Flexão de Número e Pessoa nos Verbos, Verbos Regulares e Irregulares


Flexão de Número e Pessoa nos Verbos

Os verbos são termos utilizados para indicar uma ação, um estado ou um fenômeno da natureza. É a classe de palavras existente na Língua Portuguesa que apresenta o maior número de flexões, uma vez que se flexiona em número e pessoa, concordando com o núcleo do sujeito.

Além disso, os verbos também se flexionam em modo, tempo e voz (voz ativa, voz passiva, voz reflexiva).

Na voz ativa, o sujeito executa a ação; na passiva, sofre a ação; e na reflexiva, ele executa e sofre a ação ao mesmo tempo.

Flexão de número

Quando se fala que o verbo se flexiona em número, trata-se de se flexionar entre singular ou plural. A flexão depende, como foi dito, do sujeito. Se este estiver no singular, o verbo permanece no singular; se estiver no plural, o verbo se flexiona para o plural.

Flexão de pessoa

A flexão em pessoa se refere à pessoa que o verbo está relacionado: primeira, segunda ou terceira pessoa. Assim, o verbo deve acompanhar a pessoa e se flexionar de acordo com o número. Isso é que se chama concordância verbal.

Os verbos podem ser classificados em:

– verbos regulares
verbos irregulares

Verbos Regulares
Os verbos são conjugados em 1ª, 2ª ou 3ª conjugação. Os verbos regulares são os verbos que obedecem ao modelo de conjugação e se caracterizam por conjugações invariáveis.

Ou seja, os verbos regulares se flexionam, sem alterar o seu radical.

Exemplos de verbos regulares: cantar, comer, partir.

Verbos Irregulares
Diferente dos verbos regulares, que seguem o padrão de conjugação, os verbos irregulares alteram o seu radical conforme se flexionam. O radical, nos verbos irregulares, nunca será igual nas conjugações.

Exemplos de verbos irregulares: dar, fazer.

Verbos Irregulares Anômalos

Como visto, os verbos irregulares apresentam algumas mudanças no seu radical quando se flexionam. Os verbos “ser” e “ir” são verbos irregulares, chamados verbos irregulares anômalos, pois sofrem alterações bem diferentes em seus radicais quando são conjugados.