruise Line, a Telefónica E.U.A. e a Univision, E.U. Century Bank.

A área geográfica ocupada por Miami é de aproximadamente 143,15 km², da qual 50,73 km² se referem à parte composta por água e 92,68 km² se referem à superfície terrestre. Isso significa que a cada 91 km², existem cerca de 400 000 pessoas dividindo espaço. Dessa forma, Miami é uma das cidades mais populosas dos Estados Unidos, junto com outras principais cidades como Chicago, Nova York e San Francisco.

Uma curiosa informação sobre Miami é que ela é a única cidade dos Estados Unidos que foi fundada por uma mulher. O nome dela é Julia Tuttle, nativa de Cleveland, era uma das mais importantes e mais ricas produtoras de citrinos. Antes de se chamar Miami, a cidade era até então vista apenas um grande deserto promissor, com grandes possibilidades de se desenvolver. No marco da Grande Parada, que aconteceu entre os anos de 1894 e 1895, Miami foi a única área que conseguiu manter a sua cultura, conquistando assim, um significativo passo para o seu reconhecimento. Foi então que Juia Tuttle entrou em ação e convenceu o magnata ferro-rodoviário Henry Flagler a expandir suas produções da Florida East Coast Railroad para o “grande deserto”. No ano seguinte, em 1896, Miami foi então declarada oficialmente como cidade, no dia 28 de julho, com uma população aproximada em 300 habitantes.

Após o seu surgimento, Miami passou por altos e baixos. Algumas ações muito bem-sucedidas e outras nem tanto, contribuíram, de uma forma ou de outra, para que a cidade de constituísse, aprendendo a sobreviver diante das dificuldades. Foi após a Segunda Guerra Mundial que a cidade começou a aumentar a sua população. Na Guerra, ela teve um importante papel, lutando contra os submarinos alemães. Depois disso, com a subida de Fidel Castro, em 1959, Miami aumentou ainda mais o número de habitantes, graças aos cubanos que se refugiaram na cidade.

Com todos esses e outros acontecimentos, Miami foi uma cidade que se desenvolveu de forma muito rápida, com um aumento significativo no número de habitantes. A partir disso, recebeu o apelido de Cidade Mágica, onde a sua população se multiplicava, como em um passe de mágica.

Por contar com uma grande área geográfica, Miami é subdivida em basicamente quatro seções, sendo elas: Centro, Norte, Sul e Oeste.

O centro da cidade é Downtown Miami, onde ficam boa parte dos principais bancos, empresas, sedes culturais e financeiras e residências. É então, o distrito comercial central do Sul da Flórida.

O lado Norte de Miami abrange Midtown, onde se encontra um grande número de hispânicos, índios, artistas e brancos. Essa região é composta por maiores quantidades de residências, sendo identificada pela presença de altos prédios.

A região Sul abrange, dentre outros bairros, Coral Way. Esta região é composta Pela Câmara Municipal de Miami, além de importantes baladas, bares noturnos e reconhecidos restaurantes.

O oeste de Miami é composto por, dentre outros bairros, a Little Havana, onde se encontram os refugiados cubanos. Além deles, A região é ocupada por outros tantos imigrantes.