Resumo da História da Matemática


A história da matemática e alguns dos seus marcos históricos

Como a matemática foi se desenvolvendo ao longo dos anos, suas curiosidades e alguns pontos da matemática no Brasil

A matemática está presente em nossas rotinas através de coisas que nem ao menos percebemos. Cálculos são feitos a todo instante. Na compra do supermercado, no troco, nos dias da semana, na temperatura dos dias etc. Muitas vezes, sem métodos simples de calcular, como a calculadora, nossos modos de contar ficariam mais complicados. Engenheiros, mecânicos, economistas, físicos, químicos dependem dos números e de sua evolução ao longo da história da matemática. Engana-se quem acha que a área de humanas também não necessita dos números.

A matemática começou a se tornar importante e foi sendo desenvolvida por conta da necessidade de registrar o tempo, bens, calcular terras e criar os comércios.

História da Matemática

Os textos numéricos mais antigos são datados de, aproximadamente, 3000 a.C., encontrados na Mesopotâmia. Eram feitos na escrita cuneiforme. Antes da criação da escrita, o homem da pré-história já aprendia a contar os dias e anos, além de saber os sistemas de subtração, adição, multiplicação e divisão.

Um dos sistemas numéricos mais conhecidos é o Papiro de Rhind, dos egípcios, criado em aproximadamente 1600 a.C. Reunia as regras para calcular equações simples de primeiro grau, adições e subtrações de frações, medições de superfícies e volumes, e problemas de aritmética.

A matemática foi ficando mais sofisticada quando as civilizações começaram a usar a aritmética e a geometria. Elas eram utilizadas na astronomia, em construções e cálculos financeiros.

O primeiro instrumento para calcular foi batizado com o nome de ábaco, desenvolvido e aperfeiçoado na China. Hoje em dia ainda é visto, principalmente no ensino à crianças. Consiste em bastões verticais com elementos de contagem inseridos.

Tales de Mileto, filósofo e matemático da Grécia Antiga, foi quem trouxe o “Teorema de Tales”, iniciando com a matemática dedutiva. Através de seus Teoremas saíram as definições de ângulo reto, triângulo isósceles e seus ângulos, ângulos opostos e ângulos congruentes.

Tales tirou conclusões a partir da observação de sombras. Mediu a altura de uma pirâmide do Egito apenas vendo o comprimento de sua sombra.

Já o Teorema de Pitágoras, criado em aproximadamente 550 a.C., foi outra grande descoberta na história da matemática. Neste Teorema, é analisado o triângulo retângulo, em que a soma dos quadrados dos catetos é igual ao quadrado da hipotenusa. Seus estudos foram importantes para a criação das definições de números irracionais. Além disso, definiu-se os números primos e a teoria das proporções.

O povo Hindu criou, aproximadamente no ano 500, o sistema numérico decimal do qual é usado até hoje. Foram eles que criaram o conceito do número 0 para a matemática.

Na Europa, os franceses François Viète e René Descartes desenvolveram cálculos algébricos. Nessa mesma época, as tabelas de logaritmos foram criadas. Criação esta importante para os avanços científicos.

A primeira máquina capaz de calcular somas e subtrações com números de até seis dígitos foi criada em 1642, por Blaise Pascal, físico e matemático francês.

A matemática se dissemina por diversas áreas, transmitindo seus conhecimentos cultivados ao longo da história, complementando estudos e possibilitando novos. Novas invenções são feita com base em cálculos. O avanço da humanidade também depende dos números.

Curiosidades importantes da história da matemática (anos aproximados)

•Em 1525, surge o atual símbolo da raiz quadrada.

•Em 1545, em publicação do italiano Girolamo Cardano, fica conhecido o método de resolução das equações de 3º grau e 4º grau.

•Em 1614, John Napier, matemático escocês, publica a invenção dos logaritmos.

•Em 1654, as bases dos estudos de cálculos de probabilidade são desenvolvidos pelos matemáticos franceses Pierre de Fermat e Blaise Pascal.

•Em 1760, o matemático suíço Johann Lambert prova que o número PI (π) é irracional.

•Em 1975, o teorema das quatro cores é resolvido pelos matemáticos Kenneth Appel e Wolfgang Haken, com a ajuda de um computador, que afirma que todo mapa plano, dividido em regiões, pode ser colorido com apenas quatro cores e tendo as regiões vizinhas com cores diferentes.

História da matemática no Brasil

Com a colonização, em meados do ano de 1600, os jesuítas ensinaram a matemática aos povos do Brasil. O ensino associava os conteúdos da matemática com a física. Quase 200 anos depois, as primeiras escolas primárias passaram a ensinar sistemas numéricos e aritmética. Depois veio a álgebra, geometria, mecânica e trigonometria.

Os primeiros livros de matemática do Brasil foram feitos por militares e engenheiros.

Nos anos 90, alguns marcos para a matemática brasileira ocorreram:

•Primeiro Congresso Brasileiro de Ensino da Matemática, realizado na Bahia. Seu objetivo foi abrir maiores discussões e reflexões sobre a matemática.

•Criado o Movimento da Matemática Moderna, que mostrou a área como meio para as pessoas terem um pensamento científico e tecnológico.

•Criada a Sociedade Brasileira de Educação Matemática (SBEM), que envolve o Brasil no cenário das pesquisas internacionais.