Dúvida linguística: Espectador ou expectador?


As palavras espectador e expectador, além de muito similares, possuem o mesmo fonema. Mas, é preciso tomar cuidado na hora de utilizá-las, já que seus significados são diferentes. Se por um lado a palavra espectador é utilizada para referenciar o público de alguma peça, filme ou outro, a ‘expectador’, por sua vez, é utilizada para referenciar indivíduos que tem expectativas muito altas acerca de algo.

Dúvida linguística: Espectador ou expectador?

Simples, não é mesmo?

Mas afinal, qual será a forma certa de utilizar essas palavras? Na realidade, tudo vai depender do que você quer dizer. A dúvida linguística entre espectador e expectador é grande, e não à toa, uma das mais comuns entre os que dominam o idioma.

Há a crença no senso comum de que apenas uma dessas palavras está escrita corretamente – e o erro já começa por aí. Ambas as palavras são existentes na língua portuguesa, mesmo que sejam utilizadas para diferentes situações e contextos do dia a dia.

Na verdade, espectador e expectador fazem parte daquele grupo de palavras que a língua portuguesa utiliza para nos pregar peças – causando dúvidas e confusão. O mesmo acontece também com outras ‘duplas’, como no caso de conserto e concerto, por exemplo.

No caso das palavras espectador e telespectador, mesmo que tenham fonemas absolutamente idênticos e grafias também parecidas, o significado das palavras apresenta uma divergência significativa.

Antes de tudo, o que você deve saber é: tanto a palavra espectador como expectador existem na língua portuguesa e estão sendo escritas corretamente. A diferença, no caso, fica pelo significado – e o enquadro das mesmas em variadas situações

Mas afinal, qual é o significado destas palavras?

Dúvidas linguísticas: significado de espectador e expectador

Para saber quando uma ou outra palavra é a mais adequada, confira a seguir o significado de cada uma delas.

Expectador

A palavra ‘expectador’ é originária da palavra ‘expectatore’, do latim. Ela pode ser utilizada tanto como adjetivo e também como substantivo (do tipo masculino). Neste segundo caso, ela é adequada para fazer a referência a alguém que está esperando ansiosamente (com grandes expectativas) por algo.

A palavra precisa ser escrita com ‘x’ como forma de preservação da etimologia latina. Confira a seguir os exemplos:

  • O público feminino é grande expectador dos programas de moda;
  • O público masculino é um grande expectador das partidas de futebol transmitidas pela televisão;
  • Os brasileiros são expectadores das transformações em âmbito político acontecendo no país;
  • Os jovens são expectadores da diversão dos finais de semana;
  • Gosto tanto de receber presentes que sou um expectador das festas de fim de ano;
  • Todos os que foram à maternidade eram expectadores da vinda do nosso bebê.

Sendo assim, a palavra ‘expectador’ é a mais recomendada para uso quando ela se refere a um indivíduo que está na grande expectativa por algo.

Espectador

Já a palavra ‘espectador’ deriva do termo ‘spectator’, em latim. O substantivo do tipo masculino é utilizado para referenciar o indivíduo que observa, assiste ou presencia algo – que pode ser uma peça de teatro, uma partida de futebol ao vivo, uma estreia no cinema, uma apresentação de dança e assim por diante.

Para essa situação de uso a palavra deve ser sempre escrita com ‘s’. Em português de Portugal sua grafia é diferente: ‘espetador’, sem o fonema ‘c’ (que também não deve ser pronunciado).

Vamos conferir alguns exemplos de ‘espectador’?

  • A mais recente estreia do cinema atraiu milhões de espectadores para as telinhas de todo o mundo;
  • O casal do filme atuou de modo a surpreender os espectadores;
  • Milhões de espectadores e telespectadores assistiram à posse da presidência;
  • O filme ‘A menina que roubava livros’ foi votado como um dos preferidos dos espectadores em 2015;
  • Ontem fui a uma peça de teatro que há tempos era elogiada pelos seus espectadores;
  • A Rede Globo é a emissora de maior audiência atual, devido ao número de telespectadores que a acompanham;
  • Muitos foram os espectadores que assistiram ao vivo ao primeiro pouso do homem na lua.


Como você já deve ter notado, as palavras ‘espectador’ e ‘expectador’ são muito similares – tanto na grafia como principalmente na pronúncia (que é a mesma). Na língua portuguesa, palavras desse tipo são consideradas ‘homônimas’. E espectador e expectador não são as únicas representantes deste grupo.

O vocabulário, que é capaz de nos fazer cometer alguns errinhos de ortografia ou até mesmo de concordância, também ocorre com palavras como: conserto e concerto, cegar e segar, cozer e coser, cerrar e serrar e assim por diante.

E a melhor forma de evitar esses errinhos é consultando um dicionário (ou a própria internet) quando as dúvidas surgirem.