História do Petróleo no Brasil


Ao contrário do que parece, o petróleo não surgiu na Revolução Industrial, a verdade é que desde os tempos antigos existem relatos da possível existência do petróleo em algumas civilizações. Há relatos de que os egípcios já usavam esse tipo de material para embalsamar os mortos, já nos povos pré-colombianos, o petróleo era usado para pavimentar as estradas. No caso do Brasil, o petróleo já era usado na época do regime imperial.

Durante esse período, o Marquês de Olinda deu o direto a José Barros de Pimentel para efetuar a extração de betume nas margens do rio Marau, no estado da Bahia. Ao longo das primeiras décadas do século 20, alguns especialistas e pessoas que exploravam anonimamente tentaram perfurar possíveis poços de petróleo, mas não obtiveram sucesso. Ainda assim, nos anos 30, Manoel Inácio de Basto, engenheiro agrônomo, conseguiu reverter essa situação.

Petróleo no Brasil

Manoel conseguiu informações de que os moradores do bairro suburbano de Salvador, o bairro de Lobato, usavam uma espécie de lama preta para ser o combustível de suas lamparinas. Estimulado por essa informação, Manoel passou a realizar alguns testes que comprovavam que havia petróleo naquele lugar. Porém, ele não conhecia pessoas que pudessem investir na sua descoberta. Em 1932, Manoel entregou para o presidente da época, Getúlio Vargas, um parecer técnico que comprovava o seu achado.

Período Vargas e a era FHC

Uma série de medidas institucionais foi tomada pelo governo. Em 1938, após discussões sobre como poderiam ser usados e explorados os recursos do subsolo brasileiro, originou-se a CNP – Conselho Nacional do Petróleo. As primeiras medidas do conselho ajudaram a determinar muitas diretrizes para o uso do petróleo e definiram que as jazidas incumbem à União. Em 1939, o primeiro poço de petróleo foi encontrado no bairro de Lobato.

Mais adiante, o governo criou outras prospecções que foram em busca de outros campos de petróleo por todo o território brasileiro. No ano de 1941, foi anunciada uma instalação de campo de exploração petrolífera na Bahia, na cidade de Candeias. As descobertas foram em pequena escala, porém o aparecimento dessa riqueza incentivou uma década mais tarde a oficialização do monopólio estatal para atividade petrolífera e também o surgimento da empresa estatal “Petróleo Brasileiro S.A”, conhecida como Petrobras.

Durante a década de 1960, outros parâmetros aumentaram o grau de atuação da empresa estatal na economia do país. Em 1968, a estatal começou a desenvolver um projeto de extração, começando uma exploração em ambiente de águas profundas. Assim que ocorreram as primeiras descobertas, outras medidas conseguiram ampliar a produção de petróleo brasileira. Em 1974, são descobertos alguns poços na Bacia de Campos, sendo a maior reserva petrolífera do país.

O Brasil se tornou ao longo dos anos uma das poucas nações que conseguem dominar a tecnologia de explorar o petróleo em profundezas marítimas. Em 1997, com o governo do presidente Fernando Henrique Cardoso, foi aprovada a lei que extinguia o monopólio da Petrobras da exploração de petróleo, permitindo assim que outras empresas privadas conseguissem competir na atividade, a intenção era que isso ampliasse o uso do petróleo.

Os anos 2000

No ano de 2003 foram descobertas outras bacias responsáveis por uma nova etapa na atividade petrolífera no Brasil. A eficácia na produção de petróleo conseguiu suprir quase 100% da demanda por essa fonte de energia e também dos produtos oriundos dessa fonte no Brasil. Três anos depois, a produção de petróleo aumentou chegando a superar pela primeira vez a demanda total da economia brasileira. O Brasil se tornou autossuficiente na produção de petróleo, o que permitiu que a economia tivesse um desenvolvimento significativo.

Quatro anos depois, em 2007, o governo anunciou que um novo campo de exploração havia sido descoberto na camada conhecida como pré-sal. Localizada a aproximadamente sete mil metros de profundidade, ela apresenta poços de petróleos com dimensões extremas, em excelente estado de conservação.

Pesquisas indicam que esse novo campo pode ser capaz de aumentar o volume de produção de óleo e gás combustível em duas vezes. Em 2012, o pré-sal começou a ser explorado, sendo realizado em sua maior parte por empresa privadas, a partir de leilões feitos pelo governo.

Além da descoberta do pré-sal, o Brasil possui nove bacias que fazem parte da exploração de petróleo. Dessas, iremos apresentar quatro bacias que têm um destaque maior, são elas:

• Bacia de Santos: É considerada a bacia petrolífera com o maior potencial de crescimento do país e é nela que se encontra a camada de pré-sal.

• Bacia de Campos: É a maior bacia, sendo também a principal. Sua localização está em uma região que vai por todo o litoral do Espírito Santo até o norte do Rio de Janeiro.

• Bacia do Espírito Santo: Localizada próxima à parte central e norte do estado de Espírito Santo e também do litoral sul da Bahia. Destaca-se principalmente pela extração de gás natural e óleo.

• Bacia do Recôncavo Baiano: Considerando a produção de petróleo, é a segunda bacia, porém foi a primeira a ser explorada no país, localizada no estado da Bahia.