Literatura Básica: Prosa, Rima e Estrutura de uma Narrativa


Literatura Básica

A linguagem é o elemento central da comunicação. Só é possível se comunicar através da linguagem, que é a conjunto de códigos aceitos e compreendidos dentro de uma comunidade.

Os códigos de linguagem precisam ser aceitos e compreendidos pelos interlocutores para que tenham efeito prático na comunicação, que é um processo por meio do qual alguém produz e emite uma mensagem com o propósito de que a mesma seja compreendida pelo seu destinatário.

A língua escrita é um conjunto de códigos capazes de, individualmente ou em processo de interação com outros códigos, produzir um sentido, descrever um objeto, um sentimento, um acontecimento, etc.

A literatura se vale desses conjuntos de códigos, dessa estrutura linguística, para produzir textos, que reproduzem ideias e fatos reais ou imaginários. A literatura é a disposição das palavras de modo a construir um sentido que atenda a um propósito.

Quando falamos, por exemplo, de “literatura jurídica”, estamos falando de literatura científica, cujo propósito é abordar de forma crítica um determinado tema, no sentido de produzir reflexão e conhecimento.

Prosa, verso, estrofe e parágrafo

Enquanto arte, a literatura serve-se de duas formas distintas: prosa e verso.

A diferença básica entre essas duas formas de expressão literária é a forma como as palavras estão dispostas no papel. Enquanto a prosa segue uma sequência formal, dentro das regras linguísticas, o verso se distribui de maneira própria, seguindo a orientação do autor, formando estrofes.

A estrofe é um conjunto de versos dispostos um abaixo do outro, com ou sem rima, formando um pensamento ou uma mensagem. Concluída a estrofe, pula-se uma linha para que se dê início a outra.

Na prosa, o período separado do anterior e do posterior por um espaço entre as linhas chama-se parágrafo. O parágrafo serve para dar autonomia a um determinado raciocínio. É usado, também, para a reprodução de uma fala.

Elementos e estrutura da narrativa

A forma mais comum de literatura é a narrativa, que é o processo por meio do qual o autor conta uma história, seja ela real, imaginária ou híbrida.

A estrutura básica de uma narrativa é: introdução -> desenvolvimento -> conclusão. Nem sempre, porém, o autor segue essa estrutura linear, podendo essa ordem ser subvertida em favor dos objetivos que o mesmo deseja alcançar com a narrativa.

Os elementos da narrativa são: espaço, tempo, personagens, enredo e narrador.

Tanto a estrutura quanto os elementos da narrativa podem estar presentes no poema, que é o produto de uma obra escrita em versos, principalmente quando se trata de poemas épicos.