Elementos da narrativa (enredo, espaço e tempo) e tipos de personagem (protagonista, antagonista)


O texto narrativo é pensado para captar o leitor e mantê-lo preso à narrativa até seu final. Sendo assim, este tipo de texto segue uma estrutura com elementos bem demarcados que ajudam a dar lógica, inteligibilidade e interesse para este tipo de obra literária. Os elementos da narrativa são o enredo, o espaço, o tempo e o narrador, enquanto os tipos de personagem são protagonista, antagonista, narrador e coadjuvantes.

Os elementos da narrativa

Uma narrativa é composta por quatro elementos: o enredo, o espaço, o tempo e o narrador.

O enredo também pode ser chamado de trama ou intriga, e representa o conjunto de acontecimentos que, quando relacionados, determinam as ações da narrativa. É comum que os enredos envolvam conflitos, quase sempre com a presença do clímax (momento dramático determinante para a narrativa) acompanhado do desfecho.

O tempo é a sequência cronológica adotada pela narrativa. O mais comum é que seja contínua e linear (do passado para o futuro), mas pode haver exemplos em que narrativas comece “pelo final” ou façam digressões para diferentes momentos do tempo dentro de um mesmo texto.

O espaço é o local onde a trama se desenrola. Não precisa ser uma localidade real, e sequer ser uma localidade concreta: muitas tramas podem se passar dentro das mentes de personagens.

O espaço e o tempo são descritos pelo narrador, que pode ser onisciente (sabe tudo o que se passa na realidade dos personagens), observador (vê tudo, porém só sabe o que se pode deduzir com a observação) e narrador personagem (é parte da história e a narra sob sua perspectiva própria).

Tipos de personagem

Dentro de uma narrativa, é comum encontrar três grandes tipos de personagem:

Protagonista: personagem principal, ao redor do qual a trama se desenvolve.

Antagonista: também desempenha papel de destaque, mas têm a função de se opor às ações ou ao sucesso do protagonista.

Coadjuvantes: personagens secundários e terciários que, apesar da menor importância, também desempenham papel fundamental para a construção da narrativa.