Quadriláteros: Definição e Cálculo das Áreas


Quadriláteros

Os quadriláteros são polígonos com quatro lados e que possuem as mesmas características dos polígonos, ou seja, somente duas diagonais. Além disso, a soma dos ângulos internos sempre será 360 graus. Provavelmente, é uma das primeiras figuras geométricas conhecidas pelas pessoas pelo interesse de conhecer comprimento, área e perímetro de terrenos.

O que um quadrilátero possui:

• Ângulos internos: são formados pelos dois lados consecutivos do quadrilátero.
• Ângulos externos: formados pelo prolongamento de um lado de um polígono. O ângulo externo é complementar ao ângulo interno adjacente.
• Vértices: ponto de encontro entre dois lados

Principais quadriláteros e suas fórmulas

Trapézios

Têm somente dois lados paralelos: as bases. O trapézio escaleno tem os quatro lados diferentes e quatro ângulos não congruentes. Já no isósceles, as medidas dos lados que não são paralelos são congruentes.

Nos trapézios a área é calculada pela soma das bases (maior e menor) dividida por dois e multiplicada pela altura.

Retângulos

Tem os quatro ângulos internos congruentes e mede 90 graus. Também possui diagonais congruentes. O cálculo é feito pela multiplicação da área pela base.

Paralelogramos

Estes quadriláteros possuem os lados opostos paralelos e congruentes. Assim, os ângulos opostos são congruentes, bem como as diagonais se encontram no ponto médio. A área é calculada pela base multiplicada pela altura.

Losango

O losango tem quatro lados congruentes entre si e também ângulos opostos igualmente congruentes. As diagonais se cruzam no ponto médio, que são perpendiculares entre si. O cálculo da área é feito pela multiplicação da diagonal maior com a diagonal menor dividido por dois.

Quadrado

Com todos os lados, iguais a área do quadrado é obtida da mesma maneira que a de um retângulo, ou seja, lado ao quadrado.
No caso de quadriláteros irregulares, pode-se usar uma malha quadriculada para estimar o tamanho para realizar o cálculo da área.