Modernismo – Terceira Fase: João Guimarães Rosa e Clarice Lispector


Modernismo

O Modernismo é um movimento artístico que teve como marco inicial a Semana de Arte Moderna de 1922, que reuniu artistas como Mário e Oswald de Andrade, Heitor Villa-Lobos, Tarsila do Amaral e outros.

Além da estética, que abrangeu os diversos ramos de criação artística, o movimento trouxe à tona uma nova abordagem dos temas nacionais, que se aprofundaria nas fases seguintes.

A primeira fase é o período entre 1922 e 1930. A segunda fase teve início em 1930, terminando em 1945, revelando nomes como Jorge Amado, Graciliano Ramos, Érico Veríssimo, Carlos Drummond de Andrade, Raquel de Queiroz e Vinícius de Moraes.

João Guimarães Rosa e Clarice Lispector são alguns dos representantes da terceira fase do movimento, quase inicia em 1945 e termina em 1980. Há, no entanto, quem entenda que o término dessa fase tenha sido em 1960 e, ainda, aqueles que entendem que o movimento está presente até os dias atuais.

Os atores dessa fase resgatam um pouco da formalidade estilística do pré-modernismo, sendo, talvez, a melhor definição do que se passa desde essa geração como a apropriação dos diversos movimentos artísticos e, principalmente, literários.

Na poesia, resgata-se a métrica e a rima. No romance, a experimentação estilística divide espaço com a influência do realismo fantástico e as inovações metalinguísticas. Estão presentes na prosa a crônica urbana, regionalista e intimista.

João Guimarães Rosa

Nascido em 1908, falecido em 1967, João Guimarães Rosa é um dos expoentes dessa fase, representando o romance regionalista, com suas histórias ambientadas no sertão. Destacam-se em sua obra “Sagarana” (1946), “Grande Sertão: Veredas” (1956), “Corpo de Baile” (1956) e “Primeiras Estórias” (1962).

Clarice Lispector

Nascida em 1920, e falecida em 1977, Clarice Lispector é uma das autoras mais cultuadas, tanto na prosa quanto na poesia. É uma das principais representantes da estética intimista, destacando-se por obras como: “Perto do Coração Selvagem” (1947), “A Cidade Sitiada” (1949), “A Paixão Segundo GH” (1964) e “A Hora da Estrela” (1977).