Renascimento: História e o Nascimento da Ciência Moderna


Renascimento

Com o fim da Idade Média, a Europa ocidental passou por uma série de mudanças que afetou a forma de vida em diversos aspectos, incluindo a política, a economia, ideologias, vida em sociedade e diversos outros aspectos econômicos e culturais.

Assim, estas mudanças deram origem a um intenso movimento que revolucionou a vida nesta época, conhecido como o Renascimento. De forma geral, o local de origem do Renascimento é creditado à Itália, onde os primeiros sinais do renascimento comercial foram percebidos, dando assim um fim aos resquícios do feudalismo da idade média.

Além disso, a cultura também foi muito modificada pelo Renascimento, pois houve um avanço muito perceptível da visão de mundo, com o surgimento de novas ideologias e formas de pensamentos, assim como expressões artísticas. Isto foi ainda mais intensificado com a vinda de pensadores do império bizantino após a invasão turca de Constantinopla.

Este movimento, o Renascimento, se intensificou desta maneira, partindo da Itália para toda a Europa ocidental durante os séculos XV e XVI, fazendo com que uma nova sociedade passasse a se desenvolver então, com muito mais liberdade e autonomia política, revolucionando o sistema de classes presente durante a Idade Média.

Nascimento da ciência moderna

A Idade Média foi bastante caracterizada pela imposição de uma visão apenas religiosa do mundo, de forma que não houvesse questionamentos ao que era imposto pela igreja, sendo aceito assim como verdade absoluta.

Com o Renascimento, esta visão religiosa do mundo foi superada, e foi possível que se iniciasse um processo de observação, discussão e análise de diversos fatos e hipótese sobre a vida, dando origem assim à ciência moderna e podendo ser marcado este período como o nascimento da ciência moderna.

Desta maneira, foi no Renascimento que grandes nomes ligados ao surgimento da ciência moderna se tornaram conhecidos, dentre os quais alguns como Galileu Galilei e Giordano Bruno, por exemplo.