Triângulos: Lados, Ângulos, e demais Elementos


Triângulos

Os triângulos, seus lados e ângulos são conhecidos da matemática desde a antiguidade e permitiram avanços em diversas áreas, principalmente na engenharia e na astronomia.

Cientistas acreditam inclusive, que no antigo Egito, já existia o conhecimento a respeito do chamado Teorema de Pitágoras, e foi este conhecimento que permitiu construções tão incríveis como das piramides, por exemplo.

A seguir, aprenda tudo a respeito do triângulos, lados e demais elementos.

Os lados e os ângulos de um triângulo

Um triângulo possui sempre 3 lados e 3 ângulos, e a soma destes dará sempre 180 graus. Os triângulos são diferenciados de acordo com as medidas de seus lados ou ângulos, conforme pode ser visto a seguir:

Classificação pelos lados

* Escaleno
* Isósceles
* Equilátero

Classificação pelos ângulos

* Retângulo
* Obstusângulo
* Ocutângulo

Para que um triângulo exista, é necessário seguir uma regra matemática que indica que a medida de um de seus lados seja sempre menor do que a soma dos demais. Ao mesmo tempo, precisa ser maior do que a diferença entre as duas medidas.

Por que precisamos estudar triângulos?

Outras características fazem parte de todos os triângulos, como por exemplo a de que o maior de seus lados se opõe sempre ao menor dos ângulos e vice e versa.

Existem diferentes cálculos que podem ser feitos dentro de um triângulo, como o de mediana, bissetriz, mediatriz, altura e o teorema de bissetriz interna. Mas para que servem estes conhecimentos?

Todo conhecimento matemático, por mais complicado que pareça, sempre possui uma aplicação prática. Por isso, conhecer estes conceitos básicos, é fundamental para conseguirmos colocar em prática algumas atividades. No caso dos triângulos, lados e demais elementos, na engenharia e na arquitetura.

Na física, este conhecimento dos triângulos, lados, ângulos e demais elementos, também permite calcular distâncias, alturas e até velocidades.